Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2020-09-22T09:45:03-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

7 notícias para começar o dia bem informado

22 de setembro de 2020
9:44 - atualizado às 9:45
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

No primeiro romance de Jane Austen, as irmãs Dashwood ficam na pindaíba depois da morte do pai. O irmão mais velho ficou com toda a herança e às mulheres resta a esperança de conseguir um bom casamento.

O próprio amor está sujeito a doses de razão e sensibilidade.

Na coluna de hoje, o Matheus Spiess lembra que os mercados vivem todos os dias um mix de sentimentos.

De um lado, a razão busca alinhar a precificação de ativos às métricas conhecidas. Mas, na prática, o vaivém dos mercados é fruto de decisões humanas, que estão sujeitas a emoções.

Para tornar a equação ainda mais complexa, estamos vivendo uma crise provocada por uma pandemia e uma corrida de estímulo monetário global sem precedentes na história recente.

Como manter a razão neste contexto? Esse é o tema da coluna do Matheus.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

O Ibovespa caiu 1,32% ontem, aos 96.990,72 pontos, e o dólar à vista subiu 0,43%, a R$ 5,4005. O dia foi marcado por um escândalo envolvendo bancos no exterior e a volta do temor de uma nova onda da covid-19.

O que mexe com o mercado hoje? O dia começa com os investidores ensaiando um movimento de recuperação. Os agentes financeiros monitoram a segunda onda de infecções por covid-19 na Europa e a ata da última reunião do Copom. Na Ásia, os negócios fecharam em queda. Os índices futuros em Wall Street e as principais praças europeias exibem sinais mistos.

EMPRESAS

O Bradesco planeja o IPO da Ágora Investimentos. Por enquanto, o banco definiu que vai separar a estrutura da corretora até o final do ano, segundo relatório do Goldman Sachs.

 A gestora de fundos Truxt passou a deter uma fatia equivalente a 12,2% do capital da construtora Plano & Plano.

O conselho da Linx se recusou a dar o aval à proposta de compra apresentada pela Totvs. O negócio ainda pode acontecer, mas será mais difícil. Para a Totvs, os conselheiros independentes da Linx trataram a oferta da companhia de forma desigual em relação à proposta feita pela Stone.

A Vulcabrás/Azaleia assumiu a marca Mizuno, que há 23 anos pertencia no Brasil a Alpargatas. A negociação foi celebrada por cerca de R$ 200 milhões e não inclui fábricas.

ECONOMIA

O Brasil chegou a 137,2 mil mortes por covid-19, segundo o Ministério da Saúde. O total de casos é de 4,55 milhões.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Contas brasileiras em jogo

STF retoma julgamento sobre ICMS e PIS/Cofins; decisão pode ter impacto de R$ 258,3 bilhões para União

Os ministros já haviam declarado inconstitucional a cobrança de ICMS na base de cálculo do PIS/Cofins, mas o governo pede que a decisão não tenha efeito retroativo

São Jorge e o dragão inflacionário

A grande e ameaçadora besta da inflação começa a sair do seu sono profundo. Aos poucos, movimenta as asas e mexe sua cauda incendiária. Um vagaroso e temerário despertar. Nem de longe está cuspindo fogo — e quem viveu no Brasil nos anos 80 e 90 lembra bem do seu poder destrutivo. Mas mesmo o […]

FECHAMENTO

Dragão americano da inflação assombra ativos globais e resultado é bolsa, dólar e juros sob pressão; Ibovespa recua 2% e volta aos 119 mil pontos

A pressão inflacionária superou até mesmo o cenário político interno caótico nos holofotes do mercado e levou o principal índice brasileiro a amargar uma queda brusca

Primeiro encontro

Presidentes de Petrobras e BR se reúnem para tratar da saída da estatal da distribuidora

Os executivos, que assumiram os cargos há cerca de uma vez, discutirão a venda da participação de 37,5% que a Petrobras ainda detém na empresa

Trabalho em equipe?

Biden e oposição tentam acordo para aprovar pacote de infraestrutura

Um dos maiores pontos de divergência entre o presidente e líderes republicanos é o aumento de impostos para financiar a proposta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies