Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-10T10:07:01-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

10 notícias para você começar o dia bem informado

10 de novembro de 2020
10:06 - atualizado às 10:07
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Nem quinze dias atrás, o dólar chegou perto de R$ 5,80. Ontem fechou abaixo de R$ 5,40. Essa queda brusca fez pipocarem mensagens de amigos e leitores do Seu Dinheiro com uma pergunta clássica: “é hora de comprar dólar?”.

Já temos a nossa resposta padrão: “depende. você tem dólar na carteira? Se não tem, compre. Sempre é bom ter um pouco”.

Mas hoje não quero falar sobre a diversificação de ativos. Pedi ao Matheus Spiess para escrever um texto sobre a tendência do dólar no governo de Joe Biden.

O Matheus já tinha falado nas suas colunas aqui no Seu Dinheiro que vê uma tendência estrutural de desvalorização do dólar nos próximos anos.

Motivo? A onda de estímulos monetários do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) eleva a oferta de moeda na economia e tende a reduzir seu valor.

Com Biden no comando dos EUA, essa corrente pode ganhar força: “com a presidência de um multilateralista, soma-se o fluxo de dólares para outras regiões do mundo, no fomento do comércio mundial”.

Se você está interessado no rumo do dólar, sugiro fortemente que leia o texto do Matheus de hoje.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

vai mudar

Valor de dividendos por ação da Vale (VALE3) vai aumentar; entenda

Mudança foi feita por conta da alteração no número de ações em circulação da mineradora, em função do programa de recompra anunciado em 1 de abril de 2021

O tal do "tapering"

Powell afasta Ibovespa das máximas com indicativo de que anúncio do início da redução de estímulos pode vir já na próxima reunião

O momento ideal para que o Fed comece a pisar no freio com as compras de ativos é o grande debate entre dirigentes e investidores nos últimos três encontros do grupo

caiu demais?

Americanas (AMER3) pode dobrar de valor, diz BB, que vê empresa menos endividada

Banco estabeleceu preço-alvo de R$ 75,30 para os papéis, citando crescimento de vendas e ganho de margem líquida com redução da alavancagem financeira

Virou o jogo

Arezzo (ARZZ3) pode subir 30% com compra da Reserva e novas aquisições

Os analistas do banco de investimentos estão mais confiantes no potencial de lucro da empresa e elevaram também o preço-alvo dos papéis

unicórnio latino

Plataforma de venda de carros usados Kavak se torna a segunda startup mais valiosa da América Latina

Empresa foi avaliada em US$ 8,7 bilhões, após nova rodada de aportes liderada pelo fundo de venture capital General Catalyst

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies