Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2020-10-07T09:13:24-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

11 notícias para começar o dia bem informado

7 de outubro de 2020
9:13
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Para conseguir a minha certificação CFP® como planejadora financeira, fiz uma prova e um processo de experiência supervisionada pela Planejar. Precisei acompanhar e orientar por um ano as finanças de duas famílias.

O planejamento financeiro vai muito além de ajustar as contas do mês ou mesmo definir uma estratégia de investimentos. É fazer uma análise fiscal, ou seja, verificar se há formas legais de reduzir o pagamento de impostos. E também  um planejamento sucessório, com a busca de caminhos mais vantajosos para a transferência de bens.

O Leão não poupa ninguém. Até defunto paga imposto no Brasil. E quem recebe herança pode ter um gasto substancial antes de ver a cor do dinheiro.

Veja só: um dos meus clientes tem mãe idosa e vai receber de herança um imóvel antigo da família. É daqueles apartamentos que foram comprados mil anos atrás, em bairro nobre do Rio, e hoje vale mais de R$ 2 milhões.

O problema é que para receber o bem terá de pagar 8% de ITCMD (o famoso Imposto Sobre Transmissão Causa Mortis e Doação) ao Estado do Rio de Janeiro. É um cheque de, no mínimo, R$ 160 mil, à vista, só para receber esse imóvel.

Para quem não tem dinheiro em caixa, ganhar uma herança pode ser um abacaxi. Além do ITCMD, há uma série de custos para a realização do inventário.

É por isso que muita gente faz plano de previdência para deixar recursos a seus entes queridos após a morte. Esse dinheiro não entra no inventário e não tem incidência de ITCMD.

O problema é que diversos Estados brasileiros estão de olho na previdência privada deixada aos herdeiros e já começaram a cobrar ITCMD sobre esses valores. No texto de hoje, a Julia Wiltgen explica o que está em jogo, quais os impasses legais e se ainda há vantagens em fazer uma previdência privada para beneficiar seus herdeiros.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

O Ibovespa fechou o pregão de ontem com queda de 0,49%, aos 95.615,03 pontos, e o dólar subiu 0,50%, cotado a R$ 5,59, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recusar o pacote de estímulos econômicos formulado pela oposição e paralisar as negociações até o desfecho das eleições presidenciais de novembro.

O que mexe com os mercados hoje? O balde de água fria que Donald Trump jogou nos mercados na tarde de ontem continua repercutindo entre os investidores. Na agenda do dia, o destaque fica com a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve. As bolsas chinesas continuam fechadas, mas a maioria das sessões na Ásia foram positivas. As principais praças europeias operam no vermelho, enquanto os índices futuros em Wall Street  operam em leve alta.

•Desafio dos 21 dias: Todo dia, às 12h21, o Felipe Miranda estará ao vivo para dar lições de investimento gratuitas. O Seu Dinheiro acompanha o projeto e preparou uma página especial para reunir os insights do Felipe. Confira aqui.

EMPRESAS

 Com o setor aéreo na berlinda, o mercado está de olho na posição de caixa das empresas. A Azul revelou ter R$ 2,3 bilhões disponíveis no fim do terceiro trimestre, montante melhor que o esperado.

A General Motors (GM) vai reabrir na semana que vem o programa de demissões voluntárias em seu parque industrial em São José dos Campos, no interior de São Paulo.

 O Senado aprovou ontem a Medida Provisória (MP) que estende o incentivo fiscal destinado a empresas do setor automotivo instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

 As vendas contratadas do segmento de incorporação da JHSF Participações cresceram 192,5% no 3º trimestre.

 A MRV anunciou ontem que vai pagar no dia 23 de outubro R$ 164 milhões em dividendos mínimos obrigatórios relativos a 2019.

Nos Estados Unidos, relatório produzido pelo subcomitê antitruste da Câmara dos Representantes acusa as maiores empresas de tecnologia do mundo – Google, Amazon, Facebook e Apple – de sufocarem a inovação e recomenda a separação de seus negócios.

ECONOMIA

 O senador Márcio Bittar (MDB-AC) afirmou ontem que a proposta para o Renda Cidadã – novo programa social que o governo tenta criar para substituir o Bolsa Família – deve ficar pronta na próxima semana, "se Deus quiser".

O Brasil registrou, nas últimas 24 horas, 819 mortes e 41.906 novos casos de coronavírus, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde no início da noite de ontem. Ao todo, são cerca de 147 mil mortes e 4,9 milhões de casos.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

o melhor do seu dinheiro

Efeito Lula livre na bolsa – 2022 já começou?

No Brasil morre-se de tudo – inclusive morre-se muito de covid -, mas não se morre de tédio. Os mercados locais começaram o dia castigados pelos temores dos investidores em relação ao avanço da pandemia no país, hoje no seu pior momento. Como se todas as incertezas em relação ao combate ao coronavírus por aqui […]

balanço 4º tri

Magazine Luiza vê lucro ir a R$ 219 milhões no 4º tri e supera expectativas do mercado

A varejista Magazine Luiza encerrou o quarto trimestre de 2020 superando as expectativas do mercado. A companhia divulgou na noite desta segunda-feira (08) o seu resultado trimestral, com umacom alta de 30,6% no lucro líquido, para R$ 219,5 milhões. No acumulado do ano passado, o resultado encolheu 57,5%, para R$ 391,7 milhões. No critério “ajustado”, […]

Desidratação à vista?

Bolsonaro: Lira e relator vão discutir PEC Emergencial, podem criar PEC paralela

Na entrevista, Bolsonaro afirmou que a PEC deve ser votada pela Câmara na quarta-feira, 10. De acordo com ele, ao votar a medida, os deputados federais darão o sinal verde para retomada do auxílio emergencial em cinco dias

Fechamento do dia

São tantas emoções! ‘Efeito Lula’ aprofunda incertezas locais e faz Ibovespa cair 4%; dólar fecha a R$ 5,77

Mercado doméstico já operava em queda firme antes da decisão do ministro Fachin; aumento das incertezas pesou sobre bolsa, dólar e juros

REVIRAVOLTA

Ibovespa recua 3% e dólar vai a R$ 5,78 após STF anular condenações de Lula na Lava Jato

Diante de um cenário já negativo, a decisão aumenta o nível de incertezas domésticas, segundo analistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies