Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2020-05-06T09:26:00-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

11 notícias para começar o dia bem informado

6 de maio de 2020
9:25 - atualizado às 9:26
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Hoje os mercados dividem seus olhares entre a expectativa por uma nova queda na Selic no fim do dia e o desenrolar da crise política provocada pela divulgação do depoimento de Sergio Moro. 

A maioria dos economistas espera uma redução de 0,5 ponto percentual na taxa básica de juros brasileira, para uma nova mínima histórica. Preste atenção neste número, que mexe com seus investimentos em bolsa e na renda fixa. 

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

O Ibovespa terminou a terça-feira em alta de 0,75%, aos 79.470,78 pontos. A última hora do pregão foi influenciada pela divulgação do depoimento de Sergio Moro, que reduziu os ganhos do dia na bolsa. O dólar à vista subiu 1,30%, a R$ 5,5925. 

O que mexe com os mercados hoje? Em dia de decisão do Copom, os investidores locais, que esperam um novo corte na taxa Selic, monitoram o clima em Brasília após a divulgação da íntegra do depoimento do ex-ministro Sergio Moro. Lá fora, as bolsas internacionais continuam refletindo otimismo com a reabertura econômica de algumas regiões. As bolsas asiáticas fecharam no azul e os índices futuros avançam em Nova York nesta manhã.

ECONOMIA

 O mercado financeiro espera mais um corte na Selic na reunião de hoje, de 3,75% para 3,25% ao ano. A avaliação é que a crise provocada pelo coronavírus mudou as expectativas sobre a atividade econômica e a inflação.

 O Brasil bateu recorde de mortes por covid-19 em um dia: 600, chegando a um total de 7.921, segundo o Ministério da Saúde. São 114.715 pessoas infectadas.

 A Câmara aprovou o auxílio emergencial a estados e municípios, mas com modificações nos critérios para a distribuição de recursos. O texto vai ao Senado. 

 Os detalhes do depoimento do ex-ministro Sergio Moro no último sábado foram conhecidos ontem. Moro afirmou que ouviu de Bolsonaro: “Você tem 27 superintendências, eu quero apenas uma, a do Rio de Janeiro". Uma suposta tentativa de interferência na Polícia Federal foi o pivô da saída de Moro do governo.

 A Fitch mudou de estável para negativa a perspectiva da nota da dívida pública brasileira. Atualmente, a agência de classificação de risco concede nota BB- para o Brasil, três níveis abaixo do grau de investimento, o “selo” de bom pagador.

• As vendas no varejo da zona do euro e o PMI composto registraram uma queda histórica, segundo dados oficiais. O bloco, aliás, deve ter uma retração econômica de 7,7%, segundo a Comissão Europeia. 

 Imposto de Renda: Guia do Seu Dinheiro traz 35 vídeos com tutoriais de como preencher passo a passo a declaração no programa da Receita Federal.

EMPRESAS

A TIM e a Telefônica Brasil divulgaram os resultados do trimestre. A primeira apresentou um aumento de 8,3% no lucro líquido normalizado (sem efeitos não recorrentes), a R$ 164 milhões, enquanto a dona da Vivo reportou uma baixa de 14,1% no lucro líquido, que atingiu R$ 1,1 bilhão. 

O presidente da XP, Guilherme Benchimol, disse que a bolsa brasileira "está mais barata do que nunca" em dólar. Ele afirmou, no entanto, que o investidor estrangeiro só virá se o país mostrar austeridade fiscal.

• A Embraer contratou o Itaú Unibanco para assessorar no pacote de socorro que está sendo costurado com o BNDES. O resgate pode ficar entre US$ 1 bilhão e US$ 1,5 bilhão, segundo o Estadão. 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

varejo online

B2W tem alta de 56% nas vendas e diminui prejuízo, que chega a R$ 43,8 milhões

Linha final do balanço é 57% melhor do que há um ano, enquanto mercado falava em prejuízo de R$ 60 milhões no terceiro trimestre; receita teve alta de 58,5% no período

cardápio de balanços

Suzano, Fleury e Totvs: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

São empresas cujas ações fazem parte da carteira teórica do Ibovespa – ou seja, os resultados das companhias ajudam a calibrar o índice

Sucessão no bancão

Milton Maluhy Filho será o novo presidente do Itaú Unibanco

Maluhy tem 44 anos e ingressou no Itaú em 2002. Após passar por diversas funções, o executivo ocupa o cargo de vice-presidente da área de riscos e finanças do maior banco privado brasileiro.

Big Techs

Resultados de Facebook, Google, Amazon, Twitter e Apple mexem com o mercado; veja números

Apesar dos resultados estarem bastante acima do esperado pelos analistas, as ações de algumas das gigantes caíram no pós-mercado em NY

Rombo

Governo Central tem déficit de R$ 76,1 bilhões em setembro

O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 96,096 bilhões de agosto.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies