Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-04-03T19:34:53-03:00
Seu Dinheiro na sua noite

Produtos em falta: máscaras, álcool em gel e reais

3 de abril de 2020
19:34
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

A pandemia do coronavírus provoca desabastecimento de produtos como máscaras cirúrgicas e álcool em gel. Mas no mercado financeiro, a corrida para a proteção em dólar pode colocar outro item em falta: o real.

Isso mesmo. E não estou falando só da falta de reais na carteira. Nos preços atuais, vai faltar moeda brasileira para comprar dólar. A visão é de Márcio Appel, sócio-fundador da Adam Capital.

A moeda do país de Donald Trump voltou a subir nesta sexta-feira e alcançou um novo recorde aos R$ 5,327. A atuação do Banco Central no mercado mal fez cócegas nas cotações.

Mas esse movimento de desvalorização cambial pode ter chegado ao limite, segundo Appel, um dos gestores de fundos mais respeitados do país.

Em uma transmissão na internet promovida pelo BTG Pactual, o gestor disse que decidiu sair da posição comprada em dólar contra o real. Eu trago detalhes sobre a expectativa dele para o câmbio nesta matéria.

A posição de Appel sobre o dólar é compartilhada por outros pesos-pesados do mercado, como o banqueiro André Esteves, que esteve em outra “live” na internet com Felipe Miranda, estrategista-chefe da Empiricus e colunista do Seu Dinheiro.

Seja como for, no curto prazo o câmbio deve seguir pressionado pela total falta de visibilidade no cenário e das consequências do coronavírus na economia.

A incerteza também se reflete na bolsa, que voltou a cair forte hoje e fechou abaixo dos 70 mil pontos. Na cobertura do Victor Aguiar, você tem um bom retrato de tudo o que movimentou o mercado ao longo da semana.

Elevador político

À primeira vista, o embate entre o que diz o presidente e o que recomenda o Ministério da Saúde em meio à pandemia do coronavírus tem um claro vencedor perante a opinião pública. A aprovação de Jair Bolsonaro na condução da crise caiu (dentro da margem de erro), enquanto que a do Ministério da Saúde disparou mais de 20%. Nesta matéria você confere os números da pesquisa realizada pelo Datafolha.

Vírus no bolso

Como esperado, tem mais e mais gente pessimista com a disseminação do coronavírus no Brasil. E não estou falando de cortes nas projeções pelos economistas, mas da população que sente o efeito no bolso. O número de pessoas que acredita que há uma chance pequena ou muito pequena de manter o emprego em meio à crise aumentou, segundo uma pesquisa da XP/Ipespe. A população também acha que ficará mais endividada, em um salto percentual que chama a atenção.

De carona nas medidas

Na esteira das medidas para reduzir o impacto econômica no salário dos trabalhadores, o Congresso decidiu intervir na relação entre os aplicativos como Uber e seus motoristas e entregadores. O Senado aprovou o aumento o rendimento deles até o mês de outubro, o que forçará uma redução de ao menos 15% do valor que as empresas retêm de cada corrida ou pedido. A matéria ainda precisa de aval da Câmara e beneficia também taxistas.

Falso brilhante

Tem muita gente que recomenda fundos de renda fixa com retornos ligeiramente acima do CDI como reserva de emergência. Mas isso funciona mesmo? A crise mostrou claramente que não — só que provavelmente esqueceram de te avisar. A coluna da Ana Westphalen desta sexta-feira mostra como não ver menos moedas no cofre quando você mais precisa abri-lo. Recomendo a leitura!

Furacão que fica

O coronavírus varreu o mundo e, ao contrário de um furacão, não está só de passagem. Alguns dos efeitos do vírus na economia já estão sendo conhecidos, o que pode servir para dar maior ideia do tamanho do buraco. Nesta edição do podcast Touros e Ursos, a Julia Wiltgen e o Victor Aguiar comentam a primeira leva de números que englobam o impacto econômico e trazem o balanço para o mundo dos investimentos deste mês caótico. Aperte o play e vem com a gente!

Um ótimo fim de semana para você.

Aquele abraço!

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Dados atualizados

Brasil tem 26.764 mil mortes por coronavírus; casos superam 438 mil

Nas últimas 24 horas, segundo o levantamento do portal G1, houve 1.156 novas mortes causadas pelo coronavírus

ajuste tarifário

Arsesp reduz em 12,1% tarifas de gás natural para clientes industriais da Comgás

O principal fator que provocou a queda das tarifas de gás foi a diminuição dos custos da molécula e do transporte, atrelados ao preço do petróleo e à variação da taxa de câmbio

seu dinheiro na sua noite

O Brasil visto da Antártida

Por esses dias, talvez você tenha lido por aí que cientistas de um projeto financiado pela NASA teriam descoberto indícios de um universo paralelo na Antártida onde o tempo passaria ao contrário. Apesar de ser um ótimo título “caça-clique”, infelizmente (ou felizmente) não é bem isso. Não ousarei entrar em detalhes aqui sobre a física […]

Politica monetária

BC só considera “imprimir dinheiro” se esgotar ferramentas contra a crise

Roberto Campos Neto disse só pretende abrir “caixa de ferramentas” do Banco Central quando não puder atuar mais via corte da taxa básica de juros (Selic)

Presidente da Câmara

Projeto de lei das fake news pode cumprir papel muito importante, diz Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) defendeu, nesta quinta-feira, 28, a tramitação célere do projeto de lei das fake news no Congresso, que, na visão dele, pode “cumprir um papel muito importante” para o País

Tensão em Brasília

Mourão diz que golpe está ‘fora de cogitação’, mas reconhece ‘estresse’

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, afirmou que uma eventual ruptura democrática está “fora de cogitação” e que “não existe espaço no mundo para ações dessa natureza”

Habilitação de maquininhas

Uso do auxílio em maquininhas começa com Cielo e GetNet; Rede é no dia 8

A Cielo informou que habilitou 1,5 milhão de maquininhas em todo o Brasil para aceitarem pagamentos dos beneficiários do auxílio emergencial

Devolvendo os ganhos

Risco político volta a aumentar e faz o dólar subir quase 2%; Ibovespa fecha em queda

O dólar à vista saltou mais de 10 centavos em relação ao fechamento de ontem, pressionado pelas tensões entre governo e STF. O Ibovespa caiu mais de 1% hoje, mas ainda acumula ganhos de 8% desde o começo de maio

Taxa de participação em queda

Desemprego seria de 16% com procura por vagas nos níveis de fevereiro, diz Itaú

Medidas de quarentena diminuíram nível de procura por trabalho e aumento do desemprego foi menor que o esperado, diz o banco

Socorro emergencial

Beneficiários do auxílio emergencial já podem usá-lo em maquininhas, diz Caixa

A Caixa Econômica Federal anunciou que os beneficiários do auxílio emergencial já podem utilizar os recursos em pagamentos de compras em maquininhas de cartão a partir desta quinta-feira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu