Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-12-15T09:35:34-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Os estrangeiros estão chegando

15 de dezembro de 2020
9:35
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Os estrangeiros estão chegando, estão chegando os estrangeiros. Um experiente operador do mercado com quem eu conversava com frequência adorava fazer essa referência a Jorge Ben naqueles dias de alta da bolsa. E com direito a batucada na mesa.

É verdade que o fluxo de recursos dos gringos historicamente ditou os movimentos de alta e queda das ações na B3. Mas meu amigo operador não teve muitos motivos para cantar nos últimos dois anos.

Desde a véspera das eleições presidenciais de 2018, os estrangeiros não fazem outra coisa a não ser tirar dinheiro da bolsa brasileira.

Havia uma expectativa de que esse fluxo se revertesse com a vitória de Bolsonaro e a chegada ao poder de uma equipe econômica liberal.

Mesmo assim, o Brasil permaneceu “mal-amado” pelos investidores internacionais, como me disse recentemente Luke Ellis, CEO da Man Group, maior hedge fund europeu.

Esse sentimento, contudo, começou a mudar no mês passado. E podemos dizer que foi de forma bipolar. A bolsa brasileira recebeu R$ 30 bilhões de recursos de fora do país, o maior volume da história.

Mas afinal, qual a razão para essa mudança de humor? O Ivan Ryngelblum falou com alguns dos melhores especialistas do mercado e traz para você quatro razões para a volta dos gringos à B3. E também o que pode levá-los a fazer as malas novamente. Vale a pena a leitura!

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

O Ibovespa fechou ontem em queda de 0,45%, aos 114.610 pontos, refletindo notícias sobre a possibilidade de a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) ter sua votação adiada e pedidos de prorrogação do auxílio emergencial, além do desempenho negativo de nomes como Vale, Ambev e Itaú. O dólar avançou 1,5%, aos R$ 5,12.

 O que mexe com o mercado hoje? Enquanto no Brasil os investidores buscam pistas sobre o futuro da política monetária na ata da última reunião do Copom, lá fora os investidores seguem pesando o avanço do coronavírus e o início da vacinação em alguns países. Agora cedo, as bolsas europeias e os índices futuros em Wall Street apresentam altas moderadas.

EMPRESAS

 A Ultrapar informou ontem que considera a possibilidade de colocar à venda a Oxiteno, sua divisão de produtos químicos. Saiba quanto a dona dos postos Ipiranga pode arrecadar com o negócio.

 O consórcio firmado por Vivo, TIM e Claro levou ontem a divisão de celulares da Oi por R$ 16,5 bilhões. Mas qual a parte de cada uma nesse espólio? Veja como fica a divisão dos ativos e quanto as operadoras vão desembolsar. 

 A JHSF Participações fechou o acordo para vender à XP Investimentos uma área de aproximadamente 705 mil metros quadrados, situada no complexo Parque Catarina. No local, a plataforma de investimentos pretende construir a sua nova sede, chamada Villa XP.

ECONOMIA

 A Câmara aprovou ontem o marco legal das startups, que pretende simplificar e dar maior segurança para empresas inovadoras empreenderem no Brasil. Saiba o que a nova lei vai considerar como uma startup.​​​​​​​

Nas últimas 24 horas foram registrados 433 mortes e 25.193 novos diagnósticos positivos de covid-19, segundo dados divulgados ontem pelo Ministério da Saúde.

COLUNISTAS

 Desde as mínimas de março, as ações da Oi apresentam valorização de mais de 450%. O caso da operadora de telefonia representa um dos princípios no investimento em bolsa: comprar ações por menos do que elas valem e lucrar com a correção. O nosso colunista Matheus Spiess mostra como identificar oportunidades como essa no mercado.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Reação ao balanço

Lucrou, mas não empolgou. Ações do IRB caem mesmo com melhora no resultado

Papéis da resseguradora (IRBR3) estavam entre as maiores quedas do Ibovespa nesta sexta-feira; Credit Suisse vê piora operacional da companhia

Prepare o bolso

Petrobras diz que manterá ritmo de reajustes nos preços de combustíveis

Um executivo confirmou que não haverá mudanças na política de preços da estatal, que segue sem frequência definida

Educação

Ações da Cogna avançam, mesmo com prejuízo líquido de R$ 90,975 milhões no 1º trimestre

Confira outros destaques do balanço da empresa, que viu uma queda de 18,1% nos investimentos

Exile on Wall Street

As bolsas deixaram os fundamentos de lado esta semana — mas você não deve!

A semana é de resultados, mas não se fala em outra coisa a não ser na alta de juros, após reunião do Copom que levou a Selic para 3,5% ao ano. Além disso, a inflação americana, que veio acima da expectativa, elevou as estimativas de juros futuros nos Estados Unidos.  Com isso, mesmo empresas com […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies