Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-10-09T20:02:43-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O Ibovespa é “descolado”. E isso não é um elogio

9 de outubro de 2020
20:02
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Antes de começar a escrever esta newsletter, perguntei aos meus filhos o significado da gíria “descolado”. Nem o André nem a Helena souberam responder, mas chutaram que devia ser uma pessoa que não ia à escola.

No meu tempo — eu já cheguei naquela idade em que posso falar “no meu tempo” —, alguém  descolado era esperto e descontraído. Em uma forma menos usual, “descolar” também podia ser o equivalente a pedir algo, mas de um jeito “descolado” (me descola uma cerveja?).

O mercado financeiro adota o termo no sentido mais literal. Ou seja, a bolsa está descolada quando reage de modo diferente dos demais mercados. Isso pode ser bom quando as ações lá fora estão caindo e aqui o sinal é de alta.

Mas quando falamos e escrevemos nas reportagens aqui do Seu Dinheiro que o Ibovespa está descolado do desempenho no exterior, geralmente essa é uma má notícia.

No acumulado deste ano, o principal índice da bolsa acumula queda de 15,7%. Em dólar, o tombo é ainda maior e beira os 40%, o que coloca o Brasil na lanterna entre os principais mercados de ações globais.

No pregão desta sexta-feira, o Ibovespa ficou novamente no vermelho enquanto as bolsas em Nova York tiveram mais um dia de alta. Mas apesar de mais um descolamento, o saldo da semana até que foi positivo para o mercado brasileiro, como mostra o Felipe Saturnino.

MERCADOS

 Depois de Toro e Rico, o BTG Pactual também aderiu à corretagem zero. O banco anunciou que zerou as taxas de corretagem para operações de ações no módulo "Day Trade" e que vai reduzir custos para todos os clientes. 

 O momento mais difícil para empresas com planos de abrir capital na B3 foi assunto da edição de hoje do podcast Touros e Ursos. Eu e Julia Wiltgen comentamos ainda a complicada equação em torno do financiamento do Renda Cidadã. Você pode assistir no YouTube ou ouvir no Spotify.

ECONOMIA

 O governo quer abrir um cardápio de opções para a privatização dos Correios por meio de um projeto de lei. Mas a ideia é seguir um modelo “filé com osso”, segundo Martha Seillier, do Ministério da Economia. Veja o que a secretária quis dizer nesta entrevista.

 A inflação acelerou em setembro e atingiu o maior resultado para o período desde 2003. O IPCA subiu 0,64% no mês passado, segundo o IBGE, ficando acima das projeções do mercado. Confira o que pesou no indicador.

EMPRESAS

 O céu ainda não é de brigadeiro, mas as condições de voo estão melhorando para a Gol. A companhia aérea tem se sentido confiante após ampliar a sua oferta de voos para outubro. As ações da empresa reagiram bem ao anúncio.

 As mudanças no plano de recuperação da Oi levaram a agência de risco S&P a considerar a empresa “caloteira". A nota de crédito da operadora foi rebaixada de “CC” para “SD”, o equivalente a um calote seletivo.

 A Linx rebateu as críticas da Totvs por decidir submeter apenas a proposta de compra feita pela Stone aos acionistas. Para a administração da Linx, a oferta da Totvs não atende aos interesses da companhia. Entenda a troca de farpas.

 Velocidade máxima? O bilionário Elon Musk quer lançar um foguete capaz de entregar armas e munições em qualquer lugar do mundo para o exército norte-americano em até uma hora. Os testes devem começar em 2021.

COLUNISTAS 

 Na newsletter da manhã, a Marina Gazzoni informou você da criação da holding Universa, que reúne a Empiricus e a gestora e corretora Vitreo. Mas será que esse negócio é bom mesmo? O próprio Felipe Miranda traz para você todos os detalhes da parceria.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

varejo online

B2W tem alta de 56% nas vendas e diminui prejuízo, que chega a R$ 43,8 milhões

Linha final do balanço é 57% melhor do que há um ano, enquanto mercado falava em prejuízo de R$ 60 milhões no terceiro trimestre; receita teve alta de 58,5% no período

cardápio de balanços

Suzano, Fleury e Totvs: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

São empresas cujas ações fazem parte da carteira teórica do Ibovespa – ou seja, os resultados das companhias ajudam a calibrar o índice

Sucessão no bancão

Milton Maluhy Filho será o novo presidente do Itaú Unibanco

Maluhy tem 44 anos e ingressou no Itaú em 2002. Após passar por diversas funções, o executivo ocupa o cargo de vice-presidente da área de riscos e finanças do maior banco privado brasileiro.

Big Techs

Resultados de Facebook, Google, Amazon, Twitter e Apple mexem com o mercado; veja números

Apesar dos resultados estarem bastante acima do esperado pelos analistas, as ações de algumas das gigantes caíram no pós-mercado em NY

Rombo

Governo Central tem déficit de R$ 76,1 bilhões em setembro

O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 96,096 bilhões de agosto.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies