Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-11-16T19:34:54-03:00
seu dinheiro na sua noite

No novo tempo, apesar dos perigos

16 de novembro de 2020
19:33 - atualizado às 19:34
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Salvo algum fator extraordinário, ainda teremos de conviver com o coronavírus por mais alguns meses. Mas a possibilidade de chegarmos a esta mesma época de 2021 olhando a pandemia do retrovisor é cada vez maior.

Uma semana depois do anúncio da Pfizer, hoje foi a vez da farmacêutica Moderna anunciar que a sua vacina contra a covid-19 obteve um altíssimo grau de eficácia em testes.

Trata-se de uma grande notícia, mas que não nos autoriza a descuidar das medidas de prevenção até que a vacina (ou as vacinas) estejam efetivamente em uso em larga escala.

Se nós não podemos nos antecipar a um mundo pós-coronavírus na nossa vida cotidiana, no mercado financeiro é comum e até esperado que isso aconteça.

Em um cenário de juros reais negativos e regado por estímulos fiscais, a expectativa dos investidores é de uma rápida retomada de ativos de risco, incluindo as ações das empresas nas bolsas globais.

Aqui no Brasil, já tivemos no terceiro trimestre resultados bem melhores do que o esperado para a economia e a maioria das empresas, inclusive aquelas mais afetadas pela pandemia.

Ainda assim, a bolsa brasileira é uma das que registram maiores perdas no acumulado do ano. Ou seja, existe espaço para diminuir essa diferença no curto prazo. 

Na coluna de hoje, o Felipe Miranda diz o que você deve esperar desse novo tempo na bolsa (apesar dos perigos). Vale a pena a leitura!

MERCADOS

 A notícia da eficácia da vacina da Moderna deu mais um gás ao rali da bolsa. O Ibovespa subiu 1,63% nesta segunda-feira e fechou acima dos 106 mil pontos, de volta aos patamares de março. Leia tudo o que movimentou os mercados.

O BNDES vendeu de uma vez só 40 milhões de ações da Vale em uma operação de “block trade” na B3 na tarde de hoje. O negócio engordou o caixa do banco em R$ 2,5 bilhões, que já havia feito uma venda do tipo em agosto.

EMPRESAS

 A Azul teve um prejuízo líquido de R$ 1,226 bilhão no terceiro trimestre. Mas a aérea começa a ter uma recuperação da demanda e ainda tem uma posição financeira robusta, como você confere nesta matéria.

 O governo do Rio Grande do Sul segue com o processo de privatização da distribuidora de energia do Estado, a CEEE-D. O processo, que será conduzido pelo BNDES, deve acontecer até o fim deste ano. Veja os detalhes.

ECONOMIA

 Dos males, o menor. O Relatório Focus divulgado pelo Banco Central projeta uma queda de 4,66% para o PIB brasileiro. O valor representa uma ligeira melhora da projeção anterior, de 4,80%. Confira as demais estimativas do mercado

 A diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou uma revisão extraordinária do contrato de concessão de quatro aeroportos em razão da pandemia do novo coronavírus. Veja os detalhes nesta matéria.

 Hoje foi o dia de estreia do Pix, o sistema de pagamentos instantâneos que permite a transferência gratuita de dinheiro em segundos. O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto falou sobre a adesão à plataforma e o balanço das operações

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

RADIO CASH

‘O Banco Central não parece estar comprometido em atingir a meta de inflação’, diz Rogério Xavier, fundador da SPX Capital

Em entrevista ao podcast RadioCash, Rogério Xavier critica o ajuste parcial da Selic e comenta a estratégia por trás dos resultados expressivos que fundos da SPX obtiveram no primeiro trimestre do ano, confira:

destravando valor

Pão de Açúcar lidera altas do Ibovespa com mercado vendo ganhos em venda de participação em e-commerce

Casino, controlador da empresa, estuda fazer oferta de ações de unidade de e-commerce, em que Pão de Açúcar detém participação de 34,17%

Mercados hoje

Ibovespa é pressionado pelo cenário político-fiscal e opera em queda; dólar sobe

Com o cenário político-fiscal pesado, o mercado brasileiro acaba sucumbindo às pressões. No exterior, inflação dos Estados Unidos é destaque

Exile on Wall Street

Meu professor polvo

Desenvolvi um hábito peculiar. Quando preciso ter algum papo difícil com alguém ou há entre mim e alguma pessoa querida algum entrevero, mínima rusga que seja, envio um vinho português chamado “Conversa” e convido para o diálogo. É um gesto carinhoso, de afeto. Mas — confesso — é também um pouco egoísta e parte de […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies