Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2020-10-31T12:17:17-03:00
BOMBOU NO SEU DINHEIRO

Melhores da Semana: O Halloween dos mercados

A segunda onda de coronavírus é um ‘fantasma’ que ronda os mercados desde o início do ano. Muita gente não acreditou. Nesta semana, ele mostrou as caras.

31 de outubro de 2020
12:15 - atualizado às 12:17
Halloween
Halloween dos mercados: bolsas tiveram fortes perdas na última semana de outubro - Imagem: Shutterstock

Os riscos dos mercados são fantasmas dentro do armário. Você pode não vê-los, nem acreditar neles. Mesmo assim você sente medo.

É possível que eles sejam apenas uma história de terror. Mas talvez você esbarre em um deles de madrugada... 

A segunda onda de coronavírus é um ‘fantasma’ que ronda os mercados desde o início do ano. Muita gente não acreditou. Nesta semana, ele mostrou as caras.

Com novo lockdown na França e na Alemanha, a velocidade de recuperação da economia global tende a ser menor. Esse é um enredo de filme de terror para os investidores.

O susto provocou uma semana sangrenta nos mercados. O Ibovespa recuou 7,2%, para 93.952 pontos. Aqui você encontra mais detalhes sobre a semana nas bolsas.

Neste sábado, entrei no clima de Halloween para fazer a lista de melhores reportagens da semana. Confira abaixo!

As melhores do Seu Dinheiro na semana:

1 - Contos macabros

Se você quer entender melhor o que está pegando nos mercados, sugiro que veja a última edição da live Touros e Ursos. A Julia Wiltgen, o Vinícius Pinheiro e o Felipe Saturnino comentam o que rolou na semana e as perspectiva para o futuro.

Mas se quiser ir direto para o fim da história, minha sugestão é que você leia a reportagem da Julia Wiltgen sobre os melhores e os piores investimentos do mês de outubro.

2 - O sadismo bilionário

O “filme de terror” dos mercados tem seus fãs. O colunista Ruy Hungria lembrou que o bilionário Warren Buffett já confessou que gosta quando a bolsa cai. Para ele, é uma oportunidade de aumentar sua posição em ações de boas empresas. 

3 - Jogos mortais

A reunião do Copom desta semana foi uma espécie de partida de truco macabra. Os mercados fizeram suas apostas em um juro maior nos próximos meses, mas o Banco Central reafirmou sua intenção de preservar o juro baixo por um bom tempo.

Neste link, você pode relembrar a decisão da semana e aqui está uma análise do Vinícius Pinheiro sobre a partida entre o BC e os mercados.

4 - Casamento sangrento

Em tese, um pedido de casamento deveria ser motivo para alegrias. Mas às vezes o romance vira thriller. Recentemente, foi o que aconteceu com duas propostas de aquisições de grandes empresas no Brasil.

A Ser Educacional tentou comprar a Laureate, mas a  Ânima entrou na briga e ficou com a noiva (veja os detalhes nesta reportagem). Já o triângulo não tão amoroso assim entre Stone, Linx e Totvs segue sem desfecho (veja aqui as últimas informações sobre o caso). 

5 - O pesadelo acabou? 

Apesar do banho de sangue, a semana trouxe, sim, notícias positivas. Diversas empresas divulgaram seus balanços e mostraram números melhores que o esperado pelos mercados. 

Quem foi bem? Vale, BradescoSantanderPetrobras e GPA, só para citar algumas.

Para encerrar, deixo aqui uma reflexão: quando os fantasmas do mercado saírem de cena e o medo ceder lugar à racionalidade, será que o preço das ações refletirá seus bons resultados? 

Um grande abraço e ótimo fim de semana!

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Revolucionário

Elon Musk afirma que seu caminhão Tesla pode andar 1.000 km por carga

Na conferência, Musk afirmou: “Achamos que isso será extremamente competitivo e atraente para as empresas de transporte rodoviário”.

polêmica

Vacina da AstraZeneca e da Universidade de Oxford contra covid-19 sofre críticas

Cientistas questionam métodos da pesquisa após empresa admitir que meia dose foi erro de fabricação

Crise no mundo encantado

Disney anuncia 32 mil cortes de empregos, principalmente em parques temáticos

A pandemia forçou os parques temáticos da Disney a permanecer fechados ou operar com capacidade reduzida durante boa parte deste ano, e as operações de seus navios de cruzeiro estão suspensas

Tema do momento

Acionista do Carrefour, Abilio Diniz quer que a empresa se torne referência na luta contra o racismo

No evento online, o empresário também falou sobre o futuro do varejo e suas visões positivas para a economia brasileira

BOAS NOTÍCIAS

País tem saldo positivo recorde de vagas formais em outubro

Mercado de trabalho registra a abertura de 394.989 vagas em outubro, de acordo com Caged, superando projeções

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies