Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-11-04T19:44:21-03:00
seu dinheiro na sua noite

Itaú e XP: História de um casamento

4 de novembro de 2020
19:44
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

De um casamento que parecia perfeito, a união entre uma estrela em ascensão e uma figura consagrada no mercado acaba naufragando em meio a uma rotina de desentendimentos e planos incompatíveis para o futuro.

Quem assistiu ao filme História de um Casamento (disponível na Netflix) deve ter reconhecido o roteiro que eu descrevi logo acima. Mas na verdade estou me referindo a outra relação que está perto do fim: a do Itaú Unibanco com a XP Investimentos.

Foi um romance que começou em 2017, quando o maior banco privado brasileiro anunciou a compra de uma participação no capital da XP por pouco mais de R$ 6 bilhões.

O casamento trouxe frutos para ambos os lados, mas também enfrentou resistências. A maior delas foi o veto do Banco Central à opção de o Itaú assumir o controle da XP.

Essa espécie de matrimônio com os noivos vivendo em casas separadas provocou inevitáveis brigas. Algo já parecia estar fora do lugar quando o Itaú lançou em junho deste ano uma campanha publicitária com críticas ao modelo de agentes autônomos que consagrou a XP.

Pois agora o casamento parece ter chegado ao fim com o plano do banco de segregar a participação que detém na XP em uma nova empresa.

Para o Itaú, a união também sofreu com a falta de reconhecimento. Isso porque o valor atribuído à participação na XP dentro do banco é menor que o da corretora no mercado.

Essa foi uma das justificativas para o fim da relação dadas por Candido Bracher, presidente do Itaú. Eu acompanhei a entrevista e conto para você os detalhes sobre a separação e também a reação das ações.

MERCADOS

 Com a eleição nos Estados Unidos quase definida a favor de Joe Biden, o mercado financeiro teve um dia bastante positivo, com alta de quase 2% da bolsa e queda expressiva do dólar. Saiba tudo sobre o pregão

ECONOMIA

 Mais um dado reforça a visão de rápida recuperação da economia brasileira da crise do coronavírus. A produção industrial registrou avanço de 2,6% em setembro ante agosto. Foi a quinta alta mensal seguida, de acordo com o IBGE.

 Ainda não está convencido? Pois então aí vai mais um indicador que sinaliza a retomada econômica. As vendas de veículos subiram 3,54% em outubro e apresentaram o melhor mês do ano.

 A relação do governo com o Congresso ainda está longe do ideal. Os deputados federais derrubaram o veto presidencial à prorrogação da desoneração da folha de pagamentos. Confira o placar da votação

EMPRESAS

 A compra da Nike do Brasil pelo Grupo SBF, controlador da Centauro, foi aprovada pelo Cade, mas com restrições. A rede de varejo esportivo pagou R$ 900 milhões para assumir a operação da marca no país. Veja as condições do acordo

 A Even vai vender imóveis do Hotel Fasano Itaim para um fundo imobiliário, por R$ 280 milhões. Uma subsidiária da incorporadora assinou promessa de compra e venda de ativos para FII que está sendo estruturado e irá realizar oferta pública de cotas. 

 A Ser Educacional exerceu o direito de receber da Ânima uma multa no valor de R$ 180 milhões em dinheiro com o fim do acordo com a Laureate para adquirir os ativos do grupo no Brasil. Saiba mais sobre o desfecho da transação.

 A fabricante de carros elétricos Tesla já teve em vários momentos a situação financeira questionada. Mas agora o próprio Elon Musk resolveu admitir que sua companhia esteve à beira da falência. Conheça a história.

COLUNISTAS 

 Você já parou para pensar nas “narrativas” que dominam sua vida? Nosso colunista André Franco comenta a respeito de conjunto de crenças que rodeiam nossa vida e fala sobre a dele. Spoiler: tem a ver com bitcoin e inflação.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

fique de olho

Telefônica Brasil paga R$ 630 milhões em juros sobre capital próprio

Valor tem retenção de imposto de renda na fonte, à alíquota de 15%, resultando no montante líquido de R$ 535,5 milhões, com base no balanço patrimonial de 31 de maio de 2021

seu dinheiro na sua noite

A escalada dos juros e o impacto nos seus investimentos

Os horizontes do atual ciclo de escalada dos juros no Brasil já começam a ficar mais claros, assim como os contornos da política monetária americana.  Hoje os investidores trataram de se ajustar aos sinais enviados pelos bancos centrais do Brasil e dos Estados Unidos na “Super Quarta” de ontem. O mercado de juros rumou para […]

ampliando o portfólio

JBS conclui a aquisição de empresa de produtos à base de plantas Vivera na Europa

Transação inclui três unidades produtivas e um centro de pesquisa e desenvolvimento localizados na Holanda.

atenção, acionista

Vale anuncia pagamento de dividendos; confira os valores

Segundo a mineradora, será considerada a posição acionária de 23 de junho de 2021; empresa passa por bom momento

retomada

Produção de aço cresce 20,3% de janeiro a maio

De janeiro a maio, as vendas internas foram de 10 milhões de toneladas, o que representa uma alta de 46,4% quando comparada com o apurado em igual período do ano anterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies