Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-10-15T20:57:10-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Assim caminha o mercado financeiro

15 de outubro de 2020
20:57
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Nunca antes na história das crises financeiras os mercados se recuperaram tão rápido como depois do pânico de março provocado pela pandemia do coronavírus.

Aqui no Brasil, o nosso Ibovespa ainda amarga uma queda de quase 15% no acumulado do ano. Mas lá fora os índices de ações de Nova York não só voltaram ao positivo como chegaram a testar novas máximas históricas.

Isso não significa que a crise tenha ficado definitivamente para trás. Como já diria Lulu Santos, ainda vai levar um tempo pra fechar o que feriu por dentro.

A retomada das bolsas foi em boa parte anabolizada pelos programas de estímulo sem precedentes dos governos e Bancos Centrais e com a expectativa de volta à normalidade — ou pelo menos ao “novo normal”.

O problema é que tivemos notícias ruins em ambas as frentes hoje. O rápido aumento de novos casos de covid-19 na Europa reacendeu as preocupações sobre uma segunda onda de casos da doença.

Enquanto isso, as negociações para a liberação de um novo pacote de estímulos nos Estados Unidos voltaram a andar com passos de formiga e sem vontade. O que acabou ajudando a aliviar a tensão, quem diria, foi o noticiário aqui no Brasil.

Diante de tudo isso, não vou dizer que o pregão na bolsa foi ruim. Mas também não foi tão bom assim. Você confere os detalhes de como a bolsa e o dólar se comportaram com o Felipe Saturnino.

ECONOMIA

 Vai voltar atrás? Um dia depois de defender a criação de um imposto sobre transações digitais, o ministro Paulo Guedes afirmou que pode desistir da "nova CPMF" e que o tributo não será usado para financiar o Renda Cidadã.

 A crise do coronavírus tende a ser menos severa que a de 2015/2016 no Brasil. Quem fez a afirmação foi o diretor do BC, Paulo Souza, após analisar os últimos dados sobre inadimplência e o nível de ativos problemáticos no sistema financeiro.

 Jair Bolsonaro segue surfando a onda da popularidade. Pesquisa feita pela XP Investimentos e Ipespe mostra que a reprovação do governo caiu para 31%, menor nível desde maio de 2019. Confira todos os dados.

EMPRESAS

 No mesmo dia que a controladora da JBS fechou acordos com a justiça dos Estados Unidos para encerrar acusações de corrupção, os irmãos Wesley e Joesley Batista viraram alvo de uma nova denúncia aqui no Brasil.

 Após um IPO que atraiu quase 40 mil investidores, as ações da rede de pet shops Petz foram as preferidas das pessoas físicas no mês de setembro. Confira o ranking das favoritas, de acordo com levantamento da SmartBrain.

 É hit! A gravadora coreana responsável pelo sucesso da boyband BTS teve uma estreia de arromba na bolsa sul-coreana. Com uma ajudinha dos fãs de k-pop, as ações da companhia subiram 160% na máxima do primeiro dia de negociações.

COLUNISTAS

 Uma série de fenômenos químicos e biológicos ao longo dos anos são os responsáveis por chegarmos até onde chegamos. Mas o que a ordem (ou desordem) natural do universo nos diz sobre o desejo de enriquecer? O Rodolfo Amstalden faz essa reflexão na coluna de hoje.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

varejo online

B2W tem alta de 56% nas vendas e diminui prejuízo, que chega a R$ 43,8 milhões

Linha final do balanço é 57% melhor do que há um ano, enquanto mercado falava em prejuízo de R$ 60 milhões no terceiro trimestre; receita teve alta de 58,5% no período

cardápio de balanços

Suzano, Fleury e Totvs: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

São empresas cujas ações fazem parte da carteira teórica do Ibovespa – ou seja, os resultados das companhias ajudam a calibrar o índice

Sucessão no bancão

Milton Maluhy Filho será o novo presidente do Itaú Unibanco

Maluhy tem 44 anos e ingressou no Itaú em 2002. Após passar por diversas funções, o executivo ocupa o cargo de vice-presidente da área de riscos e finanças do maior banco privado brasileiro.

Big Techs

Resultados de Facebook, Google, Amazon, Twitter e Apple mexem com o mercado; veja números

Apesar dos resultados estarem bastante acima do esperado pelos analistas, as ações de algumas das gigantes caíram no pós-mercado em NY

Rombo

Governo Central tem déficit de R$ 76,1 bilhões em setembro

O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 96,096 bilhões de agosto.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies