Menu
Dara Chapman
Financial Journey
Dara Chapman
Dados da Bolsa por TradingView
2020-06-30T11:35:05-03:00
Financial Journey

Disciplina espartana: menos ansiedade, mais comprometimento

Você já percebeu que a sua ansiedade é tão grande que você quer sair logo da poupança sem fazer o mínimo do planejamento?

30 de junho de 2020
11:35
shutterstock_1305610966 (1)

Quero falar com você hoje sobre dois assuntos muito importantes: a ansiedade e o comprometimento.

O primeiro ponto reside na ansiedade de querer ficar rico de um dia para outro. Querer ganhar dinheiro fácil só vai levar você a tomar decisões não apropriadas: investir é um processo e, de uma forma ou outra, o desempenho envolve gerenciar informações.

Você já percebeu que a sua ansiedade é tão grande que você quer sair logo da poupança sem fazer o mínimo do planejamento?

Assim, seja pelo medo de fazer algo novo, ou seja, pelo medo de perder o dinheiro, você acaba não fazendo nada e até hoje continua na poupança.

Outra possibilidade: você é alguém que fica tão ansioso(a) para começar a investir sem estudar que acaba aplicando em um produto oferecido por alguém (gerente do banco ou assessor de investimentos) sem saber se tal produto é adequado ou indicado para o seu perfil de risco?

Em um cenário de bull market você nem iria questionar se a escolha do produto estava correta ou não. Afinal, os preços de ações estariam subindo e o seu extrato mostraria uma apreciação do valor.

Lembra que, somente neste ano, a bolsa chegou aos 115, 118 mil pontos. Todo mundo tinha a falsa sensação de estar rico só porque o extrato naquele exato momento mostrava um valor que te deixava feliz.

Em contrapartida, aquele valor pode ter descido rio abaixo dependendo do risco implícito de seus investimentos.

Mas em momentos normais, você nem percebeu o risco que tomou, porque o ser humano só entende o tamanho do buraco no momento de uma queda.

Quem já passou por uma crise no mercado financeiro sabe exatamente do que estou falando: já vi esse filme 1000 vezes.

Por exemplo, março deste ano. A bolsa caiu para 65 mil pontos. Quem viu o extrato da conta da corretora levou um baita susto: meu Deus! Aonde foi parar o meu dinheiro?

Se você não se assustou, parabéns! Isso significa que você tinha feito um planejamento. Você já entendeu que o mercado passa por períodos de volatilidade, por altos e baixos.

E, neste contexto, o momento de resgatar não é quando ocorre queda total dos ativos, quando todo mundo está correndo para a saída de emergência.

Se você entrou em pânico quando viu quedas de 20%, 30%, 40% do seu patrimônio e deixou as suas emoções tomarem controle, ou seja, o medo de perder era tão grande que você resgatou, eu tenho uma coisa importante para falar.

E esta coisa é justamente o segundo assunto de hoje: qual é o seu nível de comprometimento?

Vou pegar na sua mão agora.

Neste instante, mais do que nunca, você tem que rever o seu compromisso de querer investir. E para investir, de acordo com o seu perfil de risco, você precisa estudar, você precisa planejar.

Você precisa ter no mínimo alguma noção dos produtos que está aplicando e quais riscos estão implícitos naquele investimento, ou naqueles investimentos.

Sabe que hoje a bolsa caminha rumo aos 100 mil pontos? Já recuperou uma boa parte da perda.

O mercado funciona assim nas crises: cai muito forte de forma repentina e, dependendo das informações subsequentes, se recupera, podendo a retomada ser mais lenta ou mais rápida. Contudo, de uma forma ou outra, a recuperação sempre vem.

Infelizmente, o que eu percebo são pessoas querendo ficar ricas sem fazer o dever de casa, ou seja, sem planejar. Desta maneira, preferem acabar delegando as decisões de onde investir e quanto alocar para um terceiro.

Não seria mil vezes melhor quando o seu gerente do banco, ou seu assessor de investimentos, oferecesse um produto, que você tivesse a capacidade de analisar se aquele investimento faz sentido para você?

Você não gostaria de saber o que deve questionar ou conversar com seu assessor? Ou como você pode analisar se um investimento é bom?

Estudando, você vai adquirir confiança, a sua determinação vai crescer naturalmente. Existe uma abundância de material, livros, podcasts sobre como investir.

Agora, se você prefere, ou precisa alguém mais perto de você quando está começando, pode contar comigo.

Eu vou pegar na sua mão e mostrar passo a passo, sem pular nenhuma etapa. Agora prepara-se porque você não vai ficar no sofá com dedos cruzados, torcendo para que tudo de certo.

Vamos estudar agora?

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

VAREJO DECEPCIONADO?

Black Friday supera prévias, mas vendas do fim de semana ainda ainda perdem para os números registrados em 2019

Segundo índice calculado pela Cielo, as vendas cresceram 6,9% em relação ao ano passado, mas foram 3,8% inferiores ao período pré-pandemia

Adeus ano velho

Ano novo, impostos novos! Reforma do IR fica para 2022, confirma presidente do Senado

O governo Bolsonaro pressionava pela aprovação da proposta para financiar o Auxílio Brasil, mas não conseguiu apoio na Casa

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bitcoin e bolsa se recuperam após susto com nova variante, Azul e Latam sobem o tom e outros destaques do dia

Pouco se sabe ainda sobre a nova variante do coronavírus detectada na África do Sul, mas o que veio à público até agora é muito melhor do que o mercado financeiro precificou na última sexta-feira (26). Sem o pânico visto na semana passada, o Ibovespa encontrou forças para abrir a semana em alta.  Um estudo […]

Fechamento do dia

Mercado supera susto com ômicron, e bolsas globais engatam recuperação; Ibovespa sobe com menos força, de olho na PEC dos precatórios

Pesando os desafios fiscais brasileiros, o Ibovespa fechou longe das máximas, mas se recuperou parcialmente do tombo de sexta-feira

UM ÚLTIMO TUÍTE

Do Twitter para o bitcoin? Jack Dorsey deixa comando da rede social e reacende rumores sobre projeto em criptomoedas

O fundador da rede social passará o cargo para Parag Agrawal, um veterano da empresa, depois de comandá-la de 2006 a 2008 e de 2015 até hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies