Menu
Rodolfo Amstalden
Exile on Wall Street
Rodolfo Amstalden
Sócio-fundador da Empiricus e autor do Programa de Riqueza Permanente
2020-12-03T17:28:48-03:00
Exile on Wall Street

A vitória da indecência sobre a paciência

Se quiser ficar rico comprando ações, terá que necessariamente comprar problemas, principalmente no Brasil

3 de dezembro de 2020
10:52 - atualizado às 17:28
imagem conceitual mostra homem com medo de atravessar lago rumo a cifrão
Um pouco de medo de perder dinheiro faz bem - Imagem: Shutterstock

Investidores iniciantes podem chegar à Bolsa com a falsa impressão de que ações sobem quando tudo está bem e caem quando tudo está mal.

Na prática, são raríssimos os contextos em que tudo está bem ou tudo está mal.

Geralmente, os jogos de mercado têm placar de 2 x 1 ou 1 x 2, com a partida decidida aos 45 do segundo tempo.

Essa noção é vital, pois, se você está à espera de um céu de brigadeiro para comprar, não vai comprar nunca, e não vai ganhar dinheiro nunca.

O óbvio custa caro demais.

Se quiser ficar rico comprando ações, terá que necessariamente comprar problemas, principalmente no Brasil.

Mais importante do que comprar problemas é saber conviver com eles; esperar até que eles se resolvam ou até que acabe a cerveja, fique tarde e eles decidam ir embora.

"Ah, Rodolfo, mas eu não consigo dormir por causa do enorme risco fiscal."

Então não compre Bolsa, nem Bs longas. Não é para você. O risco fiscal está longe de ser enorme, já foi bem maior do que é hoje. 

Fique à vontade para reclamar da paralisia do governo, do estouro da dívida/PIB, da decepção com os resultados trimestrais, etc. Tudo isso faz parte do jogo. Só não pode vender coisa boa quando um problema aparece, nem deixar de dormir. O resto vale.

Em meio a toda essa bagunça elementar, suspeito que o brasileiro tenha vocação para investir em Bolsa. O Gilson da B3 falou sobre isso, sobre como a pessoa física deu aula de resiliência durante a pandemia.

Trópicos utópicos. Às vezes para o bem e às vezes para o mal, nós, brazucas, estamos culturalmente acostumados a encontrar sentido de viver dentro de situações subótimas (para usar um eufemismo).

É verdade que não somos um povo paciente. Mas é verdade também que essa aparente falta de paciência decorre de abdicar do perfeccionismo, de topar as coisas como elas são, condições suficientes para se fazer feliz agora mesmo.

Acho inclusive que a paciência, tão valorizada no vernáculo da psicologia financeira, perde feio em vantagem para a imperfeição cultivada dia a dia.

O investidor paciente, à espera da salvação futura, frequentemente explode quando a promessa de felicidade não vem depois de meses, depois de anos. Sempre chega um momento no qual a paciência se esgota.

Já o investidor imperfeito nunca se esgota. Consegue conviver com os seus próprios problemas, e com os problemas trazidos pelo mercado. Consegue ter um dia difícil e dormir profundamente, e até sonhar.

De repente, de tanto dormir, seu patrimônio vai crescendo, e aqueles problemas vão se tornando menores, menores, menores. Ainda menores do que uma hiperinflação de 4% ao ano.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Os três mosqueteiros do varejo e outros destaques da noite

Na bolsa e no setor de varejo, a máxima do “um por todos e todos por um” não se aplica. Empresas competem umas com as outras e investidores buscam as melhores aplicações — o “cada um por si” tem bem mais adeptos. Mas, quem diria, três mosqueteiros juntaram suas espadas para comemorar os bons resultados […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sobe puxado pelo minério de ferro e encosta nos 123 mil; NY fecha o dia no vermelho

Com a economia chinesa aquecida, a demanda por commodities segue em alta e sustenta bons níveis para o Ibovespa.

Seleção Empiricus

🔴 AO VIVO: Quais são os investimentos para o segundo semestre? | Seleção Empiricus

Caminhando para o fim do primeiro semestre, nosso time do Seleção Empiricus de hoje discute o que podemos esperar da Bolsa para os próximos meses. A escalação do jogo de hoje conta com Max Bohm, Matheus Spiess, Cris Fensterseifer e Marcos Queiroz.

Segure seus bitcoins

Golpistas se passam por Elon Musk e roubam dinheiro de investidores de criptomoedas

Os criminosos usaram perfis falsos do CEO da Tesla para levar ao menos US$ 2 milhões de entusiastas do bitcoin e outras moedas digitais

Orçamento apertado

Segmentos mais impactados de comércio e serviços tiveram perdas de R$ 225,7 bi em 2020

Montante é maior que o total produzido por países como Sérvia e Tunísia. Varejo de roupas perdeu 10% do seu tamanho no ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies