Menu
2020-10-07T18:22:09-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Bomba fiscal

Brasil não tem espaço para financiar programa de renda com mais gastos, diz Verde Asset

Para a gestora de Luis Stuhlberger, o espaço para um novo programa de combate à pobreza deveria ser criado dentro do teto, sem “malabarismos ou pedaladas”

7 de outubro de 2020
12:50 - atualizado às 18:22
Luis Stuhlberger, sócio e gestor da Verde Asset
Luis Stuhlberger, sócio e gestor da Verde Asset - Imagem: Murillo Constantino/Quatetto

Em meio às discussões sobre a criação de um programa de renda permanente na esteira do auxílio emergencial, o Brasil simplesmente não tem espaço fiscal para acomodar mais gastos, com o aumento do déficit ou dívida. A análise é da Verde Asset, de Luis Stuhlberger.

Na carta mensal aos investidores, a gestora de um dos fundos mais bem sucedidos de todos os tempos do mercado brasileiro publicou um estudo detalhado sobre os impactos do auxílio emergencial na economia e nas contas do governo.

O levantamento mostra que o Brasil foi um dos países que mais gastaram para minimizar os efeitos do coronavírus na economia, com despesas equivalentes a quase 10% do PIB. Ao mesmo tempo, o país já era um dos emergentes com maior nível de endividamento antes da pandemia.

“Os únicos países emergentes que gastaram parecido com o Brasil são Peru e Chile, ambos com grau de investimento e dívida pública antes da pandemia próximas a 25% do PIB, com muita margem de manobra”, escreveu a Verde.

Como resultado, o Brasil sairá de um déficit primário de R$ 62 bilhões em 2019 para mais de R$ 800 bilhões, nos cálculos da gestora. Nas condições atuais, ou seja, sem a criação de um novo programa social, como o Renda Cidadã, e assumindo que o governo manterá o teto de gastos, o país só voltará a ter as contas no azul em 2025.

“Não é por capricho, portanto, que as reações dos preços de ativos, câmbio, juros e bolsa, são extremamente fortes quando o governo dá mostras de querer abandonar a única âncora que segura toda a sustentabilidade da dívida, que é o Teto de Gastos.”

Para a gestora, o espaço para um novo programa de combate à pobreza deveria ser criado dentro do teto, sem “malabarismos ou pedaladas”, cortando gastos ineficientes e usando melhor os recursos da já elevada carga tributária brasileira.

Na avaliação da Verde, a poupança formada pelas famílias com os recursos do auxílio emergencial deve servir de “amortecedor” para o fim do programa em dezembro, especialmente se houver confiança na solidez da economia e das contas públicas.

Desempenho

Em setembro, o Verde registrou um retorno negativo de 1,22%. O fundo teve ganho nas posições em ações no exterior, mas perdeu com a queda da bolsa brasileira, além de pequenas contribuições negativas em moedas e renda fixa. No ano, o Verde acumula perda de 1,47%, contra uma variação de 2,29% do CDI, o indicador de referência. Leia a íntegra da carta do Verde.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Realização brusca?

Com uma alta de mais de 800% no ano, ações da Fertilizantes Heringer recuam 40% em um único dia

A companhia, que se encontra em recuperação judicial, já subiu mais de 800% só neste ano

Oscar do jornalismo

Victor Aguiar, repórter do Seu Dinheiro, é indicado ao prêmio Comunique-se; saiba como votar

O repórter Victor Aguiar, do Seu Dinheiro, é um dos dez indicados na categoria “Economia- mídia escrita” do prêmio Comunique-se

Nova rodada

Auxílio emergencial será prorrogado por mais três meses, afirma Guedes

O benefício será estendido até outubro nos mesmos valores atuais, com parcelas de R$ 150 a R$ 375 que contemplam cerca de 39 milhões de brasileiros

MERCADOS HOJE

De olho na vacinação, Ibovespa reduz alta e perde os 130 mil pontos, mas dólar segue em queda de 1%

Aceleração da vacinação é bem recebida pelo mercado, que aposta em uma recuperação econômica mais robusta

Ajudanda externa

Banco Centroamericano de Integração Econômica irá ajudar El Salvador a implementar bitcoin

Em entrevista coletiva, Mossi acrescentou que o banco também trabalhará com o ministério das finanças e o banco central de El Salvador para selecionar uma equipe para trabalhar na implementação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies