Menu
2020-03-30T20:31:38-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Comprando na chuva

Howard Marks, “guru” de Warren Buffett, diz por que saiu às compras no meio do pânico nos mercados

O dinheiro grande em investimentos vem quando você faz coisas que as outras pessoas estão com medo de fazer, o que inclui investir em períodos de estresse, disse o lendário gestor

30 de março de 2020
20:30 - atualizado às 20:31
Howard Marks, fundador e copresidente do conselho da Oaktree
Howard Marks, fundador e copresidente do conselho da Oaktree - Imagem: Oaktree Capital / Reprodução Youtube

Assim como boa parte da população mundial, o lendário investidor Howard Marks está recolhido em casa nas últimas semanas. O que não o impediu de sair às compras de ativos no mercado no meio do choque global provocado pela disseminação do coronavírus.

O gestor da Oaktree Capital, uma das referências para o lendário investidor Warren Buffett, disse que as compras se concentraram nas primeiras semanas de março, justamente quando se concentrou a queda no valor dos ativos.

“Quanto mais baixo [o preço], mais agressivos compramos”, afirmou Marks, que participou de uma transmissão na internet promovida pela XP Investimentos.

Os investimentos de Marks no olho do furacão da crise aconteceram principalmente nos mercados de crédito, que sofreram com o temor de um calote das empresas emissoras.

Questionado sobre os setores nos quais investiu, ele mencionou o de petróleo, um dos mais atingidos, tanto pelo choque do coronavírus como pela disputa envolvendo Arábia Saudita e Rússia que derrubou as cotações da commodity.

“As pessoas querem ficar fora desse setor porque ninguém sabe a perspectiva para o petróleo, o que é compreensível. Mas trata-se de uma barganha para pessoas como nós.”

O gestor afirmou que desde 1988 passou por três grandes crises – em 1991, 2001 e 2008 – e em todos os períodos obteve retornos de dois dígitos altos.

Isso não significa que ele esteja otimista com uma reversão da crise no curto prazo “Há muita dor esperando para acontecer”, disse ao citar as grandes perdas esperadas tanto na economia como nas empresas listadas na bolsa norte-americana.

Por outro lado, considera que o momento é o ideal para investir, fazendo, é claro, uma boa seleção.

“O dinheiro grande em investimentos vem quando você faz coisas que as outras pessoas estão com medo de fazer, o que inclui investir em períodos de estresse.” – Howard Marks, Oaktree Capital

Economia em coma

Marks comparou o atual estado da economia ao de um paciente que é colocado propositalmente em coma para suportar o tratamento de uma doença.

“Para parar o contágio do coronavírus, dissemos para as pessoas ficarem em casa e, com isso, não participar da economia. Enquanto isso, o Fed [BC dos EUA] e o Tesouro dão suporte para manter a economia viva enquanto ela estiver no coma.”

Confira a íntegra da transmissão que aconteceu na noite desta segunda-feira.

*Conteúdo em atualização

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

perspectivas para o país

‘É preciso formar profissionais com espírito empreendedor’, diz fundador da Embraer

Ozires Silva diz que a Embraer tem capacidade para se manter competitiva mesmo diante de um cenário adverso que reúne a pandemia da covid-19 e a frustração com o fim do acordo com a Boeing

entrevista

‘Acredito que ainda vale a pena investir no Brasil’, diz presidente da General Motors na AL

Em entrevista, Carlos Zarlenga afirma que o tamanho do mercado brasileiro ainda é atrativo para investimentos no setor

Prévia operacional

Vendas de incorporação da JHSF crescem 228,5% em 2020; prévias fortes impulsionam ações

Segmento de incorporação teve vendas contratadas de R$ 1,2 bilhão em 2020; ações da companhia reagem positivamente

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Exile on Wall Street

Comece (e termine) pelos porquês

Não pude deixar de notar o paradoxo — possível e brilhantemente proposital — que há nas escolhas da Pixar.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies