Menu
2019-04-05T10:40:55-03:00
Estadão Conteúdo
Medidas da mineradora

Após Brumadinho, Vale envia comunicado aos funcionários para preservar documentos e e-mails

Companhia disse que iniciou na segunda-feira a primeira fase de uma sindicância interna para apurar as causas do acidente

29 de janeiro de 2019
14:43 - atualizado às 10:40

A Vale divulgou no início da tarde desta terça-feira, 29, um vídeo no qual o consultor geral e diretor jurídico da empresa, Alexandre D'Ambrosio, comenta algumas medidas tomadas no âmbito do acidente em Brumadinho (MG), onde na última sexta-feira uma barragem da Mina do Córrego do Feijão se rompeu.

"Uma das primeiras providências que tomei após o rompimento foi o envio de comunicação a todos os empregados no Brasil determinando que sejam preservados todo os e-mails, documentos e arquivos de qualquer espécie", afirmou o diretor.

Em nota à imprensa, a Vale informa que a equipe jurídica iniciou na segunda-feira, 28, em Brumadinho a primeira fase de uma sindicância interna para apurar as causas do acidente, e que os resultados preliminares "foram compartilhados hoje com as autoridades federais e estaduais que estão acompanhando o caso."

D'Ambrosio reitera que "a Vale é a maior interessada no esclarecimento das causas do rompimento da barragem". Ele conta que antes mesmo da expedição de mandados judiciais, esteve pessoalmente em reunião com os Ministérios Públicos Federal e Estadual em Minas Gerais para reafirmar o compromisso com a apuração dos fatos. Ainda conforme o relato do diretor jurídico, durante a busca e apreensão de documentos hoje na mina de Águas Claras, "a autoridade policial solicitou que a empresa permitisse a extensão da diligência à outra mina, a de Mutuca", e que a empresa prontamente concordou, "embora o pedido nem constasse da ordem judicial".

Ao final, diz que a prioridade pessoal, assim como dos demais integrantes da diretoria da Vale, "é fazer tudo o que for possível para atenuar o sofrimento das vítimas e de seus familiares".

A Defesa Civil de Minas Gerais atualizou os números de vítimas do desastre de Brumadinho, há pouco. Até o momento são 65 mortes confirmadas, 288 pessoas desaparecidas e 390 pessoas localizadas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

PESSIMISMO

Risco fiscal impede Brasil de aproveitar bom momento dos mercados globais

Rogério Xavier, da SPX Capital, e Carlos Woelz, da Kapitalo Investimentos, criticam duramente falta de interesse em controlar contas públicas

Substituição barrada

Investidores de debêntures da Rodovias do Tietê rejeitam venda da empresa para Latache

Venda para fundo foi rejeitada pelos debenturistas da concessionária, que possui pelo menos R$ 1,5 bilhão em dívidas, a maior parte na mão de pequenos investidores

Termômetro da crise

Pedidos de auxílio-desemprego sobem 30 mil na semana nos EUA, a 778 mil

O total de pedidos da semana anterior foi ligeiramente revisado para cima, de 742 mil para 748 mil.

Número se manteve

PIB dos EUA sobe à taxa anualizada de 33,1% na 2ª leitura do 3º tri

A próxima leitura do BEA sobre o PIB americano será divulgada em 22 de dezembro, às 10h30 (de Brasília).

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies