Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-05T10:40:55-03:00
Estadão Conteúdo
Medidas da mineradora

Após Brumadinho, Vale envia comunicado aos funcionários para preservar documentos e e-mails

Companhia disse que iniciou na segunda-feira a primeira fase de uma sindicância interna para apurar as causas do acidente

29 de janeiro de 2019
14:43 - atualizado às 10:40

A Vale divulgou no início da tarde desta terça-feira, 29, um vídeo no qual o consultor geral e diretor jurídico da empresa, Alexandre D'Ambrosio, comenta algumas medidas tomadas no âmbito do acidente em Brumadinho (MG), onde na última sexta-feira uma barragem da Mina do Córrego do Feijão se rompeu.

"Uma das primeiras providências que tomei após o rompimento foi o envio de comunicação a todos os empregados no Brasil determinando que sejam preservados todo os e-mails, documentos e arquivos de qualquer espécie", afirmou o diretor.

Em nota à imprensa, a Vale informa que a equipe jurídica iniciou na segunda-feira, 28, em Brumadinho a primeira fase de uma sindicância interna para apurar as causas do acidente, e que os resultados preliminares "foram compartilhados hoje com as autoridades federais e estaduais que estão acompanhando o caso."

D'Ambrosio reitera que "a Vale é a maior interessada no esclarecimento das causas do rompimento da barragem". Ele conta que antes mesmo da expedição de mandados judiciais, esteve pessoalmente em reunião com os Ministérios Públicos Federal e Estadual em Minas Gerais para reafirmar o compromisso com a apuração dos fatos. Ainda conforme o relato do diretor jurídico, durante a busca e apreensão de documentos hoje na mina de Águas Claras, "a autoridade policial solicitou que a empresa permitisse a extensão da diligência à outra mina, a de Mutuca", e que a empresa prontamente concordou, "embora o pedido nem constasse da ordem judicial".

Ao final, diz que a prioridade pessoal, assim como dos demais integrantes da diretoria da Vale, "é fazer tudo o que for possível para atenuar o sofrimento das vítimas e de seus familiares".

A Defesa Civil de Minas Gerais atualizou os números de vítimas do desastre de Brumadinho, há pouco. Até o momento são 65 mortes confirmadas, 288 pessoas desaparecidas e 390 pessoas localizadas.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

XP anuncia investimento na edtech Resilia

A Resilia é uma edtech que combina tecnologias que potencializam o aprendizado individualizado e em comunidade com um método de ensino que capacita potenciais talentos de uma forma mais rápida para o mercado digital

Análise

Investir em ações de banco ainda é uma boa? Veja 3 motivos que deixam a XP Investimentos cautelosa

Se no ano passado a postura era otimista, agora os analistas do setor financeiro da XP estão mais cautelosos, já que o cenário é de preços elevados dos ativos e uma concorrência e intervenções regulatórias preocupantes.

REFORMA TRIBUTÁRIA

PIB pode crescer 1,6% com redução de IR para empresas, indica estudo

O cálculo de 20% teve como base comportamento das empresas depois de um dos maiores aumentos na alíquota do imposto sobre dividendos no mundo – na França, em 2013, de 15,5% para 46%

ESG

‘Equidade racial se tornou prioridade dentro da Vivo’, diz presidente

Dentro da extensa agenda ESG, que concentra ações ambientais, sociais e de governança, a Vivo aposta na equidade racial

Clube do livro

Das tulipas ao bitcoin: conheça a história das crises financeiras de uma forma irreverente

O maior trunfo de “Crash”, de Alexandre Versignassi, é nos guiar pela história da economia mundial e brasileira traçando paralelos entre o passado e o presente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies