Menu
2019-11-06T15:47:55-03:00
AVIAÇÃO

Crise do 737 Max faz Boeing perder posto de maior fabricante de aviões para Airbus

No primeiro semestre, a Boeing entregou 239 aeronaves, uma queda de 37% sobre o ano anterior. Já a Airbus entregou 389 unidades, 28% mais.

9 de julho de 2019
15:09 - atualizado às 15:47
Boeing 737 Max no estacionamento da fábrica
Boeing 737 Max no estacionamento da fábrica - Imagem: Reprodução/Youtube

Os problemas com o avião 737 Max levaram a Boeing a perder o posto de maior fabricante de aviões do mundo para a Airbus. A companhia americana entregou 239 aeronaves no primeiro semestre deste ano, uma queda de 37% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a concorrente francesa entregou 389 unidades, alta de 28% no período.

A quantidade de entregas é um dos principais indicadores da saúde de um negócio para uma fabricante de aviões. É quando ela recebe a maior parte do pagamento dos clientes que compraram o avião.

A Boeing vem enfrentando uma crise após um acidente em março com um avião 737 Max da Ethiopian Airlines, que deixou todos a bordo mortos. O incidente ocorreu meses após um avião do mesmo modelo cair na Indonésia. Trata-se de um modelo novo da Boeing e a sua principal aposta para a aviação comercial na próxima década.

Desde então, os clientes suspenderam as encomendas de novas aeronaves e não estão mais recebendo o avião. Isso levou a Boeing a lotar seus hangares de aviões desse modelo, enquanto trabalha para provar aos clientes e às autoridades do setor aéreo em várias partes do mundo que a aeronave é segura.

No primeiro semestre, a Boeing recebeu 108 encomendas, sendo 36 delas do 737 Max. No entanto, nenhum pedido foi feito após o acidente da Ethiopian em março. Já a Airbus recebeu 213 novas encomendas no mesmo período.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

pandemia no país

Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, foram registrados 858 óbitos pela covid-19, totalizando 135.793 mortes

seu dinheiro na sua noite

A bolsa consegue se sustentar sem anabolizante?

O canadense Ben Johnson assombrou o mundo ao cruzar a linha de chegada dos 100 metros rasos com a marca de 9 segundos e 79 centésimos nas Olimpíadas de 1988, recorde mundial. A consagração durou pouco. Dias depois ele foi pego no exame antidoping e perdeu a medalha de ouro conquistada nos Jogos de Seul. […]

dinheiro para o acionista

EDP Brasil paga R$ 353,5 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio em 23 de setembro

Do total, R$ 236 milhões serão pagos na forma de juros sobre capital próprio e R$ 117,5 milhões em dividendos

follow-on na área

Oferta de ações da Suzano detidas pelo BNDESPar pode movimentar R$ 6,1 bi sem lote adicional

Data estimada da oferta é para 2 de outubro. A princípio, serão oferecidos 125,18 milhões de papéis da Suzano; lote adicional pode levar valor a R$ 7,4 bilhões

lista da forbes

Bilionário Joseph Safra desbanca Lemann em ranking dos mais ricos

Pódio dos bilionários brasileiros é completado por Eduardo Saveri, cofundador do Facebook, com fortuna estimada em R$ 68 bilhões; veja lista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements