Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-11-06T15:47:55-03:00
Marina Gazzoni
Marina Gazzoni
CEO do Seu Dinheiro. É CFP® (Certified Financial Planner). Tem graduação em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e MBA em Informação Econômico-Financeira e Mercado de Capitais no Instituto Educacional BM&FBovespa. Foi Diretora de Conteúdo e editora-chefe do Seu Dinheiro, editora de Economia do G1 e repórter de O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo e do portal IG.
AVIAÇÃO

Crise do 737 Max faz Boeing perder posto de maior fabricante de aviões para Airbus

No primeiro semestre, a Boeing entregou 239 aeronaves, uma queda de 37% sobre o ano anterior. Já a Airbus entregou 389 unidades, 28% mais.

9 de julho de 2019
15:09 - atualizado às 15:47
Boeing 737 Max no estacionamento da fábrica
Boeing 737 Max no estacionamento da fábrica - Imagem: Reprodução/Youtube

Os problemas com o avião 737 Max levaram a Boeing a perder o posto de maior fabricante de aviões do mundo para a Airbus. A companhia americana entregou 239 aeronaves no primeiro semestre deste ano, uma queda de 37% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a concorrente francesa entregou 389 unidades, alta de 28% no período.

A quantidade de entregas é um dos principais indicadores da saúde de um negócio para uma fabricante de aviões. É quando ela recebe a maior parte do pagamento dos clientes que compraram o avião.

A Boeing vem enfrentando uma crise após um acidente em março com um avião 737 Max da Ethiopian Airlines, que deixou todos a bordo mortos. O incidente ocorreu meses após um avião do mesmo modelo cair na Indonésia. Trata-se de um modelo novo da Boeing e a sua principal aposta para a aviação comercial na próxima década.

Desde então, os clientes suspenderam as encomendas de novas aeronaves e não estão mais recebendo o avião. Isso levou a Boeing a lotar seus hangares de aviões desse modelo, enquanto trabalha para provar aos clientes e às autoridades do setor aéreo em várias partes do mundo que a aeronave é segura.

No primeiro semestre, a Boeing recebeu 108 encomendas, sendo 36 delas do 737 Max. No entanto, nenhum pedido foi feito após o acidente da Ethiopian em março. Já a Airbus recebeu 213 novas encomendas no mesmo período.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

De volta ao jogo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 6,25%

Renda fixa “voltou ao jogo”, mas ainda não dá para ficar rico. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

entrevista

BC briga para recuperar a credibilidade e poderia ter acelerado alta da Selic, diz economista-chefe da gestora Garde

Para Daniel Weeks, BC passou mais tempo do que o necessário com a sinalização de que manteria taxa de juros muito baixas; ele avalia que aumento poderia ter sido de 1,25 ponto e que discussão sobre fim do ciclo de ajustes ainda não acabou

Seu Dinheiro na sua noite

Seguindo a rota planejada

Decisão da Selic pelo Copom, juros nos Estados Unidos, dólar em alta e muitas outras notícias que mexeram com o mercado hoje

Vai mudar

Ultrapar (UGPA3): Marcos Lutz, ex-presidente da Cosan, assumirá como CEO em janeiro de 2022

Lutz já era membro do conselho de administração da Ultrapar (UGPA3) e, após o período como CEO, deve virar presidente do colegiado

Bota para subir

Após nova alta da Selic, FMI apoia aperto monetário adotado pelo Banco Central para combater inflação

Os diretores do órgão também aprovam o compromisso do BC intervenções limitadas para conter condições desordenadas de mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies