Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-05T14:22:18-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Por queda na demanda

Airbus deixará de produzir A380 superjumbo, o maior avião de passageiros do mundo

Recuo da Emirates, que diminuiu recentemente seus pedidos de aeronaves desse modelo acabaram inviabilizando financeiramente a produção, segundo a companhia

14 de fevereiro de 2019
9:52 - atualizado às 14:22
A380 Superjumbo, da Airbus, decola
A380 Superjumbo - Imagem: Shutterstock

A Airbus anunciou nesta quinta-feira, 14, que não irá mais produzir aeronaves A380 superjumbo, considerado o maior avião de passageiros do mundo.

Segundo a companhia, o corte na produção está previsto para 2021 e se dará por falta de demanda.

A queda na demanda da aeronave por parte da Emirates Airlines, que reduziu os pedidos de 162 para 123 mas ainda possui a maior frota desses aviões no mundo, acabou inviabilizado a produção financeiramente.

Em nota, o presidente da Aribus Commercial Aircraft e futuro CEO da companhia, Guillaume Faury, disse que o A380 "é o avião principal da Emirates e contribuiu para o sucesso da aérea por mais de 10 anos" e que "por mais que lamentamos a decisão da empresa, selecionar o A330neo e o A350 para seu crescimento futuro é um ótimo apoio para a nossa competitiva família de aviões de grande porte".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Balanço do mês

Bitcoin, ouro e dólar se recuperam em julho, enquanto bolsa é um dos piores investimentos do mês

Fundos imobiliários também se saíram bem, depois que tributação dos seus rendimentos foi retirada da reforma do imposto de renda

próximos anos

Eletrobras aprova em conselho plano de negócios com desinvestimentos de R$ 41 milhões

Entre as medidas previstas está a avaliação de oportunidades para efetuar a gestão dos passivos provenientes de dívidas do Sistema Eletrobras

temporada de resultados

Lucro da Alpargatas, dona da marca Havaianas, cresce 228,7%, R$ 111 milhões

Receita líquida da companhia saltou 71,4% sobre igual intervalo de 2020, para R$ 1,095 bilhão, ao mesmo tempo em que os volumes registraram crescimento de 57%

seu dinheiro na sua noite

As corridas da bolsa e do dólar — e a frustração dos investidores na linha de chegada de julho

Nove em cada dez operadores do mercado financeiro juram, de pés juntos, que o último pregão do mês costuma ser positivo. Ora essas, é a data limite para o fechamento das lâminas de desempenho mensal dos fundos e das carteiras de investimento — e é claro que todo mundo quer estampar o melhor resultado possível. […]

decisão temporária

CVM suspende oferta de recebíveis que financiaria cooperativas do MST

Decisão da autarquia vale por 30 dias; CVM diz que a oferta não apresenta informações consideradas essenciais para os investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies