Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-23T14:50:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
avaliação

Liberação do FGTS é importante, mas retomada de empregos é urgente, diz presidente do Santander Brasil

Como medidas que podem estimular a volta do emprego no País, Sergio Rial cita a reforma tributária e uma “boa execução” da reforma trabalhista

23 de julho de 2019
14:50
Sergio Rial, presidente do banco Santander, na sede do Banco em São Paulo
Sergio Rial, presidente do banco Santander, na sede do Banco em São Paulo - Imagem: Murillo Constantino/Seu Dinheiro

O presidente do Santander Brasil, Sergio Rial, disse não saber avaliar se a liberação dos recursos das contas ativas e inativas do FGTS, ainda que limitada a R$ 500, é um passo urgente para que a atividade econômica do País volte a crescer em um ritmo mais intenso - mas disse que a decisão é importante.

"Urgente é a reativação de empregos. Continuamos com número muito grande de desempregados no Brasil", avaliou ele, em coletiva de imprensa para comentar os resultados do banco no segundo trimestre, divulgados na manhã desta terça-feira, 23.

Questionado sobre se é favor da redução da multa do FGTS, conforme cogitado pelo governo de Jair Bolsonaro, ele não quis comentar. Como medidas que podem estimular a volta do emprego no País, o presidente do Santander Brasil cita a reforma tributária e uma "boa execução" da reforma trabalhista, que ainda não foi feita.

"Precisamos de tudo que tem a ver com a questão de aliviar a forma de poder contratar e criar incentivos corretos para a geração de empregos no Brasil", disse Rial.

O executivo destacou ainda que equilíbrio fiscal, inflação baixa e juros estáveis e em tendência de declínio formam um "cenário importante" para o País. Rial celebrou ainda o acordo comercial com o Mercosul após o tema se arrastar por 20 anos. O banco, por sua presença na Europa, conforme ele, quer ser indutor e facilitador dessa integração que acontecerá, principalmente, para a pequena e média empresa e não nas grandes companhias, que têm alternativas.

Otimismo construtivo 

Sergio Rial também disse que o Brasil sai com um "otimismo construtivo" após a aprovação a reforma da Previdência no primeiro turno da Câmara e que o investimento virá a seguir.

"O Brasil sai fortalecido e mais crente da sua capacidade. O investimento vem a seguir. A aprovação da reforma da Previdência é o primeiro passo forte para responsabilidade fiscal. Sem ela, é difícil falar de juro, câmbio. Com a reforma da Previdência, fica tudo mais fácil", avaliou o executivo.

Questionado sobre o papel do Congresso Nacional na aprovação da reforma da Previdência, Rial disse que não cabe a ele fazer esse tipo de análise como presidente de uma empresa privada.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

NOVA DEBANDADA?

Mais um técnico da área de Orçamento da Economia deixa cargo e expõe novo desgaste na equipe de Paulo Guedes

O movimento de saída é comum no último ano de governo, mas agora tem ocorrido mais cedo, ainda no primeiro mês de 2022

BARRADAS NO BAILE

Madero e ISH Tech cancelam planos de IPO, elevando para 12 número de desistências na B3 neste ano; veja o que atrapalha as ofertas

E esse número pode crescer ainda mais, pois a Corsan também deve adiar sua oferta em breve. Por enquanto, restam 20 candidatas à estreia na B3

OPERAÇÃO COMPLEXA

Superintendência do Cade dá sinal verde para compra do Big pelo Carrefour, mas prescreve remédios para evitar concentração; entenda

O órgão prevê medidas estruturais e comportamentais para mitigar os problemas concorrenciais identificados durante a análise da operação

Mercados Hoje

Ibovespa tenta se manter em alta em dia negativo em NY e de grande cautela com expectativa em relação ao Fed

Dia é bastante negativo em Wall Street e especialmente na Europa, com temor de invasão da Rússia à Ucrânia e reunião do Fed na quarta-feira

Novo serviço

Saiba se você tem algum dinheiro ‘esquecido’ para receber do banco

O Banco Central disponibilizou serviço para que cidadãos e empresas consultem se têm saldos “esquecidos” em bancos ou valores a receber de devoluções ou cobranças indevidas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies