Menu
2019-04-03T09:41:12-03:00
Estadão Conteúdo
Com acordo de leniência

JBS pode ter de pagar R$ 2 bilhões ao BNDES

Grupo J&F assinou um acordo de leniência com a Procuradoria da República em Brasília; pelo pacto, empresa se comprometeu a pagar R$ 1,7 bilhão, mas negou ter corrompido funcionários e sido beneficiada em decisões

19 de fevereiro de 2019
6:44 - atualizado às 9:41
JBS
Imagem: shutterstock

O procurador Ivan Marx, do Ministério Público Federal (MPF) em Brasília, trabalha na denúncia criminal contra alvos da operação Bullish e mapeou dano superior a R$ 2 bilhões causados pela gigante dos alimentos JBS ao Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES).

Deflagrada em maio de 2017, a Bullish mirou supostas irregularidades em aportes de mais de R$ 8 bilhões do banco público na empresa do grupo J&F, cujos principais acionistas são os irmãos Wesley e Joesley Batista.

A informação foi antecipada pelo jornal O Globo e confirmada pelo Estado.

O grupo J&F assinou um acordo de leniência com a Procuradoria da República em Brasília. Pelo pacto, a empresa teria se comprometido a pagar R$ 1,7 bilhão, mas negou ter corrompido funcionários e sido beneficiada em decisões. O acordo está sendo renegociado e os procuradores envolvidos aguardam o Supremo Tribunal Federal decidir se irá rescindir os acordos de colaboração dos executivos.

Outro lado

Procurada, a JBS disse que os investimentos do BNDES na empresa “seguiram estritamente a legislação” e que o próprio banco afirma que seu resultado líquido com a companhia foi “positivo e altamente lucrativo”. A J&F afirmou que já apresentou esses fatos em suas colaborações com a Justiça

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Oferta secundária à vista?

BNDES vai esperar o ‘melhor momento’ para vender ações da Copel

A BNDESPar, empresa de participações do banco, pretende se desfazer da fatia de 24% que possui das ações Copel

Mais uma para a lista

Mesmo com apoio de grandes investidores, Dotz interrompe processo de IPO

A empresa, que pretendia movimentar R$ 1,1 bilhão com a oferta, citou a atual condição do mercado de capitais brasileiro como o motivo por trás da desistência

Assunto do momento

5 pontos para entender a inflação americana – e o que isso tem a ver com o seu bolso

Só se fala em inflação em disparada nos Estados Unidos. Mas você sabe o que isso realmente significa?

Com ajuda da venda de ações

Lucro do BNDES cresce 78% e atinge R$ 9,8 bilhões no 1º trimestre

O Banco aproveitou o período próspero para antecipar um pagamento de R$ 38 bilhões e reduzir em 21% sua dívida com a União

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies