Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-02-05T12:02:08-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Bancos

Bolsa cairá muito em caso de frustração com reforma da Previdência, diz Itaú

Frustração será maior porque, nos preços das ações hoje, já está embutida uma possibilidade de 70% a 75% de aprovação, afirmou o presidente do banco, Candido Bracher

5 de fevereiro de 2019
11:04 - atualizado às 12:02
Agência do banco Itaú
Imagem: Divulgação

A aprovação da reforma da Previdência levará o Ibovespa a ultrapassar o patamar de 100 mil pontos. Mas caso haja uma frustração dessa expectativa, a bolsa cairá muito, até mais do que o potencial de alta no caso de aprovação. A afirmação é do presidente do Itaú Unibanco, Candido Bracher.

Eu estive hoje na sede do banco, onde Bracher concedeu uma entrevista coletiva para comentar os resultados do banco, divulgados na noite de ontem.

Reforma está no preço

O presidente do Itaú disse que a frustração com uma eventual não aprovação da reforma será maior porque, nos preços das ações hoje, já está embutida uma possibilidade de 70% a 75% de que o projeto a ser encaminhado pelo governo Bolsonaro passe no Congresso.

"Estamos diante de uma situação binária no Brasil sobre aprovar ou não a reforma da Previdência", afirmou aos jornalistas.

Caso o projeto que passe no Congresso consiga no mínimo o benefício esperado pelo projeto encaminhado pelo governo Temer, o Brasil poderá ter anos de crescimento sustentável, segundo Bracher.

Embora tenha evitado fazer comentários sobre a minuta do projeto de reforma divulgado ontem pela imprensa, o presidente do Itaú disse que a "dimensão" da minuta parece muito boa.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Estável, mas...

O que mexe com o preço do bitcoin (BTC) hoje: criptomoedas sentem cautela, mas China pode ajudar mercado após caso Evergrande; entenda

A decisão sobre retirada de estímulos da economia pode afetar as criptomoedas, mas o dinheiro pode vir da China, com o caso Evergrande

Destaques da bolsa

Siderúrgicas e mineradoras puxam alta da bolsa e sobem forte após disparada de 16% no minério de ferro; confira

Depois de cair 8% no início da semana, o minério de ferro disparou no porto de Qingdao, na China e mexeu com as ações do setor na bolsa

Economia chinesa

Em meio a alta nos preços de commodities e a disseminação do coronavírus, Conselho de Estado da China diz que vai garantir estabilidade da economia

Gabinete do governo chinês também prometeu fortalecer a coordenação entre as políticas fiscal, financeira e de emprego

A RECOMENDAÇÃO AGORA É NEUTRA

Não é duplo, mas é dose: Depois do UBS, agora é a vez do BofA rebaixar a recomendação para a Vale (VALE3)

Reavaliação do BofA leva em consideração a desaceleração econômica na China e a queda na cotação do minério de ferro nos mercados internacionais

Exile on Wall Street

As 6 dicas para todo “motorista-investidor”; entenda como desfrutar desta viagem

Um problema frequentemente apresentado pelos professores de física para explicar a velocidade relativa e a importância da definição de um ponto de referência é ilustrado pelo movimento de dois carros em uma estrada. A partir da definição de premissas de velocidade e sentido dos carros, é perguntada qual a velocidade do carro A ou B. […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies