Menu
2019-11-29T14:08:08-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de olho no futuro

Gol cria nova unidade de negócios e prevê faturamento de R$ 140 milhões

Com a Aerotech, o Centro de Manutenção de Aeronaves, em Confins, Minas Gerais, passa a oferecer seus serviços para outras empresas

29 de novembro de 2019
14:08
GOL
Imagem: Divulgação

A Gol anunciou nesta sexta-feira, 29, uma nova unidade de negócios, especializada em manutenção, reparos, revisões de aeronaves e componentes: a Gol Aerotech. A previsão da companhia aérea é de faturamento de R$ 140 milhões para o primeiro ano de operação (2020) da nova unidade.

Por volta das 14h, as ações PN da companhia aérea passavam por leve baixa, de 0,06% nesta sexta-feira (29), sendo negociadas a R$ 34,42. No ano, a valorização dos ativos da Gol é da ordem de 48%. Acompanhe nossa cobertura de mercados. 

Com a Aerotech, o Centro de Manutenção de Aeronaves (CMA), localizado em Confins, Minas Gerais, passa a oferecer seus serviços para outras empresas. Inaugurado em 2006, informa, o CMA tem mais de 145 mil metros quadrados de extensão e conta com três hangares, sendo dois para manutenção e um dedicado à pintura, além de seis oficinas, capazes de realizar reparos e revisão de rodas, freios e estruturas metálicas, além de inspeção de motores e outros. Capital Group e Dubai Aerospace já constam da carteira de clientes.

"Antes de oferecer e negociar os serviços para outras empresas, nos preparamos com as diversas manutenções realizadas nas próprias aeronaves da GOL, amadurecemos e aprimoramos vários processos e todos os quesitos necessários para que a GOL Aerotech atenda com excelência os seus Clientes", destaca em nota, Celso Ferrer, vice-presidente de Operações da Gol.

Segundo a companhia, a Gol Aerotech está habilitada para realizar serviços de manutenção para empresas e companhias aéreas que possuam aeronaves da família Boeing 737 Next Generation, 737 Classic, 737 MAX e Boeing 767. A unidade é certificada pelos órgãos reguladores nacionais e internacionais Agência Nacional de Aviação Civil (Anac); Administração Federal de Aviação (FAA) e Agência Europeia para a Segurança da Aviação (Easa).

Com capacidade para atender, em média, 80 aeronaves por ano, a Gol Aerotech tem cerca de 760 colaboradores, entre engenheiros e técnicos, que serão responsáveis por toda a manutenção. "Estima-se que cerca de 500 aviões da família Boeing 737 circulem por toda a América Latina atualmente, e esse total só deve aumentar nos próximos anos", afirma a empresa.

Desde o início, o CMA já realizou mais de 81 mil reparos em rodas e 13 mil freios; fez 156 pinturas de aeronaves; reformou 12 mil assentos e cerca de 6 mil janelas foram polidas manualmente.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Fechou bem o ano

Petrobras tem lucro de quase R$ 60 bi no 4º trimestre e anuncia R$ 10 bi em dividendos

Alta extraordinária de 635% no lucro teve influência de itens não recorrentes de peso, mas mesmo o lucro recorrente totalizou R$ 28 bilhões, alta de 120% na comparação anual; em 2020, estatal lucrou R$ 7,1 bilhões, queda de 82% em relação a 2019

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Quanto vale a Eletrobras privatizada

Ontem à noite, o governo federal entregou ao Congresso a Medida Provisória que possibilita a privatização da Eletrobras e de quase todas as suas subsidiárias. O procedimento será feito por meio de uma capitalização que vai diluir a participação da União, que apenas manterá uma ação com poderes especiais de veto, a chamada golden share. […]

FECHAMENTO

Eletrobras dá susto na reta final, mas Ibovespa segue se recuperando do tombo recente; dólar recua

Estatais seguem se recuperando do tombo recente e a bolsa brasileira também conta com uma ajudinha do exterior

De volta ao topo

País volta a ser maior mercado de caminhão da Mercedes, que reafirma investimento

O volume supera os 24,5 mil caminhões vendidos na Alemanha, que caiu para a segunda posição no ranking de mercados globais da montadora.

Retomada

Faturamento da indústria de máquinas sobe 38,5% em janeiro em comparação anual

A expectativa é de que as vendas internas continuem positivas.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies