⚽️ Jogos das quartas-de-final começam a se desenhar; confira os dias da próxima fase

Cotações por TradingView
2019-10-21T17:08:44-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Dinheiro na mão mais cedo

Caixa antecipa saque imediato do FGTS. Tudo será pago em 2019

Calendário de saque para não correntistas que iria até março de 2020 foi antecipado. Assim, todo impacto da liberação, estimada em R$ 40 bilhões, acontecerá em 2019

21 de outubro de 2019
15:55 - atualizado às 17:08
FGTS
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A Caixa Econômica Federal, anunciou uma antecipação no cronograma de saques imediatos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os não correntistas.

O plano agora é fazer todo o pagamento até dezembro de 2019. No cronograma original, os saques, divididos pelo mês de aniversário, aconteceriam até o começo de março de 2020. Na sexta-feira, dia 18 teve início o saque para os nascidos em janeiro. Os correntistas do banco já foram atendidos, totalizando 37,3 milhões de trabalhadores, e cerca de R$ 15,4 bilhões.

Cada trabalhador poderá sacar até R$ 500 por conta. Quem tiver mais de uma conta do FGTS pode sacar até R$ 500 em cada. Veja nessa matéria aqui como consultar o seu saldo e como ter acesso ao dinheiro. A data limite para recebimento continua sendo 31 de março de 2020. A Caixa não cobrará tarifa se o trabalhador optar por transferir o dinheiro para outras instituições financeiras. Essa tarifa seria de R$ 22.

Com a antecipação dos saques, todos os R$ 40 bilhões gerados pela medida entram em circulação ainda em 2019. A projeção inicial era de R$ 28 bilhões neste ano e outros R$ 12 bilhões em 2020. A antecipação deve ter impacto nas projeções de crescimento para o ano. Nas contas iniciais do governo, o saque do FGTS somado à liberação do PIS/Pasep teria impacto de 0,35 ponto no PIB em 12 meses.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que a medida é muito impactante. "96 milhões de brasileiros poderão até o meio de dezembro, antes do Natal, ter acesso ao seu FGTS".

A decisão pela antecipação, disse o presidente, foi tomada durante o fim de semana, depois de avaliação dos sistemas de operação e atendimento da Caixa.

O grande teste será na sexta, com os nascidos entre fevereiro e março podendo sacar. O maior movimento nas agências acontece nos dois primeiros dias. A previsão é de 8 milhões de pessoas com direito a R$ 3,4 bilhões.

Questionado se a antecipação foi um pedido da equipe econômica, para ajudar no crescimento da economia, Guimarães disse que seu chefe, Paulo Guedes, nem ninguém da equipe realizou esse pedido.

“Há independência total. Sentimos, de maneira clara, que há capacidade de antecipar o pagamento. Em nenhum momento anteciparíamos se houvesse dúvida com relação à capacidade de fazer”, disse.

O presidente também reforçou o apoio da instituição ao mercado de capitais. Guimarães disse na sua posse que gostaria de ver 5 milhões de brasileiros operando no mercado, temos cerca de 1,4 milhão. Na Caixa, disse ele, já foi multiplicada por 6 a base de clientes com acesso ao Home Broker da instituição.

O banco também segue firme nas operações de abertura de capital de subsidiárias. A área de seguros deve ir a mercado no começo de 2020. Também está sendo preparada a abertura de capital da área de loterias.

Amanhã acontece o leilão da Lotex (raspadinha), mas a Caixa não se envolve diretamente, pois essa é uma operação coordenada pela secretaria de Fazenda do Ministério da Economia.

A possibilidade de saque imediato foi anunciada pelo governo em 24 de julho. Também foi anunciada uma nova modalidade de acesso ao FGTS, o saque aniversário (veja os detalhes aqui). Além disso, o governo passou ao distribuir 100% do lucro aos cotistas do fundo.

Emendas Parlamentares

A Caixa também anunciou uma redução no custo dos repasses de emendas parlamentares para municípios. O custo total chegava a 12% do valor da operação e foi reduzido para 4,5%. A redução foi feita com a diminuição no número de etapas burocráticas, que caiu de 187 para 91 pontos a serem acompanhados, são normas de governo, tribunais de contas e outros entes.

A Caixa operacionaliza os repasses de emendas desde 1996. A tarifa era de 2,5% independentemente do valor da emenda. O processo foi revisado em 2018 e os percentuais passaram a vaiar de acordo com os volumes operados. A mudança, segundo Guimarães, leva em consideração o equilíbrio financeiro do banco.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

DE OLHO NAS REDES

Lula pode até tentar, mas não deve conseguir “enquadrar” o Banco do Brasil — para o Goldman Sachs, ele está blindado e suas ações podem subir 40%

6 de dezembro de 2022 - 8:28

O presidente eleito já deixou claro que não está feliz com o lucro do Banco do Brasil, mas é improvável que ele consiga mudara estrutura; entenda

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro acima de 5% com ações da Metalúrgica Gerdau (GOAU4); veja a recomendação

6 de dezembro de 2022 - 8:14

Após o fechamento do último pregão, identifiquei uma oportunidade de compra dos papéis da Metalúrgica Gerdau (GOAU4)

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Alerta de zebra na Copa: Espanha e Portugal em perigo, PEC, Copom e entrevista exclusiva

6 de dezembro de 2022 - 8:07

Possível zebra à parte, investidores estão de olho nas alterações que a PEC da Transição deve sofrer durante seu trâmite-relâmpago pelo Congresso

Entrevista exclusiva

Na ClearSale (CLSA3), um plano para pôr ordem na casa e retomar a confiança do mercado — mas sem descuidar das fraudes

6 de dezembro de 2022 - 7:11

Bernardo Lustosa, CEO da ClearSale, falou com o Seu Dinheiro sobre o atual momento da companhia e a retomada dos principais indicadores financeiros após um período turbulento

MERCADOS AGORA

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais caem com chances de Fed mais agressivo contra inflação; Ibovespa acompanha sessão no Senado sobre a PEC da Transição

6 de dezembro de 2022 - 7:09

RESUMO DO DIA: Após golear a Coreia do Sul e garantir uma vaga nas quatas de final, o Brasil volta seus olhos para outros eventos. Pela manhã, a CCJ do Senado deve analisar o texto da PEC da transição. Ontem (05), o mercado se viu diante de uma possibilidade de gastos no valor de quase […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies