Menu
2019-10-21T17:08:44-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Dinheiro na mão mais cedo

Caixa antecipa saque imediato do FGTS. Tudo será pago em 2019

Calendário de saque para não correntistas que iria até março de 2020 foi antecipado. Assim, todo impacto da liberação, estimada em R$ 40 bilhões, acontecerá em 2019

21 de outubro de 2019
15:55 - atualizado às 17:08
FGTS
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A Caixa Econômica Federal, anunciou uma antecipação no cronograma de saques imediatos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os não correntistas.

O plano agora é fazer todo o pagamento até dezembro de 2019. No cronograma original, os saques, divididos pelo mês de aniversário, aconteceriam até o começo de março de 2020. Na sexta-feira, dia 18 teve início o saque para os nascidos em janeiro. Os correntistas do banco já foram atendidos, totalizando 37,3 milhões de trabalhadores, e cerca de R$ 15,4 bilhões.

Cada trabalhador poderá sacar até R$ 500 por conta. Quem tiver mais de uma conta do FGTS pode sacar até R$ 500 em cada. Veja nessa matéria aqui como consultar o seu saldo e como ter acesso ao dinheiro. A data limite para recebimento continua sendo 31 de março de 2020. A Caixa não cobrará tarifa se o trabalhador optar por transferir o dinheiro para outras instituições financeiras. Essa tarifa seria de R$ 22.

Com a antecipação dos saques, todos os R$ 40 bilhões gerados pela medida entram em circulação ainda em 2019. A projeção inicial era de R$ 28 bilhões neste ano e outros R$ 12 bilhões em 2020. A antecipação deve ter impacto nas projeções de crescimento para o ano. Nas contas iniciais do governo, o saque do FGTS somado à liberação do PIS/Pasep teria impacto de 0,35 ponto no PIB em 12 meses.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que a medida é muito impactante. "96 milhões de brasileiros poderão até o meio de dezembro, antes do Natal, ter acesso ao seu FGTS".

A decisão pela antecipação, disse o presidente, foi tomada durante o fim de semana, depois de avaliação dos sistemas de operação e atendimento da Caixa.

O grande teste será na sexta, com os nascidos entre fevereiro e março podendo sacar. O maior movimento nas agências acontece nos dois primeiros dias. A previsão é de 8 milhões de pessoas com direito a R$ 3,4 bilhões.

Questionado se a antecipação foi um pedido da equipe econômica, para ajudar no crescimento da economia, Guimarães disse que seu chefe, Paulo Guedes, nem ninguém da equipe realizou esse pedido.

“Há independência total. Sentimos, de maneira clara, que há capacidade de antecipar o pagamento. Em nenhum momento anteciparíamos se houvesse dúvida com relação à capacidade de fazer”, disse.

O presidente também reforçou o apoio da instituição ao mercado de capitais. Guimarães disse na sua posse que gostaria de ver 5 milhões de brasileiros operando no mercado, temos cerca de 1,4 milhão. Na Caixa, disse ele, já foi multiplicada por 6 a base de clientes com acesso ao Home Broker da instituição.

O banco também segue firme nas operações de abertura de capital de subsidiárias. A área de seguros deve ir a mercado no começo de 2020. Também está sendo preparada a abertura de capital da área de loterias.

Amanhã acontece o leilão da Lotex (raspadinha), mas a Caixa não se envolve diretamente, pois essa é uma operação coordenada pela secretaria de Fazenda do Ministério da Economia.

A possibilidade de saque imediato foi anunciada pelo governo em 24 de julho. Também foi anunciada uma nova modalidade de acesso ao FGTS, o saque aniversário (veja os detalhes aqui). Além disso, o governo passou ao distribuir 100% do lucro aos cotistas do fundo.

Emendas Parlamentares

A Caixa também anunciou uma redução no custo dos repasses de emendas parlamentares para municípios. O custo total chegava a 12% do valor da operação e foi reduzido para 4,5%. A redução foi feita com a diminuição no número de etapas burocráticas, que caiu de 187 para 91 pontos a serem acompanhados, são normas de governo, tribunais de contas e outros entes.

A Caixa operacionaliza os repasses de emendas desde 1996. A tarifa era de 2,5% independentemente do valor da emenda. O processo foi revisado em 2018 e os percentuais passaram a vaiar de acordo com os volumes operados. A mudança, segundo Guimarães, leva em consideração o equilíbrio financeiro do banco.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

3 passos para sobreviver à crise atual no mercado

Um investidor inteligente com educação financeira se concentra menos no que não pode ser controlado — o preço, por exemplo — e mais no que pode ser controlado, como as taxas de juros fixas e as taxas de retorno.

Acabou a crise?

A maldição de maio não pegou de novo: bolsa foi o melhor investimento do mês, e dólar foi o pior

Pelo segundo ano consecutivo, a máxima “sell in may and go away” não se fez valer. Ativos de risco se saíram bem em maio, mas títulos públicos de longo prazo e o dólar tiveram desempenho negativo

Covid no Brasil

Brasil chega a 465,1 mil casos por coronavírus e 27,8 mil mortes

Do total de casos confirmados, 189.476 pacientes foram recuperados

Agência de telecomunicações

Anatel acata decisão judicial e aprova regra que retira sigilo de ligações

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) regulamentou a questão ontem, 28, em cumprimento a uma decisão da Justiça Federal do Sergipe

seu dinheiro na sua noite

Adam Smith e o PIB da pandemia

A economia funciona desta forma: a produção de bens e serviços só existe em função do consumo. Essa conclusão não é minha, é claro, mas de Adam Smith. Citar o “pai” do liberalismo em um raro momento de consenso sobre a necessidade de maior atuação do Estado para conter os efeitos do coronavírus na economia […]

De novo

CVC adia mais uam vez entrega do balanço do quarto trimestre de 2019

A operadora e agência de viagens CVC informou nesta sexta-feira, 29, que as suas demonstrações financeiras referentes ao exercício de 2019 só devem ser apresentadas até 31 de julho

Auxílio emergencial

Caixa abre mais de 2 mil agências no sábado

Por enquanto, apenas quem recebeu a primeira parcela até 30 de abril e nasceu em janeiro pode sacar o valor

Saldo positivo

Após muita volatilidade, dólar acumula queda de 1,83% em maio; Ibovespa sobe 8,57% no mês

Uma suavização nos fatores de risco domésticos e globais permitiu que o dólar se despressurizasse em maio e levou o Ibovespa de volta aos 87 mil pontos

Presidente da Câmara

Maia rechaça aumento de impostos para suprir queda na receita e defende reformas

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que considera difícil qualquer tipo de aumento na carga tributária para compensar a queda de receita pública por causa da pandemia de covid-19

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements