Menu
2019-10-31T19:19:14-03:00
Estadão Conteúdo
De mãos vazias

Bradespar decide não pagar parcela de remuneração aos acionistas

Empresa continuará avaliando a evolução do seu resultado em 2019 para saber se é viável realizar o pagamento

31 de outubro de 2019
19:19
Notas de real nas mãos de uma pessoa
Imagem: Shutterstock

A Bradespar anunciou que não pagará a primeira parcela da remuneração aos seus acionistas, por não terem sido atendidos os requisitos previstos na Política de Remuneração Anual da companhia.

Em fato relevante, a Bradespar, que possui participação direta de 5,56% no capital da Vale, segundo informações no site da B3, afirma que continuará avaliando a evolução do seu resultado em 2019 e do seu fluxo de caixa para saber se é viável submeter a proposta de pagamento de dividendos ou juros sobre capital próprio. A Vale interrompeu seu pagamento de dividendos depois do rompimento de sua barragem em Brumadinho, em janeiro deste ano.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

polêmica

Governo barra novo cadastro para auxílio

A estratégia do governo já desperta críticas de organizações da sociedade civil, que consideram urgente a abertura de um novo prazo para pedidos de auxílio

Tombo grande

Elon Musk perde US$ 27 bilhões em uma semana após tombo da Tesla

Mesmo com o tompo gigantesco, Musk segue como segundo homem mais rico do mundo, atrás apenas de Jeff Bezos, o fundador da Amazon

Expansão

3R Petroleum fecha parceria com DBO para aquisições de campos offshore

Com a parceria, a DBO se tornará acionista minoritária da OP, que seguirá sob controle da 3R

Boletim médico

Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste sábado (6)

ESTRADA DO FUTURO

A mentira envolvendo o Clubhouse e o Tinder que rendeu 400% de valorização

Os mercados estão longe de serem perfeitos, e hoje vou te contar uma história real que envolve duas das empresas mais quentes no setor de mídias sociais: o “Clubhouse” e o “Tinder”.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies