🔴 AÇÃO QUE JÁ DISPAROU 1.200% E AINDA ESTÁ BARATA – VEJA QUAL

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Próximos passos

Banco dos BRICS quer trabalhar com mais empréstimos em moedas locais

NDB tem como foco o financiamento de projetos no Brasil, na Rússia, na Índia, na China e na África do Sul

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
13 de novembro de 2019
17:38 - atualizado às 18:06
BRICS
Imagem: Shutterstock

O presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB, na sigla em inglês), Kundapur Vaman Kamath, sinalizou nesta quarta-feira, 13, a intenção da instituição de trabalhar cada vez mais com empréstimos em moedas locais. Também conhecido como "Banco dos Brics", o NDB tem como foco o financiamento de projetos no Brasil, na Rússia, na Índia, na China e na África do Sul.

"Uma iniciativa do banco é utilizar moedas locais. É uma escolha que colocamos à mesa a nossos parceiros. Por que usar moeda forte, como dólar e euro? Todo mundo quer trabalhar em sua própria moeda", afirmou Kamath, durante evento do banco em Brasília.

Ele afirmou que, atualmente, a maior parte dos empréstimos feitos na África do Sul são na moeda local, o rand.

Para ilustrar a questão, Kamath citou o caso de um tomador brasileiro que teria feito um empréstimo "meio a meio", em reais e na moeda chinesa, o renminbi.

Durante o evento, Kamath também destacou que o banco deve inaugurar um escritório regional em São Paulo nas próximas semanas.

Kamath participou na manhã desta quarta do seminário "O NDB e o Brasil: Parceria Estratégica para o Desenvolvimento Sustentável", promovido em Brasília. O evento ocorreu por ocasião da XI Cúpula dos Brics.

Ministro brasileiro fala em apoio

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse que o Novo Banco de Desenvolvimento apoiará projetos de financiamento e garantia de infraestrutura no Brasil. Freitas disse estar "impressionado" com a nova postura do banco e criticou a dificuldade de acessar garantias nos anos anteriores.

"Nos incomodava ver a quantidade grande de financiamentos no NDB, nós precisávamos do banco de desenvolvimento (NDB) onde há risco de engenharia, que o mercado não absorve. Temos recebido boas notícias do NDB", completou.

Sobre o tema, Kamath disse que o banco tem diversificado seus aportes e considerado projetos não só dos governos, mas do setor privado. Além disso, países como China e Índia têm procurado financiamentos em moeda local. "Temos olhado projetos mais verdes e limpos para o Novo Banco de Desenvolvimento", afirmou.

O ministro brasileiro destacou o programa de infraestrutura brasileiro e frisou a necessidade de investimentos no setor ferroviário. "Pergunta agora é por que não as ferrovias? Ficaríamos felizes de ver investimentos no setor ferroviário, teremos oportunidades interessantes", afirmou.

O ministro lembrou que há ainda aeroportos, rodovias e portos a serem concedidos à iniciativa privada nos próximos anos.

*Com Estadão Conteúdo.

Compartilhe

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Os investidores agora viraram virologistas: os impactos da Ômicron sobre os mercados

30 de novembro de 2021 - 6:07

Ainda não sabemos o bastante para decidir se esta é uma oportunidade de compra, mas parecemos estar mais preparados como sociedade para enfrentar o problema

OMS ALERTA

Variante Ômicron representa risco global ‘muito elevado’ e é provável que se espalhe

29 de novembro de 2021 - 7:37

OMS emitiu hoje um informe técnico sobre a cepa do coronavírus causador da covid-19 recentemente descoberta na África do Sul

DEMANDA AMEAÇADA

Petróleo cai mais de 10% nos mercados internacionais e arrasta cotação de ações de empresas do setor

26 de novembro de 2021 - 13:31

Surgimento de nova variante do novo coronavírus alimenta temores de desaceleração da demanda

A PANDEMIA NÃO ACABOU

Descoberta de nova variante de covid-19 na África do Sul derruba mercados pelo mundo

26 de novembro de 2021 - 6:55

Cientistas estão preocupados com a quantidade de mutações apresentada pelo organismo e com o aumento dramático nas infecções

Precisa melhorar isso aí

Em reunião em Brasília, representantes dos BRICS dizem que cooperação do grupo está aquém do potencial

13 de novembro de 2019 - 15:43

Grupo realiza nesta quarta-feira uma série de encontros e debates em Brasília para decidir os seus próximos passos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar