🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Após tragédia

Samarco deve voltar a operar em 2020

Segundo presidente da Vale, gastos com indenizações da tragédia de Mariana já somam R$ 5,3 bilhões

Luis Ottoni
Luis Ottoni
16 de outubro de 2018
13:42 - atualizado às 13:48
Samarco
Imagem: shutterstock

A Samarco voltará a operar em 2020 com um terço de sua capacidade de produção, disse o presidente da Vale, Fabio Schvartsman nesta terça-feira, 16.  Schvartsman participa do evento FT Commodities, no Rio de Janeiro.

"Falta licença de operação (para Samarco), mas todos os indícios são de que não existirão problemas e, no início de 2020, será possível reiniciar a operação", completou.

Durante o evento, o presidente da Vale informou ainda que os gastos com indenizações já somam R$ 5,3 bilhões, valor este que "não representa nem a metade" do que deve ser endereçado para compensar as pessoas prejudicadas pelo acidente provocado pela mineradora. Schvartsman também afirmou que negocia com a sócia BHP a composição da Samarco para retomar a operação.

"É muito mais importante ter esse recomeço do que saber quem vai administrar a empresa", completou.

Na esperança

Sobre as eleições presidenciais, Schvartsman disse esperar que, se eleito, Bolsonaro não adote uma política externa que mexa nas relações Brasil-China. "Para a Vale, a preocupação é muito pequena tendo em vista nossa mútua dependência (China e Vale). Mas não é bom para ninguém. Disputas não trazem benefício e, se não é bom para ninguém, não é bom para a Vale", disse.

Para o presidente da Vale, o setor de mineração precisa ser mais conhecido pela sociedade brasileira para que os futuros governos deem maior atenção a seus pleitos. "O ponto que perdemos nos últimos anos foi a oportunidade de mostrar para a sociedade o quanto a atividade de mineração é criadora de valor.

 

*Com Estadão Conteúdo 

Compartilhe

EXECUÇÃO E BLOQUEIOS SUSPENSOS

Justiça prorroga por mais seis meses recuperação judicial da Samarco; Vale (VALE3) também está na mira dos credores da dívida R$ 50 bilhões

13 de outubro de 2021 - 16:48

Segundo a empresa, a decisão possibilita a continuidade das negociações com os credores em um ambiente protegido

Passou perto

Justiça nega suspensão da recuperação judicial da Samarco e evita prejuízo milionário para a Vale (VALE3)

19 de agosto de 2021 - 15:29

Além da suspensão, o Ministério Público de Minas Gerais pedia também que Vale e BHP, que são donas da mineradora, arcassem com todas as dívidas previstas na recuperação; pedido liminar para o arresto de recursos das duas empresas no valor de R$ 50,7 bilhões também foi negado

Donas do rojão

Recuperação judicial da Samarco pode custar R$ 50 bilhões para Vale (VALE3) e BHP; veja por quê

18 de agosto de 2021 - 19:23

O Ministério Público pede que as empresas, que são donas da mineradora, arquem com todas as dívidas previstas na recuperação

Acordo fechado

Samarco e advogados entram em acordo para reduzir honorários em mais de 80%

23 de julho de 2021 - 12:32

Até então, uma decisão na justiça tornava a administração judicial do processo a mais cara da história

Vespeiro jurídico

‘Ilegal e inviável’: credores contestam plano de recuperação judicial da Samarco

16 de julho de 2021 - 14:18

O grupo, formado por fundos estrangeiros, é detentor de R$ 21 bilhões do total da dívida da empresa e formalizou sua posição contrária à proposta

em recuperação judicial

Samarco sofre ‘chantagem’ de ‘fundos abutres’, afirma advogado

2 de julho de 2021 - 14:08

Advogado afirma que a “chantagem” tem o objetivo de garantir melhores termos na negociação para o pagamento dos créditos discutidos dentro do processo de recuperação judicial

Nova petição

Samarco não deve pagar por Mariana, defendem credores

1 de julho de 2021 - 8:27

O pagamento médio mensal da Samarco à Fundação Renova, entidade responsável por pagar indenizações relativas à tragédia de 2015, é da ordem de R$ 500 milhões

Em recuperação judicial

Samarco tenta blindar suas sócias Vale e BHP Billiton, diz ação de credores

16 de junho de 2021 - 9:11

Grupo afirma que mineradora tem condições de manter suas operações sem o financiamento de R$ 1,2 bilhão pedido pela companhia

Empresa ligada à Vale

Justiça aprova pedido de Recuperação Judicial da Samarco

12 de abril de 2021 - 19:59

RJ não terá impacto nas atividades operacionais da mineradora, nem nas ações de reparação e compensação pela tragédia de Mariana

Seis anos depois

Contestada, Renova promete mais R$ 2 bi por tragédia da Samarco em Mariana (MG)

20 de março de 2021 - 12:33

O orçamento de R$ 5,86 bilhões para 2021 é o maior desde o desastre e elevará a R$ 17 bilhões o valor desembolsado em reparação e compensação por Vale e BHP Billiton, as donas da Samarco

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar