Menu
2018-10-16T13:48:09-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Após tragédia

Samarco deve voltar a operar em 2020

Segundo presidente da Vale, gastos com indenizações da tragédia de Mariana já somam R$ 5,3 bilhões

16 de outubro de 2018
13:42 - atualizado às 13:48
Samarco
Imagem: shutterstock

A Samarco voltará a operar em 2020 com um terço de sua capacidade de produção, disse o presidente da Vale, Fabio Schvartsman nesta terça-feira, 16.  Schvartsman participa do evento FT Commodities, no Rio de Janeiro.

"Falta licença de operação (para Samarco), mas todos os indícios são de que não existirão problemas e, no início de 2020, será possível reiniciar a operação", completou.

Durante o evento, o presidente da Vale informou ainda que os gastos com indenizações já somam R$ 5,3 bilhões, valor este que "não representa nem a metade" do que deve ser endereçado para compensar as pessoas prejudicadas pelo acidente provocado pela mineradora. Schvartsman também afirmou que negocia com a sócia BHP a composição da Samarco para retomar a operação.

"É muito mais importante ter esse recomeço do que saber quem vai administrar a empresa", completou.

Na esperança

Sobre as eleições presidenciais, Schvartsman disse esperar que, se eleito, Bolsonaro não adote uma política externa que mexa nas relações Brasil-China. "Para a Vale, a preocupação é muito pequena tendo em vista nossa mútua dependência (China e Vale). Mas não é bom para ninguém. Disputas não trazem benefício e, se não é bom para ninguém, não é bom para a Vale", disse.

Para o presidente da Vale, o setor de mineração precisa ser mais conhecido pela sociedade brasileira para que os futuros governos deem maior atenção a seus pleitos. "O ponto que perdemos nos últimos anos foi a oportunidade de mostrar para a sociedade o quanto a atividade de mineração é criadora de valor.

 

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

balanços 3º tri

Hypera Pharma atinge maior receita da história e lucro cresce 29,4% no terceiro trimestre

Além da evolução de dois dígitos no segmento de ‘sell-out’ (vendas em farmácias), o período também fechou a conclusão de dois grandes negócios para a Hypera Pharma

Mudanças no time

BB Seguridade anuncia Marcio Hamilton Ferreira como novo diretor-presidente

Ferreira é graduado em Administração de empresas e desde janeiro ocupava o cargo de Diretor-Presidente da Brasilprev, empresa investida da BB Seguridade.

Multa de US$ 40 milhões

Justiça dos EUA aprova acordo para encerramento de ação coletiva, diz BRF

A empresa pagou a quantia de US$ 40 milhões para encerrar todas as demandas pendentes e que possam vir a ser propostas por pessoas ou entidades

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Um grande passo para a Arezzo

A Arezzo, rede de lojas de calçados femininos presente em boa parte dos shoppings brasileiros, abriu o capital na bolsa em 2011. Se você buscar no Google, provavelmente vai encontrar a matéria que eu escrevi na época sobre o IPO da empresa. Eu inclusive estive na sede da antiga BM&FBovespa (atual B3) na manhã do […]

fechando a conta no azul

Perdeu, mas ganhou: Ibovespa tem correção e cai, mas termina semana em alta; juros disparam com inflação

Índice não conseguiu manter toada positiva vista em outros dias e recuou com quedas de bancos e Petrobras; dólar sobe com inflação maior à vista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies