Menu
2018-09-26T18:22:23-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
juro americano

Fed sobe taxa de juros e reafirma ajuste gradual

Banco central americano eleva juro para 2% a 2,25% ao ano, maior em um década

26 de setembro de 2018
15:25 - atualizado às 18:22
Jerome Powell, presidente do Federal Reserve
Fed continua trabalhando com mais uma alta do juro em dezembro e outras três em 2019 -

Em linha com o esperado pelo mercado, o Federal Reserve (Fed), banco central americano, subiu a taxa de juro em 0,25 ponto percentual, para intervalo entre 2% e 2,25% ao ano, e manteve o aceno de que o ajuste das condições monetárias seguirá ocorrendo de forma gradual. Atenções voltadas agora à entrevista do presidente Jerome Powell.

A primeira reação dos investidores é positiva, com os índices em Wall Street acelerando alta, mas sem grande entusiasmo. Por aqui, o que se nota é uma queda mais acentuada do dólar e maior fôlego na compra de ações na bolsa de valores.

O Fed continua trabalhando com mais uma alta do juro em dezembro e outras três em 2019, mantendo o que já tinha acendo na reunião passada. A principal mudança na linguagem foi a saída da avaliação de uma política monetária “acomodativa”. Algo que estava sendo esperado.

Entre as projeções apresentadas, a previsão para o crescimento da economia subiu de 2,8% para 3,1% em 2018, com desaceleração para 2,5% em 2019, 2% em 2020 e 1,8% em 2021. Esta é a primeira vez que o Fed apresenta seus “dot plot” para 2021.

Para a taxa de desemprego, a expectativa é de 3,7% neste ano, ante 3,6% da reunião anterior, com queda para 3,5% em 2019 e 2020, e alta para 3,7% em 2021. A taxa de desemprego para o longo prazo seguiu em 4,5%. As expectativas de inflação seguem ao redor de 2% ao longo de todo o horizonte de projeção.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Sustentabilidade

Governo Biden deve cobrar do Brasil medidas concretas sobre meio ambiente

Desde o início do governo Bolsonaro, o Brasil adotou posições no cenário internacional alinhadas com a gestão Trump, que devem ser refutadas no mandato de Biden

Crescimento

Vale (VALE3) prevê investir US$ 2,7 bilhões na região norte até 2024

Companhia pretende ainda investir US$ 5,8 bilhões em 2021, dos quais US$ 1 bilhão serão apenas para expansão

ESTRADA DO FUTURO

Grafeno, urânio e lítio… cuidado com a obsessão de enriquecer com a próxima tecnologia do futuro

O boom de empresas de tecnologia alimenta uma esperança quase ingênua de enriquecer “horrores” descobrindo como esses materiais moldarão o nosso futuro. Vou ser totalmente transparente com você: não gosto da ideia.

Tamanho menor

Zara fecha sete lojas no Brasil em plano de reorganização

O plano da empresa foi traçado em 2020 e, no Brasil, começou ainda no ano passado, com o fechamento de lojas nas cidades de Joinville (SC) e São José dos Campos (SP)

Seu Dinheiro no sábado

A única coisa que Bill Gates não pode comprar

Troca de presidente nos Estados Unidos, início da vacinação para covid no Brasil e comunicado do Banco Central com vocabulário novo. A semana que se encerra trouxe novidades importantes. É bem verdade que também teve notícia velha, daquelas que encontramos todos os dias: disputas políticas entre Jair Bolsonaro e João Dória, caos nos hospitais públicos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies