Menu
2019-04-20T15:57:22-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Sob pressão

Thyssenkrupp quer separar suas frentes de negócio

Por pressão de acionistas, companhia alemã planeja dividir empresa com foco em operações e matérias-primas

28 de setembro de 2018
11:21 - atualizado às 15:57
Sede da Thyssenkrupp
Sede da Thyssenkrupp - Imagem: Shutterstock

A alemã Thyssenkrupp quer separar suas principais frentes de negócios em duas empresas. A informação é do "Valor Econômico" desta sexta-feira, 28.

Se tudo der certo, a empresa será dividida em Thyssenkrupp Industrials, que reúne operações de bens de capital, e Thyssenkrupp Materials, focada em matérias-primas.

Na visão do conselho administrativo da empresa, a cisão permitirá com que as divisões se concentrem em seus pontos fortes. Agora resta ao conselho supervisor da empresa analisar o pedido no próximo domingo. Se aprovado, o processo deve durar de 12 a 18 meses, ainda segundo o "Valor".

Mas e na bolsa?

As duas empresas serão listadas na Bolsa de Valores de Frankfurt, mas os acionistas atuais ficarão com 100% da Thyssenkrupp Materials, que corresponde à companhia hoje. Além disso, eles serão majoritários na Industrials, ainda se acordo com o "Valor".

Sob pressão

A ideia de separar a empresa veio com a pressão crescente de grandes investidores estrangeiros depois de a companhia não mostrar resultados satisfatórios nos últimos anos, segundo o Financial Times. A batalha atingiu seu clímax, em julho, depois que o diretor executivo, Heinrich Hienge, abandonou o cargo seguido pelo presidente Ulrich Lehner, dez dias depois.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

SE PROTEJA

Títulos de renda fixa atrelados ao IPCA viram opção

Alta da inflação em outubro faz investidores e gestores avaliarem novas formas de proteção de patrimônio

SELEÇÃO DE NOTÍCIAS

BDR, bitcoin, shopping: o melhor do Seu Dinheiro na semana

O fim de semana chegou com uma notícia bastante esperada pelos investidores: a volta do Ibovespa ao patamar de 100 mil pontos. O principal índice da B3 foi impulsionado esta semana por dois acontecimentos. O primeiro deles foi o alívio das preocupações em torno do risco fiscal brasileiro, com políticos e governo demonstrando compromisso com a manutenção do teto de gastos. Outro tema foi a esperança de aprovação de um pacote de estímulos […]

TRIBUTAÇÃO

É ilegal tributar doação fora do país, diz Toffoli

Ministro votou pela inconstitucionalidade da cobrança de ITCMD quando patrimônio herdado ou doado está no exterior

Prévia do terceiro trimestre

Grandes bancos começam a olhar crise pelo retrovisor, mas com lucro ainda em queda

Lucro combinado de Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e Santander deve aumentar em relação ao trimestre anterior, mas ainda ficará bem abaixo dos patamares de 2019

Coluna do Mioto

Vinte conselhos não óbvios de carreira

Estes são conselhos de carreira para jovens profissionais que tenham a ambição de serem promovidos e terem relevância dentro das suas empresas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies