Menu
2019-10-06T17:00:57+00:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Situação delicada

IPO da americana SmileDirectClub é o pior entre as empresas que captaram mais de US$ 1 bilhão desde 2007

Diante das perspectivas mais negativas para a companhia, os analistas da casa Hindenburg Research destacaram que há 85% de chance de queda no valor das ações

6 de outubro de 2019
16:45 - atualizado às 17:00
smile
Imagem: YouTube

O ano de 2019 definitivamente está surpreendendo muitos analistas que fazem a cobertura de abertura de capital de empresas (IPO, na sigla em inglês) nas bolsas de valores norte-americanas. Não é para menos. Apesar de algumas experiências bem sucedidas como a da rede social Pinterest, há outras que geraram uma série de polêmicas.

Entre as últimas empresas que se listaram na bolsa, há o exemplo da SmileDirectClub (código SDC). Pouco conhecida aqui no Brasil, a companhia de aparelhos ortodônticos com preços bem mais em conta do que os tratamentos tradicionais está cada vez mais com o sorriso amarelo.

Isso porque, de acordo com dados compilados pela Bloomberg, o IPO da companhia teve o pior desempenho entre as aberturas de capital de empresas que levantaram mais de US$ 1 bilhão desde 2007. Apenas para se ter uma ideia, no primeiro de dia de negociação os papéis da empresa fecharam 29% abaixo do preço de oferta, que ficou em US$ 23. As ações da Uber, por exemplo, caíram quase 8% no primeiro dia.

E não é só isso. Diante das perspectivas mais negativas, os analistas da casa Hindenburg Research divulgaram um relatório bastante negativo sobre a empresa na última sexta-feira (4). Nele, os especialistas destacam que as ações - negociadas em torno de US$ 14,60 por ação - têm 85% de chance de queda. As informações são do site Business Insider.

Uma série de problemas

Um dos motivos para a preocupação dos analistas da casa está no fato de que "a empresa está descuidando em um campo da medicina especializada, e colocando em risco a segurança do cliente".

"A SmileDirectClub está adotando a estratégia de uma startup de crescer muito rápido e de quebrar coisas [...] Mas, nesse caso, infelizmente, ela parece que está quebrando vários dentes de seus clientes."

O relatório detalha que a companhia está arriscando bastante principalmente, por conta das várias histórias de horror narradas por pessoas que foram colocar os moldes em casa.

Outro problema grave é que a companhia entrou com ações contra clientes insatisfeitos e pediu para que todos que desejassem o reembolso assinassem um documento que os impediria de se pronunciar contra a empresa. Tal medida incluiria não poder reclamar nas redes sociais, ou junto a órgãos reguladores e pedia a retirada de reclamações feitas anteriormente.

Ao ser questionada pelo site, a SmileDirectClub disse que veem as ações legais, incluindo o relatório feito pelos analistas citados acima, como tentativas de impedir a concorrência.

"Recentemente, houve declarações na mídia de organizações do setor odontológico e alegações em uma ação coletiva movida no Tribunal Federal de Nashville que pretende questionar a segurança e legitimidade da plataforma pioneira da SmileDirectClub", disse a empresa.

A companhia ainda pontuou que "não há base em fatos nem justificativa científica ou médica nas alegações para substanciar as falsas alegações feitas sobre nosso modelo e os médicos licenciados pelo Estado em nossa rede afiliada.

E disse também que "apoiada em evidências, a SmileDirectClub nega as alegações feitas no processo de ação coletiva e defende vigorosamente nosso modelo de negócios contra qualquer entidade que trabalhe para limitar a escolha do consumidor".

Conheça um pouco da sua história

A empresa foi fundada em 2013, em Nashville, pelos empresários Alex Fenkell e Jordan Katzman. O grande diferencial da startup é a sua capacidade de unir o online ao offline para criar um modelo de negócios disruptivo. A companhia oferece, por exemplo, aos seus clientes a opção de tirar o molde de suas arcadas dentárias em casa e enviar um kit para a startup.

Para evitar problemas, dentistas que são credenciados pelos órgãos de saúde locais acompanham o trabalho de forma remota. O custo do processo é de US$ 1,9 mil, o que seria o equivalente a

Tudo isso por um preço “fechado” de US$ 1,9 mil. O preço, de acordo com a empresa, custa 60% menos que outros tratamentos de correção ortodôntica similares. Embora possa variar entre quatro e 14 meses de duração, a média do tempo do tratamento do SmileDirectClub é de seis meses.

Ao abrir capital na Nasdaq, a empresa destacou que o valor captado ajudaria a reinvestir em inovação em termos de produtos, processos, crescimento internacional e experiência do consumidor.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Entrevista

Com juro baixo “estrutural”, Paineiras está otimista com bolsa e título de longo prazo

Gestora que tem 12 anos de história avalia que Selic baixa veio para ficar e que dólar acima de R$ 4 não é impeditivo para valorização do Ibovespa

A Bula do Mercado

Mercado olha para o que vem depois da Previdência

Investidor confia na agenda econômica positiva, com nova pauta das reformas, leilões e privatizações

Dia histórico?

Novela da Previdência deve acabar hoje com final mais feliz que o esperado

Senado termina de votar emendas pela manhã e texto da reforma vai para o segundo turno de votação à tarde

Seu Dinheiro na sua noite

Um novo recorde na maratona da bolsa

No dia 12 de outubro, o queniano Eliud Kipchoge atingiu uma marca considerada por muito tempo impossível para um ser humano: correr os 42 quilômetros da maratona em menos de duas horas. O campeão olímpico dos Jogos do Rio cruzou a linha de chegada em uma prova não-oficial realizada em Viena, na Áustria, com o […]

Mudanças no funcionalismo público

Maia quer iniciar reforma administrativa até a próxima semana na Câmara

Estratégia traçada pelo presidente da Câmara, porém, ainda depende do aval de lideranças e também da equipe econômica

Só falta um passo

Sem mudanças no radar, conclusão da reforma da Previdência pode se estender até quarta-feira

O texto da reforma que será votado prevê uma economia fiscal de R$ 800 bilhões em dez anos

O poder das redes

Facebook, de Mark Zuckerberg, pega Rússia e Irã tentando intervir nas eleições dos EUA em 2020

Notícia vem em meio a uma ofensiva que a gigante das redes sociais tem feito para combater ataques nas eleições mundo afora

Dinheiro na mão mais cedo

Caixa antecipa saque imediato do FGTS. Tudo será pago em 2019

Calendário de saque para não correntistas que iria até março de 2020 foi antecipado. Assim, todo impacto da liberação, estimada em R$ 40 bilhões, acontecerá em 2019

chegando no gigante asiático

Tesla recebe sinal verde para fabricar veículos na China

Ministério da Indústria da China concedeu à montadora do bilionário Elon Musk a autorização para operar

Negócios da educação

Yduqs ganha nova cara e cresce em quantidade e qualidade com compra da dona do Ibmec

Aquisição de R$ 1,92 bilhões é a maior da história da antiga Estácio Participações, que passa a contar com um total de 680 mil alunos, e coloca as ações da Yduqs entre as maiores altas do Ibovespa. Saiba o que os analistas disseram sobre o negócio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Pular para a barra de ferramentas