Menu
2019-05-24T14:44:34+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Privatizações

“Brasil é locomotiva atolada no brejo, precisamos colocá-la sobre os trilhos”, diz Salim Mattar

O secretário responsável pelas privatizações do governo Bolsonaro afirmou mais uma vez que não conhece nenhuma estatal eficiente. “Se alguém encontrar me manda um WhatsApp.”

24 de maio de 2019
14:43 - atualizado às 14:44
salim mattar
Imagem: Reprodução/Ministério da Economia

Já ficaram conhecidas as apresentações apaixonadas a favor da redução do tamanho do Estado na economia feitas por Salim Mattar, o homem responsável pelas privatizações do governo Bolsonaro. Imagine, então, quando a audiência é formada por investidores dispostos a participar do programa de privatizações em andamento.

Esse encontro aconteceu hoje, em um evento promovido pela Abvcap, associação que reúne os gestores de fundos que investem na compra de participações em empresas (Abvcap).

Mas agora, passados cinco meses do início do governo, o secretário especial de desestatização e desinvestimento pediu a "compreensão" do público pelo fato de as privatizações e demais mudanças na economia não ocorrerem na velocidade desejada.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

O secretário comparou o país a uma "locomotiva atolada no brejo". "Precisamos colocar a locomotiva sobre os trilhos", afirmou.

Mattar manteve a expectativa de superar a meta de US$ 20 bilhões (R$ 80,3 bilhões ao câmbio de hoje) em privatizações e concessões neste ano. Até o momento, foram US$ 12,1 bilhões (R$ 48,6 bilhões) - o mesmo número da última vez em que acompanhei um evento com o secretário, há um mês.

"Me manda um WhatsApp"

Ele lançou mais uma vez o desafio à plateia, ao afirmar que não conhece nenhuma estatal eficiente. "Se alguém encontrar me manda um WhatsApp", disse, mas sem revelar para qual número de celular mandar a mensagem.

O fato de algumas empresas controladas pelo governo operarem em monopólio em alguns mercados justifica a lucratividade, segundo o secretário.

Para Mattar, o estado atual da economia é resultado da "social-democracia e do esquerdismo" no governo. Na apresentação aos investidores, enumerou uma série de dados sócio-econômicos, incluindo o número de homicídios.

"Isso demonstra ausência de governo. O governo está ocupado administrando bancos seguradoras, empresas de petróleo, e não tem tempo de cuidar da segurança do cidadão", afirmou, ao defender o programa de privatizações.

Mattar comemorou a revogação da medida que criaria uma nova estatal, a NAV Brasil, a partir de uma cisão da Infraero.

"Nós não podemos permitir nascer filhotes de estatais que depois se tornam verdadeiras cascavéis", afirmou.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O CLIMA ESQUENTOU

Bolsonaro ameaça demitir Levy por nomeação de diretor que trabalhou no governo PT

Na sexta-feira, 14, durante café da manhã com jornalista, Bolsonaro demitiu o presidente dos Correios, general Juarez Cunha

RALI

Nada de Bitcoin: criptomoeda que valorizou 330% em 2019 tem outro nome

Segundo analistas, há pelo menos duas razões claras para o movimento de alta do Litecoin. Entenda o que está causando esse fenômeno

ENTREVISTA

“Não vou impor uma solução e destruir a reforma”, diz Samuel Moreira

Relator da proposta conta ter abdicado inclusive de convicções próprias em favor da construção de um texto com apoio suficiente das lideranças

NOS TRILHOS

Rumo avaliará participar de Fiol e Ferrogrão

Ferrovias estão entre os mais importantes projetos ferroviários para o escoamento de commodities, como grãos e minério de ferro, do Brasil

BOMBOU NA SEMANA

MAIS LIDAS: Sai da minha aba, Estado

O Estado é aquele gigante metido que mais atrapalha do que ajuda. Os empreendedores precisam tirar ele do seu caminho. Confira as mais lidas da semana no Seu Dinheiro

O FRUTO DA CANNABIS

Cofres cheios de verde: Colorado atinge US$ 1 bilhão em arrecadação com maconha

Pioneiro na legalização do comércio da erva, estado americano comemora cifra e quer atrair empresas para expandir e lucrar ainda mais com o setor

MAIS UM PRA CONTA

Bolsonaro demite terceiro militar em uma semana

Segundo o presidente, Cunha “foi ao Congresso e agiu como sindicalista” ao criticar a privatização da estatal e tirar fotos com parlamentares da oposição

"Cash is king"

O risco “oculto” que deixa até famílias ricas sem dinheiro para pagar as contas

Já pensou ter milhões em imóveis, mas nem um tostão para o dia a dia? A falta de liquidez é um vilão até para os mais ricos. Saiba como fugir dessa armadilha

Olha ele aí

Michael Klein confirma compra de 1,6% de ações da Via Varejo em leilão da B3

Com o movimento, Klein agora se torna o maior acionista de referência da companhia de varejo

De costas para o ministro

Ramos: não nos contaminaremos pela fala de Guedes num momento bom da reforma

Ministro da Economia, Paulo Guedes, fez críticas nesta sexta-feira, 14, aos deputados depois da apresentação do relatório da reforma

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements