🔴 NOVA META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM DUAS OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
HERMANOS DO NORTE

México deve eleger primeira mulher para presidência; saiba o que está em jogo nas eleições

Ex-prefeita da Cidade do México, Claudia Sheinbaum é candidata do atual presidente e favorita a vencer as eleições deste domingo

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
2 de junho de 2024
15:42 - atualizado às 15:43
Claudia Sheinbaum
Claudia Sheinbaum - Imagem: Flickr / Claudia Sheinbaum

Salvo alguma mudança muito drástica de última hora, o México elegerá uma mulher como presidente da República pela primeira vez na história. Com vantagem significativa nas pesquisas, Claudia Sheinbaum é a candidata do atual presidente Andrés Manuel López Obrador.

A ex-prefeita da Cidade do México possui entre 51% e 67% das intenções de voto. Mas ainda que uma zebra muito grande aconteça, a principal adversária na disputa também é uma mulher. Xóchitl Gálvez, da coalizão que representa partidos tradicionais no país, aparece com 26% a 30% nas pesquisas.

A eventual vitória de Sheinbaum deve consolidar ainda mais o domínio do partido Morena, fundado por Obrador, também conhecido como AMLO.

Enquanto isso, a adversária centra as críticas em uma eventual ameaça à democracia caso a indicada por AMLO assuma o poder no México.

As eleições no México e as reformas de AMLO

Em fevereiro, o atual mandatário do México anunciou um pacote de reformas que está no centro da polêmica. Entre as medidas, está a eliminação das agências reguladoras autônomas que monitoram a transparência, a competitividade e a energia no país.

Outra proposta está na indicação de juízes do Supremo Tribunal por voto popular. Para os críticos, essa medida daria ainda mais poder a um partido dominante — que hoje é Morena de AMLO.

Lembrando que os eleitores mexicanos também vão escolher os representantes para o Congresso, responsável pela aprovação das leis.

O partido de AMLO e Claudia Sheinbaum tem atualmente maioria simples em ambas as casas do Congresso no México. Ou seja, menos do que os dois terços necessários para promover mudanças constitucionais.

Embora as pesquisas indiquem que Morena provavelmente controlará mais da metade dos 500 assentos da Câmara, uma maioria de dois terços parece improvável.

Enquanto isso, a próxima presidente do México terá de lidar com problemas bem imediatos que assolam a população. A segurança pública, por exemplo, continua sendo uma das principais preocupações dos mexicanos, com altos índices de criminalidade e violência relacionados ao narcotráfico.

*Com Americas Quartely e agências internacionais

LEIA TAMBÉM:

Compartilhe

OS BRITÂNICOS VÃO ÀS URNAS

Quem leva a melhor no Reino Unido? A carta na manga dos trabalhistas para derrubar os conservadores nas eleições de julho

13 de junho de 2024 - 20:01

Os trabalhistas lideram as pesquisas de intenção de voto com a ajudinha de fórmulas conhecidas pelo centro

presidente motoserra

Milei consegue conter preços e inflação Argentina baixa para 4,2% em maio

13 de junho de 2024 - 18:10

Apesar da queda em maio, índice de preços ainda acumula 276% de alta em 12 meses

EM MEIO AO CAOS

Todo poder a Milei? Com voto de Minerva e repressão a manifestantes, Senado da Argentina aprova pacote ultraliberal

13 de junho de 2024 - 11:16

O projeto concede amplos poderes ao Executivo, dando prerrogativas de interferência ao presidente, mas foi desidratado na Casa

PEDIU O MERCADO EM NAMORO?

De Powell, com amor (mas nem tanto): o que a decisão do Fed diz sobre os juros nos EUA

12 de junho de 2024 - 15:12

Em decisão amplamente esperada, o banco central norte-americano manteve a taxa referencial na faixa entre 5,25% e 5,50% ano — foi o gráfico de pontos que mandou a mensagem aos mercados

GUERRA COMERCIAL

Todos contra a China? União Europeia sai à caça dos elétricos chineses com aumento de impostos

12 de junho de 2024 - 14:38

Medida anunciada nesta quarta-feira (12) pelo bloco europeu vai elevar tarifas em até 38% para os EVs asiáticos e pode afetar a BYD e até a Tesla de Elon Musk

EM ANO DE ELEIÇÃO

Hunter Biden pode ser preso? Filho do presidente dos EUA é condenado por posse ilegal de arma — e o que isso significa para a campanha de Joe Biden

11 de junho de 2024 - 18:14

Hunter, de 54 anos, pode pegar até 25 anos e pagar US$ 750 mil em multas

Política Europeia

Decisão de Macron de dissolver Parlamento e convocar eleições antecipadas é aposta política de alto risco

10 de junho de 2024 - 11:13

Atitude de Macron vem após avanço do partido de extrema direita Reunião Nacional nas eleições do Parlamento Europeu

DEPOIS DO ULTIMATO

E agora, Netanyahu? Ministro de guerra de Israel renuncia ao cargo em meio a conflitos em Gaza

9 de junho de 2024 - 17:48

Benny Gantz deu um ultimato a Netanyahu em maio para que o gabinete de guerra adotasse um “plano de ação” para acabar com a batalha em Gaza

QUER PAGAR COMO?

Putin trocou o dólar pelo real? Rússia dá as costas para “moedas tóxicas” e abre espaço para o Brasil

7 de junho de 2024 - 20:00

Segundo o presidente russo, quase 40% do volume de negócios do país é agora em rublos, uma vez que a parcela realizada em dólares, euros e outras moedas ocidentais “não amigáveis” diminuiu

VAI CAIR OU NÃO VAI?

Juros nos EUA: a mensagem do principal relatório de emprego sobre o futuro das taxas que mexem com as bolsas do mundo

7 de junho de 2024 - 14:01

O mercado torceu o nariz para os dados mais fortes do que o esperado do chamado payroll referente ao mês de maio; entenda a reação e o que esperar agora

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar