🔴 NOVA META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM DUAS OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
O MERCADO TAMBÉM ERRA

CEO do JP Morgan não descarta pouso forçado da economia dos EUA, mas alerta para uma possibilidade ainda pior

Jamie Dimon, o CEO do JP Morgan, não descarta a possibilidade de os juros voltarem a subir antes de o Fed iniciar um ciclo de cortes

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
23 de maio de 2024
11:11 - atualizado às 15:06
James Dimon, CEO do JP Morgan
James Dimon, CEO do JP Morgan - Imagem: Wikimedia

A economia dos Estados Unidos tem surpreendido pelo forte ritmo de crescimento, apesar da política monetária restritiva aplicada pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). Quando o efeito dos juros altos alcançar toda a sua potência, porém, não se pode descartar um “pouso forçado” da economia dos EUA. A avaliação é do CEO do JP Morgan Chase, Jamie Dimon.

Questionado sobre o tema em uma entrevista à CNBC, Dimon respondeu: “Poderíamos realmente ver um [pouso forçado]? Claro, como pode alguém que conhece a história dizer que não há chance?”

Os comentários foram feitos às margens do evento JP Morgan Global China Summit em Xangai.

No entanto, segundo o CEO do JP Morgan, existe uma possibilidade ainda pior para a economia norte-americana: um cenário de estagflação.

  • As melhores recomendações da Empiricus na palma da sua mão: casa de análise liberou mais de 100 relatórios gratuitos; acesse aqui.

O que é estagflação

A estagflação se caracteriza pela ocorrência simultânea de inflação alta, crescimento econômico lento e nível elevado de desemprego.

“Olho para uma gama de resultados e, mais uma vez, o pior resultado para todos nós é o que chamamos de estagflação, taxas mais altas, recessão”, disse Jamie Dimon.

Embora o Fed diga que a inflação ainda não está sob controle — e que o início dos cortes de juros talvez demore um pouco mais do que os participantes do mercado gostariam —, a economia segue forte e a taxa de desemprego é baixa nos EUA.

Na visão de Dimon, “o consumidor ainda está em boa forma”, mas o nível de confiança deles é baixo.

Quando o Fed vai cortar os juros?

Enquanto a maior parte do mercado preferiria ver o Fed iniciando o mais breve possível um ciclo de alívio monetário, o CEO do JP Morgan faz outro alerta.

Talvez os juros ainda subam um pouco nos EUA antes de finalmente começarem a cair.

“Acho que a inflação é mais resistente do que as pessoas imaginam”, comentou.

Ainda segundo Dimon, “uma enorme quantidade de estímulo monetário ainda está no sistema e talvez ainda esteja conduzindo um pouco dessa liquidez” observada nos mercados.

“Embora as expectativas do mercado sejam muito boas, elas nem sempre são corretas.”

De acordo com ele, o mercado tem errado "todas as previsões" referentes à inflação nos últimos anos.

"Por que ele estaria certo agora?"

*Com informações da CNBC.

Compartilhe

LOTERIAS

Quando a Mega-Sena falha, a Lotofácil não decepciona; veja os ganhadores

14 de junho de 2024 - 5:54

Enquanto o prêmio acumulado da Mega-Sena atingiu a marca de R$ 47 milhões, a Lotofácil teve dois ganhadores na noite de quinta-feira

Pressão do mercado

Haddad diz que “vai dar uma geral” no Orçamento 2025 e acelerar agenda de cortes de gastos

13 de junho de 2024 - 16:40

Segundo o ministro da Fazenda, será feita uma “revisão ampla, geral e irrestrita” das propostas para reduzir despesas

Questão fiscal brasileira

‘Modelo de arrecadação esgotou e governo tem que olhar para os custos’, afirma sócio da O2 capital

13 de junho de 2024 - 9:16

Oestes Costa comenta a necessidade de uma mudança na agenda econômica para “destravar o país” e recomenda investimentos para uma carteira diversificada; confira

LOTERIAS

Lotofácil sai para bolão em SP e Caixa recebe apostas exclusivas para a Quina de São João; Mega-Sena acumulada corre hoje

13 de junho de 2024 - 5:54

Enquanto a Lotofácil faz jus à fama de loteria “menos difícil” do Brasil, prêmio da Mega-Sena está acumulado em R$ 40 milhões

PRÊMIO BANCO CENTRAL DO ANO

Recado para Lula e Haddad? A declaração de Campos Neto sobre a autonomia do BC e as decisões de juros para conter inflação

12 de junho de 2024 - 19:54

Presidente da autoridade monetária recebeu o prêmio “Banco Central do Ano”, conferido pelo portal de notícias Central Banking, em Londres e aproveitou para falar sobre sua gestão

AJUDA AO GOVERNO

Dividendos pingando na conta do Tesouro: BNDES eleva pagamento de proventos para 50% — e cifra deve chegar a R$ 16 bilhões

12 de junho de 2024 - 19:30

Aumento do percentual de pagamento de dividendos de 25% para 50% não deve reduzir os desembolsos do banco, segundo Aloizio Mercadante

De olho nos petrodólares

Ministro da Agricultura elege sauditas como “parceiros preferenciais”

12 de junho de 2024 - 18:42

Fávaro disse que tem fechado acordos para infraestrutura e formação de fundos com a Arábia Saudita

PRESTAÇÃO DE CONTAS

O que o TCU viu de certo — e também de errado — nas contas do governo Lula em 2023?

12 de junho de 2024 - 18:21

A auditoria da prestação de contas de Lula no ano passado verificou cerca de R$ 109 bilhões em irregularidades e distorções de valor no balanço da União

MINISTROS DIVIDIDOS

A remuneração do FGTS vai mudar: confira a decisão do STF sobre o cálculo que pode afetar o setor imobiliário

12 de junho de 2024 - 16:15

Atualmente, os valores depositados no fundo remuneram a Taxa Referencial (TR) mais 3% ao ano, além do eventual lucro no período, mas o cálculo vai mudar.

MP da Compensação

Senado avalia usar Imposto de Renda, repatriação e dinheiro esquecido para compensar a desoneração da folha

12 de junho de 2024 - 12:03

Uma das fontes avaliadas pelo Senado para compensar desoneração é a taxação de compras internacionais

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar