🔴 +30 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – ACESSE GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
SE FALOU, TÁ FALADO

“Ideia terrível”: Por que o Nobel de Economia Paul Krugman detonou a criação do peso real, moeda comum entre Brasil e Argentina?

“Não sei quem teve essa ideia, mas certamente não foi alguém que soubesse alguma coisa sobre economia monetária internacional”, escreveu Krugman

Peso real é ideia terrível Por que o Nobel de Economia acha a moeda comum tão ruim
Paul Krugman, Nobel de Economia, com a imagem da bandeira argentina ao fundo - Imagem: Montagem Seu Dinheiro / Divulgação

Quando foi anunciada há exatamente uma semana, a moeda comum entre Brasil e Argentina — conhecida popularmente como “peso real” — ganhou mais críticos do que entusiastas. A bola da vez é o norte-americano Paul Krugman, vencedor do prêmio Nobel de Economia em 2008. 

Krugman afirmou que a implementação de uma moeda comum entre o Brasil e a Argentina é uma "ideia terrível". O formato digital da moeda pode ter sido um dos motivos para a ira do economista — afinal, ele é conhecido por não ser um grande fã de investimentos alternativos, como criptomoedas e ativos digitais em geral.

"Não sei quem teve essa ideia, mas certamente não foi alguém que soubesse alguma coisa sobre economia monetária internacional", escreveu Krugman em seu perfil no Twitter no domingo (29).

Peso real: problemas de uma moeda comum

"Uma moeda compartilhada pode fazer sentido entre economias que são os principais parceiros comerciais um do outro e que são semelhantes o suficiente para que não enfrentam grandes choques assimétricos", afirmou Krugman.

Mas não é o caso. Ele destaca que o Brasil destina 4,2% de suas exportações para a Argentina, que, em contrapartida, exporta 15% para o país vizinho. A estrutura de exportações dos dois países é muito diferente, segundo o Nobel de Economia.

"As exportações argentinas são basicamente todas agrícolas. Mais da metade das brasileiras são manufaturas ou combustíveis. Então choques na economia mundial provavelmente causariam grandes mudanças na taxa de câmbio real de equilíbrio", escreveu o economista.

  • Como investir em 2023? Com o início do novo governo Lula, a guerra entre Ucrânia e Rússia e o medo de uma recessão nas principais economias do mundo, é normal que o investidor não saiba muito o que fazer agora. Por isso, este material exclusivo do Seu Dinheiro revela as melhores oportunidades de investimento nas principais classes de ativos para quem não quer perder dinheiro em 2023. CONFIRA AQUI GRATUITAMENTE

De onde surgiu a ideia?

Os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e da Argentina, Alberto Fernández, anunciaram neste mês que irão avançar nos estudos para a criação de uma moeda sul-americana comum para transações comerciais e financeiras, "reduzindo custos operacionais e nossa vulnerabilidade externa", escreveram em artigo publicado no jornal argentino Perfil.

O objetivo do governo brasileiro é fortalecer as exportações ao país vizinho.

A medida foi formalizada durante a visita de Lula à Argentina, mas o anúncio de uma possível nova moeda comum entre os dois países causou confusão.

Peso real: moeda comum ou única?

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, teve de reforçar que não se trata de uma moeda única, como o euro na Europa, mas sim de “uma unidade comum para as transações entre os países”, que não substituiria as moedas oficiais atuais, o real e o peso.

Os termos geraram certa rusga entre os governos brasileiro e argentino porque têm implicações diferentes na economia.

Mas terminologias à parte, há diferença entre uma “moeda comum” e uma “moeda única”:

  • Moeda comum (ou comercial): É utilizada em transações bilaterais entre dois países, visando o melhor negócio para ambas as partes. Em outras palavras, não se pretende substituir o peso ou o real como moedas nacionais. 
  • Moeda única: É uma moeda oficial utilizada por duas ou mais nações. O melhor exemplo é o euro, utilizado na Europa por Alemanha, França e diversos outros países.

Compartilhe

TIC TAC TIC…

A guerra nuclear é inevitável? O alerta de Putin após a provocação da França e da Otan

29 de fevereiro de 2024 - 17:00

O presidente da Rússia fez um discurso à nação nesta quinta-feira (29) e deixou bem claro que está preparado para o que der e vier para conter o Ocidente

CÂMBIO

O dólar já era? Se depender da Rússia, sim. A proposta de Putin para Brasil, China e outros emergentes “esquecerem” de vez a moeda americana

28 de fevereiro de 2024 - 20:01

Moscou também já estaria testando uma nova tecnologia de pagamento que pode sinalizar a criação de uma moeda do Brics

G-20

Yellen no Brasil: as principais declarações da chefona do Tesouro dos EUA na passagem por aqui

27 de fevereiro de 2024 - 17:45

Ela, que já foi presidente do Federal Reserve, participou hoje de encontro promovido pela Amcham Brasil e falou sobre o potencial de crescimento brasileiro, inflação nos EUA e outros temas que o Seu Dinheiro resumiu para você

SUÉCIA NA OTAN

Sinuca de bico para Putin: como a Europa deixou a Rússia sem “ângulo para bater” em um cenário de guerra mundial

26 de fevereiro de 2024 - 19:35

Quem fez a jogada que deixou o chefe do Kremlin com pouca margem de manobra foi a Hungria; entenda o que aconteceu dessa vez

Eleições nos EUA

Trump é inevitável? Ex-presidente americano derrota Nikki Haley em casa por vasta margem e caminha para virar o candidato republicano

25 de fevereiro de 2024 - 11:01

Donald Trump vence as primárias republicanas no estado da Carolina do Sul, berço político da oponente Nikki Haley, por 60% dos votos

2 anos da guerra

Ocidente demonstra apoio a Kiev no 2º aniversário da guerra entre Ucrânia e Rússia; Zelensky assina acordos com Itália e Canadá

24 de fevereiro de 2024 - 20:18

Líderes do Ocidente foram à capital ucraniana neste sábado, pelo aniversário da guerra; ajuda dos EUA e da União Europeia ao país, no entanto, passa por dificuldades

THE FINAL COUNTDOWN

Contagem final? Como Trump pode consolidar indicação republicana antes do tempo e encarar Biden em novembro

23 de fevereiro de 2024 - 19:55

A vitória de Trump na Carolina do Sul escreveria o capítulo final de uma das histórias políticas mais importantes da última década

A MÁQUINA DE GUERRA VAI PARAR?

O presente de grego de Biden para Putin: 500 sanções dos EUA marcam o segundo ano da guerra entre Rússia e Ucrânia

23 de fevereiro de 2024 - 18:15

A União Europeia (UE) e o Reino Unido também anunciaram medidas punitivas e a resposta de Moscou não demorou muito; veja como o Kremlin reagiu

A SOCIEDADE DA NEVE

Este homem sobreviveu a uma queda de avião e a 72 dias na neve. Aqui está como ele fez isso — e o que você pode aprender

23 de fevereiro de 2024 - 14:32

Nando Parrado encerrou o BTG Summit 2024 com a palestra ‘Lições de Vida’; veja aqui os principais insights da apresentação

SEM FÓRMULA MÁGICA

Argentina precisa de um milagre? FMI dá a receita para os hermanos colocarem a casa em ordem

23 de fevereiro de 2024 - 13:21

Uma das maiores economistas do Fundo esteve na Argentina, onde conversou com o presidente Javier Milei e diversos membros do governo, incluindo o ministro da Economia, Luis Caputo; veja o que ela propôs

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies