🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Investigação

Homem mais rico da Ásia, Gautam Adani é acusado de fraude contábil e lavagem de dinheiro

Acusação sobre Adani é resultado de uma investigação de dois anos da Hindenburg Research

Flavia Alemi
Flavia Alemi
25 de janeiro de 2023
16:31 - atualizado às 17:04
Gautam Adani
Imagem: Reprodução/Flickr

A Hindenburg Research, uma casa focada em vendas a descoberto (short-selling), está acusando o terceiro homem mais rico do mundo, o indiano Gautam Adani, de cometer fraude contábil, manipular ações e lavar dinheiro durante décadas.

A acusação é resultado de uma investigação de dois anos que envolveu entrevistas com dezenas de pessoas - incluindo ex-executivos do Adani Group -, análise de milhares de documentos e diligências em diferentes países.

A Hindenburg está com posição vendida nas companhias do grupo, ou seja, apostando na queda dos ativos.

O Adani Group possui nove empresas listadas em bolsa que, juntas, somam um valor de mercado de aproximadamente US$ 218 bilhões. De acordo com a Hindenburg, sete dessas empresas viram os preços de suas ações misteriosamente dispararem ao longo dos últimos três anos, algo que a consultoria vê como injustificado.

“As sete principais empresas listadas do Adani Group estão cerca de 85% supervalorizadas, mesmo se você ignorar nossa investigação e considerar as finanças das companhias pelo valor de face”, diz a Hindenburg em relatório.

As empresas do conglomerado são focadas em projetos de infraestrutura, como portos, minas, aeroportos, centros de dados e geração e transmissão de energia.

A Hindenburg destaca que empresas de infraestrutura geralmente têm baixo crescimento e baixos múltiplos, mas, no caso do Adani Group, os números são comparáveis às companhias de tecnologia, conhecidas pelo alto crescimento.

O relatório traz o comparativo abaixo:

Leia mais:

Empresas do Adani Group extremamente alavancadas

Além do valuation das empresas do grupo estar inconsistente com a média da indústria, a Hindenburg destaca que elas estão excessivamente alavancadas.

“Do ponto de vista da solvência, várias entidades listadas no grupo são altamente alavancadas em relação às médias do setor: quatro de 7 dessas entidades têm fluxo de caixa livre negativo, indicando que a situação está piorando”, diz a Hindenburg.

Negócio de família

A investigação aponta, ainda, que na alta cúpula das empresas do grupo, oito de 22 líderes importantes são membros da família Adani.

A Hindenburg os acusa de criar entidades de fachada offshore em paraísos fiscais como Ilhas Maurício, Emirados Árabes e algumas ilhas do Caribe. A intenção seria gerar documentos de importações e exportações forjados com o objetivo de desviar dinheiro das empresas listadas.

Adani Group nega acusações

Em comunicado enviado à imprensa, o Adani Group nega as acusações e classifica o relatório como uma “combinação maliciosa de desinformação seletiva”.

“O momento da publicação do relatório revela claramente uma intenção descarada e de má-fé de minar a reputação do Adani Group com o objetivo principal de prejudicar a próxima Oferta Pública de Acompanhamento da Adani Enterprises”, diz o grupo em nota assinada pelo CFO, Jugeshinder Singh.

Quem é Gautam Adani

Com uma fortuna de US$119.1 bilhões, Gautam Adani aparece em terceiro lugar na lista das pessoas mais ricas do mundo organizada pela Forbes. Ele está atrás apenas de Elon Musk, que ocupa a segunda posição, e de Bernard Arnault, o homem mais rico do mundo.

Apesar de ter interesse em negócios, a vontade de Adani não era seguir carreira na empresa de tecidos do pai. Aos 18 anos, o jovem decidiu deixar a cidade natal e se mudar para o centro financeiro Mumbai, a maior cidade da Índia, e começou a trabalhar como classificador de diamantes,  separando joias verdadeiras de imitações.

Em pouco tempo, Adani montou seu próprio negócio de classificação de diamantes, que evoluiu para a corretagem de pedras preciosas. A empreitada deslanchou e, aos 20 anos, o jovem tornou- se milionário.

Ao decidir expandir os negócios, Adani fundou a Adani Exports Limited — agora conhecida como Adani Enterprises —, que cuidava de commodities agrícolas e de energia, como carvão.

Depois, ganhou uma licitação para administrar o Porto de Mundra, o maior porto comercial e ponto de importação de carvão da Índia.

No ano passado, o Seu Dinheiro publicou uma série de reportagens contando a história das pessoas mais ricas do mundo, quando Adani ainda ocupava a 5ª posição. Os detalhes da biografia de Gautam Adani você pode conferir aqui.

Compartilhe

RECADO DADO

A punição de Biden: EUA não perdoam ataque a Israel e castigam o Irã — mas o verdadeiro motivo das sanções não é econômico

18 de abril de 2024 - 13:17

O Tesouro norte-americano anunciou medidas contra uma dezena de pessoas e empresas iranianas e ainda avalia restrições ao petróleo do país, mas, ao contrário do que parece, medidas também mandam uma mensagem a Netanyahu

GUERRA QUENTE

Por essa nem Putin esperava: a previsão que coloca a Rússia à frente da maior economia do mundo

17 de abril de 2024 - 18:41

O Fundo Monetário Internacional (FMI) atualizou as projeções para a economia russa e os números revelam o segredo de Putin para manter o país em expansão

COM OU SEM CHAMPANHE?

O maior bilionário do planeta ficou quase R$ 30 bilhões mais rico hoje. O que fez a fortuna do dono da Dior e da Louis Vuitton disparar?

17 de abril de 2024 - 17:55

O patrimônio do magnata de luxo francês acompanha a valorização das ações da LVMH; conheça os números do conglomerado que animaram o mercado hoje

DECRETO CONTINUA

Milei tem vitória no “STF” da Argentina e mantém decreto em vigor, mas batalha ainda não terminou  

17 de abril de 2024 - 10:31

Mesmo que a Corte resolvesse barrar o DNU, Milei ainda tem uma carta na manga: ele poderá indicar até dois novos juízes para o tribunal

MAGNATA INDONÉSIO

Como este bilionário que você provavelmente não conhece transformou uma fortuna de US$ 5 bilhões em US$ 51 bilhões de em um ano

16 de abril de 2024 - 19:33

O magnata asiático da indústria de energia conseguiu multiplicar a sua fortuna em dez vezes em um ano; entenda o que aconteceu

ELON MUSK TINHA RAZÃO?

Invasão da China: como Biden e Trump querem frear os elétricos chineses liderados pela BYD nos EUA

16 de abril de 2024 - 18:58

Os veículos elétricos ainda não são vendidos no país, mas despertam cada vez mais preocupação de políticos e empresários do segmento, que colocam planos para barrar a maré vermelha à prova

A VIDA VAI MELHORAR (?)

Segura, Javier Milei: Argentina terá inflação de “apenas” 150% em 2024, mas contração econômica será maior, diz FMI

16 de abril de 2024 - 16:47

As projeções para 2025 melhoram, com a expectativa de que a inflação fique em 45% no ano e a atividade econômica cresça 5% em relação a 2024

ÁGUA NO CHOPE DO MERCADO

Juros em alta? Presidente do Fed fala pela primeira vez após dado de inflação e dá sinal claro do que vai acontecer nos EUA — bolsas sentem

16 de abril de 2024 - 15:35

A declaração de Powell voltou a sacudir os mercados: Wall Street devolveu ganhos, com o S&P 500 no vermelho, e os yields (rendimentos) dos títulos do Tesouro norte-americano voltaram a disparar

SEM BANHO-MARIA

Fogo alto: o revide de Israel contra o Irã coloca Netanyahu em uma panela de pressão — mas há uma saída possível

16 de abril de 2024 - 14:34

O mundo se pergunta quando Israel vai revidar à ofensiva iraniana e uma autoridade do país dá uma pista do que pode acontecer daqui para frente

OS ALVOS DO BILIONÁRIO

‘Petróleo branco’, níquel e satélites: conheça interesses de Elon Musk no Brasil

15 de abril de 2024 - 19:06

Entre seus principais alvos está a mineração, que abastece suas indústrias com materiais necessários para produção

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar