IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2023-01-16T14:24:12-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
3AC PARTE 2?

Criadores do fundo de criptomoedas Three Arrows Capital (3AC) querem criar corretora para “ajudar” clientes da FTX

Das três empresas participantes do processo, duas estão em reestruturação empresarial e o fundo já deu calote nos investidores

16 de janeiro de 2023
14:24
Novo investimento dos criadores do fundo Three Arrows Capital querem apostar em usuários afetados pela FTX
Imagem: Montagem Seu Dinheiro

Os antigos criadores do fundo de investimentos em criptomoedas Three Arrows Capital (3AC) voltaram a aparecer no noticiário. Agora não mais como foragidos da polícia, mas com uma proposta em mãos: a de criar uma corretora de cripto (exchange) do zero.

Su Zhu e Kyle Davies pretendem levantar cerca de US$ 25 milhões para começar uma nova corretora chamada GTX. As informações são do The Block.

Ambos recorreram a Mark Lamb e Sudhu Arumugam, CEO e cofundador da CoinFlex — plataforma de negociação de criptomoedas —, respectivamente, para lançar a nova empresa. Entretanto, há um porém: a nova corretora terá uma relação direta com a falida FTX.

Mas há alguns problemas: a FTX vem enfrentando um processo judicial intenso nos EUA. E enquanto o 3AC já deu calote nos investidores, a CoinFlex também passa por um processo de reestruturação empresarial.

Three Arrows Capital e a “sequência” da FTX

Os planos da dupla que levou o fundo à falência incluem pegar emprestada a tecnologia — e operações jurídicas, vale ressaltar — da CoinFlex para estruturar a GTX. As estimativas incluem lançar a nova corretora ainda em fevereiro, com uma negociação na casa dos US$ 20 bilhões.

Essa nova corretora irá focar nos clientes afetados pela quebra da FTX da seguinte forma: a GTX irá “comprar” a dívida da antiga exchange de Sam Bankman-Fried e pagará os investidores em forma do token USDG.

A notícia foi dada pelo jornalista e blogueiro chinês, Colin Wu:

Segundo pessoas familiarizadas com o tema, a própria escolha do nome seria proposital: afinal, o “G” (GTX) vem depois do “F” (FTX).

Muitos planos pouco convincentes

A nova ideia de Zhu e Davis seria expandir esses serviços para outras empresas em recuperação judicial, como é o caso da Celsius e da Voyager Digital.

Mas lidar com empresas em processo de reestruturação é um negócio arriscado, ainda mais se você está longe dele. Acredita-se que a dupla fundadora do 3AC esteja foragida: Zhu estaria em Dubai e Davies em Bali após o fundo quebrar.

Three Arrows Capital: o histórico da queda

Tudo começou com o desaparecimento do protocolo Terra, a criptomoeda que entrou em uma “espiral da morte” e implodiu, levando consigo a criptomoeda Terra (LUNA) e a stablecoin TerraUSD (USDT).

A partir daquele momento, houve uma crise de liquidez no mercado. Plataformas como a Celsius, Voyager Digital e o fundo 3AC viram seu caixa se esvaziar e colocar em risco seus negócios.

No auge dos seus negócios, o balanço do fundo era estimado em alguns bilhões de dólares. As operações alavancadas e altamente arriscadas permitiram um crescimento acelerado do Three Arrows Capital, mas o Longo Inverno Cripto colocou o modelo de negócio em xeque.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

maus ventos

O Brasil vai acabar? Inflação pode deixar de responder ao BC se Lula conseguir mudar meta, dizem gestores

31 de janeiro de 2023 - 21:24

Rodrigo Azevedo, da Ibiuna, e Felipe Guerra, da Legacy, estão com visão pessimista para o Brasil

DIA 31

Está confirmado: Lula vai para os EUA no dia 10 de fevereiro — veja o que ele vai discutir com Biden

31 de janeiro de 2023 - 20:06

Enquanto o encontro não chega, o petista tentou acalmar os ânimos dos investidores — que seguem desconfiados em relação à responsabilidade fiscal do novo governo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa sobe em meio ao caos de um interminável janeiro; o que afeta a bolsa nos próximos dias?

31 de janeiro de 2023 - 18:57

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

MELHORES DO MÊS

Renascimento cripto: bitcoin (BTC) volta a brilhar, sobe mais de 30% e é disparado o melhor investimento de janeiro; títulos do Tesouro ficam na lanterna

31 de janeiro de 2023 - 18:46

As medalhas de prata e bronze foram para o ouro e para o Ibovespa, em um movimento de busca por segurança — e barganhas

ESTAGNOU?

Dividendos do Maxi Renda (MXRF11) não cresceram em 2022, mas os proventos destes outros três fundos imobiliários subiram mais de 50% — veja quais são

31 de janeiro de 2023 - 18:33

O melhor resultado foi obtido pelo Santander Papéis Imobiliários CDI (SADI11), com alta de 77,1%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies