🔴 MELHORES MOMENTOS DO MACRO SUMMIT BRASIL 2024 – ASSISTA AQUI

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
CONTRADIÇÃO?

Tether comprará US$ 222 milhões em bitcoin (BTC) e gera preocupação no mercado de criptomoedas; entenda

As reservas do protocolo, na teoria, são todas em moeda; na prática, os emissores utilizam o dinheiro para investimentos dentro de uma série de especificações

Renan Sousa
Renan Sousa
17 de maio de 2023
14:50 - atualizado às 14:10
Entenda por que o ataque é perigoso para as criptomoedas e para a stablecoin tether (USDT)
Imagem: Shutterstock

Os emissores da terceira maior criptomoeda do mundo surpreenderam o mercado nesta quarta-feira (17). O Tether Group informou que irá comprar o equivalente a US$ 222 milhões em bitcoin (BTC), gerando mais dúvidas do que respostas nos investidores.

Recapitulando, o Tether (USDT) faz parte de uma classe especial de criptomoedas: as stablecoins. Essas moedas são diferentes das demais porque possuem lastro — neste caso, em dólar americano. 

A criação de novos tokens é controlada pela quantidade de reservas da empresa emissora da moeda. Dessa forma, é possível manter a paridade de 1 para 1 com o dólar.

Entretanto, a empresa afirmou que investiria 15% do lucro líquido em bitcoin para “diversificar” as reservas.

Quem está acostumado com o mercado de criptomoedas sabe que as oscilações de preço são muito intensas — e, justamente por isso, nem todas as moedas podem ser usadas como reserva de valor, como tem sido o caso do BTC nos últimos meses de alta volatilidade.

  • OPORTUNIDADE NO MUNDO CRIPTO: existem 5 ativos que, se comprados antes de junho, podem tornar qualquer investidor MILIONÁRIO, segundo analista da Empiricus Research. [VEJA MAIS AQUI]

Tether X bitcoin: essa conta fecha?

Assim como as instituições financeiras tradicionais, nem todas as reservas do Tether estão em dólar. Existe uma parcela em caixa, mas a outra parte está distribuída em “papéis comerciais”, segundo o relatório da empresa.

E isso inclui uma infinidade de possibilidades: os dólares podem estar alocados em fundos, ações, títulos, e por aí vai. Ou seja, a moeda existe — pero no mucho.

Esses investimentos renderam ao protocolo US$ 1,48 bilhão de lucro em março deste ano. 

Além disso, o montante de US$ 222 milhões pode parecer muito, mas corresponde a pouco mais de 2,5% das reservas de US$ 82,8 bilhões da Tether. Há ainda um excedente de US$ 2,44 bilhões nas reservas para emissão de novos USDT — utilizado para conter eventuais oscilações e manter a paridade do Tether com o dólar. 

“A decisão de investir em bitcoin, a primeira e maior criptomoeda do mundo, é sustentada por sua força e potencial como ativo de investimento”, afirmou o CTO da Tether, Paolo Ardoino, em comunicado.

Há controvérsias

As stablecoins são utilizadas majoritariamente como moedas “padrão” para reduzir os custos de transações dentro do universo cripto. Também são geralmente usadas como hedge (proteção) de investimentos por estarem atreladas ao dólar. 

Mas desde o ano passado essa estabilidade vem sendo abalada. Para citar dois momentos: durante a crise que culminou com o colapso do protocolo Terra (LUNA) e recentemente durante os problemas de liquidez bancária nos Estados Unidos, essa classe de moedas perdeu a paridade com o dólar.

Recentemente, o mecanismo de paridade com o dólar da Tether foi questionado por analistas do setor após a perda do peg (paridade com a moeda de referência, no jargão desse mercado) por um breve momento de abalo nas cotações — que não deveria afetar as stablecoins, na visão desses especialistas.

Por fim, vale lembrar que os órgãos reguladores dos Estados Unidos estão de olho nas empresas emissoras de stablecoins. O Departamento de Justiça alega que essas instituições se comportam como bancos e que, como tais, deveriam ser melhor reguladas.

Compartilhe

QUEM LACRA NÃO LUCRA?

Briga entre Elon Musk e Alexandre de Moraes faz criptomoeda disparar mais de 9.500% em menos de uma semana

12 de abril de 2024 - 17:46

A moeda-meme foi criada por internautas no último domingo (7) — e já se valorizou 9.550% em três dias de lançamento

CONTRA O RELÓGIO

Menos de dez dias para o halving do bitcoin (BTC): depois de impulsionar, ETFs estabilizam criptomoedas; até onde os preços vão agora?

10 de abril de 2024 - 10:57

Em 2016 e 2020, por exemplo, quando ocorreram os últimos dois halvings, o preço do BTC subiu 123,80% e 304,10% respectivamente

CRYPTO INSIGHTS

O problema das três… Camadas? Entenda o que são e por que você deveria olhar para as L3s, nova tecnologia do mercado de criptomoedas

9 de abril de 2024 - 16:42

A nova discussão do momento é a Camada 3 (ou L3s), que representam uma evolução no desenvolvimento de soluções de escalabilidade no ecossistema blockchain

DÉCIMA MAIOR DO MUNDO

Como Toncoin (TON), criptomoeda do Telegram, tomou o lugar da Avalanche (AVAX) com alta do mercado

8 de abril de 2024 - 12:40

A integração com o Telegram impulsionou as cotações da moeda este ano, mas um anúncio de hoje também ajudou na valorização

RALI ANTECIPADO

Faltando onze dias para o halving, bitcoin (BTC) se aproxima das máximas históricas a US$ 72 mil; ethereum (ETH) e outras criptomoedas também saltam hoje

8 de abril de 2024 - 9:33

Esse é um dos eventos mais importantes do mercado de criptomoedas porque limita a oferta de BTC para o mercado; mantida a demanda, os preços tendem a subir

OTIMISMO DIGITAL

Fome de risco? Bitcoin (BTC) sobe quase 5% e impulsiona outras criptomoedas; veja o que mexe com os ativos digitais 

4 de abril de 2024 - 17:17

Os ganhos do bitcoin puxam outras criptomoedas; o ethereum e a BNB, por exemplo, também avançam nas negociações desta quinta-feira (4)

CRYPTO INSIGHTS

Desmistificando airdrops: tudo o que você precisa saber sobre a prática que está se popularizando no universo das criptomoedas

2 de abril de 2024 - 19:58

Os airdrops representam uma oportunidade emocionante para os entusiastas do universo cripto de obterem tokens gratuitos, mas há desafios e riscos — veja como fugir das armadilhas

AJUSTE DO DIA

Liquidações de bitcoin (BTC) superam os US$ 400 milhões e criptomoeda cai abaixo dos US$ 66 mil

2 de abril de 2024 - 10:09

Os primeiros fundos de índice (ETF, em inglês) de bitcoin à vista dos Estados Unidos foram aprovados em janeiro deste ano e mudaram a dinâmica pré-halving do BTC; veja como

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) sustenta os US$ 70 mil com alta na semana, mas esta criptomoeda quase dobrou de preço no mesmo período

30 de março de 2024 - 13:47

Depois de uma semana de ajuste de preços da maior criptomoeda do mundo, o mercado como um todo voltou a subir e espera pelo halving do bitcoin

DECLARADO CULPADO

Sam Bankman-Fried é condenado a 25 anos de prisão por lavagem de dinheiro e fraude com criptomoedas na FTX e Alameda

28 de março de 2024 - 13:19

O ex-CEO da corretora disse que, “no fim das contas, ele era o responsável pelo colapso da exchange de criptomoedas FTX”, segundo o site Inner City Press

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies