IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2023-01-25T13:08:13-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
CRIPTOMOEDAS

Bitcoin hoje (BTC): Exchange do mesmo grupo da Genesis vai demitir 35% dos funcionários

A exchange Luno faz parte da Digital Currency Group (DCG), grupo que entrou com pedido de recuperação judicial e também é dono da falida plataforma Genesis

25 de janeiro de 2023
13:08
Exchange de criptomoedas Luno
Exchange de criptomoedas Luno - Imagem: Divulgação

Apesar da surpreendente recuperação das cotações do bitcoin (BTC) desde o início do ano, as empresas ligadas ao mercado de criptomoedas seguem em pleno inferno astral. Agora foi a vez da exchange (corretora) britânica Luno anunciar a demissão de até 35% do quadro de funcionários.

Para quem não conhece, a Luno faz parte da Digital Currency Group (DCG), grupo que entrou com pedido de recuperação judicial e também é dono da falida plataforma Genesis.

A Luno informou os funcionários sobre os cortes em uma transmissão ao vivo. A exchange possui aproximadamente 960 funcionários, de acordo com informações do perfil da empresa no LinkedIn.

  • Vá além do bitcoin (BTC): conheça os nomes de 9 criptomoedas indicadas por analistas do mercado como as favoritas para quem busca lucros com ativos digitais em 2023. VEJA A LISTA GRATUITAMENTE AQUI

Os cortes na Luno

A Luno não tem escritórios no Brasil, mas possui unidades na África, sudeste da Ásia e Europa. Os maiores cortes devem ocorrer nas equipes de marketing.

“2022 foi um ano incrivelmente difícil para a indústria de tecnologia em geral e, em particular, para o mercado de criptomoedas”, disse a empresa em comunicado enviado à CNBC.

Bitcoin (BTC) hoje

O bitcoin e as criptomoedas dão uma pausa no rali desde início de ano e de modo geral operam em baixa na tarde desta quarta-feira. O BTC era negociado na casa dos US$ 22.500, em queda de 1,5%, de acordo com dados do CoinMarketCap. No ano, o bitcoin acumula valorização de 35% em dólares.

*Com informações da CNBC

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

LOTERIAS

Lotofácil e Quina acumulam; Mega-Sena pode pagar R$ 115 milhões hoje

1 de fevereiro de 2023 - 6:01

Mega-Sena está acumulada desde o sorteio da virada; Lotofácil e Quina também oferecem prêmios milionários nesta quarta-feira

maus ventos

O Brasil vai acabar? Inflação pode deixar de responder ao BC se Lula conseguir mudar meta, dizem gestores

31 de janeiro de 2023 - 21:24

Rodrigo Azevedo, da Ibiuna, e Felipe Guerra, da Legacy, estão com visão pessimista para o Brasil

DIA 31

Está confirmado: Lula vai para os EUA no dia 10 de fevereiro — veja o que ele vai discutir com Biden

31 de janeiro de 2023 - 20:06

Enquanto o encontro não chega, o petista tentou acalmar os ânimos dos investidores — que seguem desconfiados em relação à responsabilidade fiscal do novo governo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa sobe em meio ao caos de um interminável janeiro; o que afeta a bolsa nos próximos dias?

31 de janeiro de 2023 - 18:57

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

MELHORES DO MÊS

Renascimento cripto: bitcoin (BTC) volta a brilhar, sobe mais de 30% e é disparado o melhor investimento de janeiro; títulos do Tesouro ficam na lanterna

31 de janeiro de 2023 - 18:46

As medalhas de prata e bronze foram para o ouro e para o Ibovespa, em um movimento de busca por segurança — e barganhas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies