🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
FRONTEIRA TECNOLÓGICA

Nova Guerra Fria? Estados Unidos e Rússia disputam dianteira na mineração de bitcoin (BTC) em nova fronteira tecnológica

No primeiro trimestre de 2023, os Estados Unidos destinaram entre 3 a 4 gigawatts (GW) para a mineração de bitcoin. Já o segundo lugar, a Rússia, utilizou 1 GW para o mesmo fim

Renan Sousa
Renan Sousa
24 de abril de 2023
14:26 - atualizado às 13:24
Bitcoin ao lado do mapa da Rússia com um pino vermelho em cima; sanções à negociação de criptomoedas
Imagem: Pixabay

A Guerra Fria acabou oficialmente em 1991, com a queda da União Soviética. Mas Estados Unidos e Rússia não tiveram o melhor relacionamento do mundo desde então — a guerra da Ucrânia expôs divergências ainda maiores entre os países. A queda de braço se estendeu agora para o mercado de mineração de bitcoin (BTC).

Um novo estudo da BitRiver, empresa russa de mineração de criptomoedas, coloca o país como o segundo maior minerador de BTC, perdendo apenas para os Estados Unidos.

A mineração é um processo pelo qual são inseridos novos blocos na rede (blockchain) da criptomoeda.

Em termos mais simples, o validador da rede precisa resolver um problema com o potencial do seu computador para ganhar uma recompensa. Leia mais sobre mineração de criptomoedas aqui.

No primeiro trimestre de 2023, os Estados Unidos destinaram entre 3 a 4 gigawatts (GW) para a mineração de bitcoin. Já o segundo lugar, a Rússia, utilizou 1 GW para o mesmo fim. Outros países e regiões incluem o Golfo Pérsico, com 700 megawatts (MW), Canadá (400 MW) e Malásia (300 MW), disse o relatório.

Guerra pela mineração do bitcoin? Não é bem assim

Por si só, a mineração de bitcoin não é lá grande coisa. Entretanto, o maior número de mineradores e pessoas interessadas em criptomoedas tende a gerar desenvolvimento de tecnologia.

A Rússia é reconhecidamente um polo de desenvolvimento de tecnologia digital — mesmo durante a União Soviética e até os dias de hoje, o país é famoso por revelar especialistas no campo da informática.

Além disso, a corrida por novas tecnologias impulsionou os dois países para o espaço e, após o banimento dos mineradores da China, tanto EUA quanto Rússia viraram a nova casa desses validadores.

O próprio país liderado por Vladimir Putin também chegou a tentar regular atividades relacionadas à mineração de bitcoin e vem buscando alternativas dentro do mundo das criptomoedas às sanções impostas pelo Ocidente — inclusive rumores de desenvolver uma moeda digital (ou CDBC) própria, assim como o real digital, para transações internacionais.

  • Enquanto SVB e Credit Suisse acendem alertas de crise bancária, entusiastas de criptomoedas voltam a enxergar o bitcoin como reserva de valor alternativa. Será mesmo que o BTC é o “ouro digital”? Confira a análise completa aqui. 

Muitos “poréns” aí

O dado sobre a mineração de bitcoin pode não ser muito preciso. Em primeiro lugar, por se tratar de um sistema descentralizado e com identificação limitada dos participantes (com endereços digitais “pseudo anônimos”), não é possível aferir o número exato de validadores.

Além disso, a mineração é proibida em muitos países e quem quiser validar a rede precisa de um acesso via VPN (rede privada de internet), o que dificulta rastrear de que local essas moedas estão sendo emitidas.

Bitcoin dentro da lei nos EUA

Enquanto a Rússia segue a todo vapor para tentar incorporar as criptomoedas à sua dinâmica econômica, os EUA continuam perdidos, principalmente na questão da regulação.

Gery Gensler, presidente da SEC, a CVM americana, voltou a afirmar que o órgão terá uma posição mais dura contra “valores mobiliários disfarçados de ativos digitais”.

Membros e representantes do setor já se incomodaram mais de uma vez com as falas do chefe da comissão que regula o mercado de capitais nos EUA.Só recentemente a Europa aprovou uma lei que regula o setor e pode servir de base para outras legislações, mas não há indícios de que isso deve acontecer tão cedo.

Compartilhe

CRIPTOMOEDAS

A SEC mudou de ideia em relação às criptomoedas? Aprovação de ETF de ethereum (ETH) sugere que isso pode ter começado a acontecer

26 de maio de 2024 - 11:27

Xerife do mercado financeiro norte-americano concedeu aval para o funcionamento de ETFs de ethereum à vista

SINAL VERDE

É oficial: ETF de ethereum (ETH) spot é aprovado pela SEC após grande expectativa do mercado; efeito será o mesmo que no bitcoin (BTC)?

23 de maio de 2024 - 18:34

De acordo com o analista Geoff Kendrick, o ethereum deve chegar ao fim de 2024 no patamar de US$ 8 mil, alta de praticamente 100%

MOEDA DO BC

Mesmo com falhas de privacidade, piloto do real digital (Drex) entrará em segunda fase de testes — mas lançamento é adiado de novo 

22 de maio de 2024 - 13:10

O BC informou mais cedo que o lançamento do Drex ficou para o final de 2025; antes, o cronograma apontava para algo entre o fim de 2024 e começo de 2025

PEPPERONI E MARGUERITA

Duas pizzas por R$ 3,5 bilhões? Entenda por que os entusiastas das criptomoedas celebram o Bitcoin Two Pizza Day

22 de maio de 2024 - 9:06

Em 2010, Laszlo Hanyecz desembolsou 10 mil bitcoins para pagar por duas pizzas. Na época, esse montante equivalia a apenas US$ 70

EM FORTE ALTA

Entenda a notícia que impulsiona o ethereum (ETH) quase 20% e faz o bitcoin (BTC) ultrapassar os US$ 71 mil hoje

21 de maio de 2024 - 8:28

A notícia de que aumentaram as chances de um ETF de ethereum spot ser aprovado pela SEC animou as criptomoedas

NAS MÃOS DO BC

Faltam apenas três passos para que o Banco Central regule o mercado de criptomoedas no Brasil; confira o cronograma

20 de maio de 2024 - 17:31

A instituição ressalta que deve dar atenção especial às regras de prevenção à lavagem de dinheiro e financiamento de terrorismo

SUBSTITUIÇÃO

CEO do maior fundo de bitcoin (BTC) do mundo renuncia em meio à debandada de investidores do GBTC

20 de maio de 2024 - 14:24

Quem assumirá seu lugar interinamente será Peter Mintzberg da empresa a partir de agosto, além de se juntar ao conselho de administração da Grayscale

VAI APAGAR A LUZ

Venezuela vai desligar máquinas de mineração de bitcoin (BTC) no país; você deveria se preocupar?

20 de maio de 2024 - 9:32

Vale lembrar que a Venezuela é um país que sofre várias sanções internacionais, o que limita a capacidade de geração e distribuição de energia para a população

APÓS A TEMPESTADE

Colhendo os cacos do Inverno das Criptomoedas: plataforma de staking da Gemini deve começar a devolver ativos dos clientes neste mês

19 de maio de 2024 - 12:44

O anúncio foi feito após a Justiça aprovar o plano de recuperação judicial do Digital Currency Group (DCG)

ESPERE E VERÁ

Bitcoin (BTC) em alta — e vai continuar: companhia de pesquisa em criptomoedas identifica possível “efeito FTX” no preço dos ativos digitais

16 de maio de 2024 - 11:46

Recentemente, a FTX anunciou que pagaria — com juros — os montantes devidos aos clientes, algo entre US$ 14,5 bilhões e US$ 16,3 bilhões

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar