🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
TO THE MOON

Nós te avisamos: analista que previu bitcoin (BTC) a US$ 40 mil diz até onde criptomoeda vai em 2023 e faz nova aposta para 2024

Assim, o bitcoin recobra os patamares perdidos durante a crise do protocolo Terra (LUNA), iniciada em maio de 2022

Renan Sousa
Renan Sousa
4 de dezembro de 2023
10:38 - atualizado às 14:55
Profecia do bitcoin
Bitcoin (BTC): previsão do começo do ano se confirmou. - Imagem: Montagem Seu Dinheiro

O Longo Inverno das Criptomoedas criou geleiras e barreiras entre o mundo dos ativos digitais e os investidores. Muitos acreditavam que era o fim desse universo após fortes quedas de preço — mas quem comprou no começo de 2023 agora pode abrir um largo sorriso com a recente disparada do bitcoin (BTC).

As cotações da maior criptomoeda do mundo estão em modo turbo e renovaram as máximas de 2023 a US$ 42 mil. Isso representa uma alta de mais de 150% em relação ao começo do ano, segundo o Coin Market Cap.

Fonte: Coin Market Cap

A maior criptomoeda do mundo viu seu valor de mercado crescer para os US$ 815 bilhões, superando grandes empresas consolidadas no mercado, como a Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett (US$ 777,30 bilhões), e a Tesla, de Elon Musk (US$ 759,22 bilhões), e ficando atrás da Meta Platforms (ex-Facebook) por alguns bilhões (US$ 834,76 bilhões).

Assim, o bitcoin recobra os patamares perdidos durante a crise do protocolo Terra (LUNA), iniciada em maio de 2022.

Enquanto uns ficam surpresos, outros já esperavam por essa disparada.

É o caso de Vinícius Bazan, chefe de research de criptomoedas da Empiricus, com quem eu conversei no início do ano — perto do minuto seis você pode vê-lo falando das previsões: “o bitcoin pode chegar à faixa entre US$ 30 mil e US$ 40 mil. Em um cenário otimista, US$ 45 mil”.

Mas dezembro ainda não acabou — e os investidores querem saber se os retornos com bitcoin serão ainda maiores.

Assim, eu voltei a conversar com Bazan hoje e ele me contou suas projeções até o final de 2023 e começo de 2024. A conversa você lê a seguir:

Bitcoin para a Lua!

Para o final de 2023, o analista confirma que os preços podem chegar a US$ 45 mil — mesmo faltando pouco mais de três semanas para o fim do ano. A proximidade com a aprovação do primeiro ETF de bitcoin à vista (spot) dos EUA e a perspectiva com a alívio dos juros no país estimularam o rali do dia.

Contudo, vale lembrar que os preços do BTC vêm escalando semana a semana desde outubro, segundo o Cryptorank.

“Os preços estão bastante esticados agora, o ideal é não comprar tudo de uma vez porque pode vir uma correção forte no meio do caminho”, comenta.

Não custa lembrar que o mercado de criptomoedas é famoso por seus movimentos bruscos — tanto de valorização quanto de depreciação.

Bazan recomenda aportes parcelados em criptomoedas, visando a aproveitar esses momentos de correção até o final do ano.

O chefe de análise também deixa um aviso para aqueles que gostam de se aventurar no universo das altcoins, as criptomoedas alternativas ao bitcoin.

“Muita coisa ruim está subindo agora, então tome cuidado para não se deixar levar. Tem muita criptomoeda que não vale a pena no meio do caminho”, diz.

Em outras palavras, antes de 2024, o melhor é ficar em ativos consolidados por enquanto — isto é, bitcoin e ethereum (ETH). 

2024: bitcoin vai dobrar de preço

O evento mais esperado do mercado de criptomoedas é o halving do bitcoin, quando a recompensa pela mineração do BTC cai pela metade.

Na nossa conversa de fevereiro deste ano, Bazan já havia falado sobre as perspectivas para o mercado pós-halving.

“Continuamos acreditando que o BTC pode superar as máximas históricas [US$ 68.600] e alcançar os US$ 80 mil”, afirma o analista.

Assim, o bitcoin pode dobrar de preço no segundo semestre de 2024, que é quando deve acontecer o halving, segundo o Bitcoin Halving Clock.

Relembrar nunca é demais

Mas, assim como as recomendações para este ano, o importante é não colocar todo o dinheiro dos seus investimentos em criptomoedas.

O analista recomenda alocar uma parcela de, no máximo, 5% do seu portfólio em ativos digitais.

A maior parte desse montante deve ser em bitcoin, que é a principal criptomoeda do planeta. 

Fazer compras regulares — mês a mês ou semana a semana — também é uma estratégia para não ser pego em oscilações de preço que possam impactar negativamente sua carteira.

Compartilhe

VIROU FESTA?

Por que o Ethereum (ETH) se aproxima dos US$ 3 mil e sobe mais do que o Bitcoin (BTC) nesta segunda-feira? Entenda motivos

19 de fevereiro de 2024 - 10:42

Os dados on-chain mostram que houve um aumento da procura nos últimos dias, fazendo o ethereum renovar patamares de preço que não eram vistos desde abril de 2022

CRIPTOMOEDAS NA BOLSA

Coinbase (COIN) registra primeiro lucro trimestral em dois anos: veja outros 3 motivos para a corretora de criptomoedas saltar mais de 15% hoje

16 de fevereiro de 2024 - 12:13

O inverno cripto passou e a corretora soube aproveitar a primavera, vendo a receita total de transações saltar 64%, para US$ 529 milhões

OS TOUROS VOLTARAM

ETFs de bitcoin (BTC) nos EUA ajudam no rali: maior criptomoeda do mundo sobe mais de 20% na semana — vem mais por aí?

14 de fevereiro de 2024 - 11:13

O aumento da demanda pela criptomoeda — somada à relativa manutenção da oferta — gerou uma disparada das cotações

A CORRIDA CRIPTO

Bitcoin (BTC) atinge os US$ 50 mil pela primeira vez desde 2021; veja o que mexe com o mercado de criptomoedas hoje

12 de fevereiro de 2024 - 14:23

A última vez que o ativo virtual cruzou essa fronteira foi em 24 de dezembro de 2021, quando chegou a US$ 50,8 mil

BLOQUINHO CRIPTO

Carnaval antecipado das criptomoedas: bitcoin (BTC) dispara 6% em 24 horas e samba aos US$ 47 mil. Veja o que mexe com o mercado hoje

9 de fevereiro de 2024 - 10:50

A festança do mercado de criptomoedas é tamanha que o bitcoin cruzou a fronteira dos US$ 47 mil pela primeira vez desde a ressaca após a aprovação dos ETFs de BTC spot

CRIPTOS HOJE

Saiu das férias? Bitcoin (BTC) busca os US$ 45 mil enquanto Solana (SOL) sobe 6%; veja o que movimenta as criptomoedas hoje

8 de fevereiro de 2024 - 10:23

Os investidores seguem o sentimento positivo das bolsas no exterior, apesar de os futuros de Nova York ainda não registrarem altas mais firmes

ENTREVISTA EXCLUSIVA

“Se a XP e o Nubank chegaram aonde chegaram, por que nós não podemos ser o equivalente no mundo cripto?”, diz CEO do Mercado Bitcoin

7 de fevereiro de 2024 - 6:10

Reinaldo Rabelo, CEO do MB, compartilhou sua visão sobre o ano de 2024 em entrevista ao Seu Dinheiro

Não adianta se esconder

O Leão está de olho nos seus bitcoins: com ajuda da inteligência artificial (IA), Receita Federal sabe quem não declarou criptomoedas

1 de fevereiro de 2024 - 14:45

Fisco identificou mais de 25 mil brasileiros que não informaram seus bitcoins na declaração de imposto de renda 2023

ESQUENTANDO

Celsius sai da recuperação judicial, paga US$ 3 bilhões aos credores e irá lançar empresa de mineração de bitcoin (BTC)

1 de fevereiro de 2024 - 11:24

O processo como um todo foi acompanhado por membros de autoridades regulatórias dos Estados Unidos, o que ajuda a respaldar legalmente a nova companhia

MUDOU DE IDEIA

Ela (não) vai voltar: advogado diz que corretora de criptomoedas FTX não tem planos de voltar, mas pretende pagar clientes

31 de janeiro de 2024 - 15:10

“A FTX foi uma farsa irresponsável criada por um criminoso condenado”, disse Andy Dietderich, advogado de defesa da corretora

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies