🔴 [TESTE GRÁTIS] NOVO APP PODE GERAR ATÉ R$ 680 POR DIA COM 3 CLIQUES – CONHEÇA

Por que o Ibovespa tombou mais de 7% no mês? Confira a nova ameaça aos dividendos da Petrobras e outros fatores que pressionaram o índice

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

28 de fevereiro de 2023
18:49
Petrobras Ibovespa
Imagem: Shutterstock

Fevereiro é marcado pelo feriado de Carnaval no país. Na bolsa brasileira, porém, não houve motivos para jogar confetes e serpentinas neste mês. O Ibovespa acumulou um tombo de 7,49% no período e fechou no menor nível desde 3 de janeiro deste ano. Já o dólar à vista saltou 2,92% nos últimos 28 dias.

O cenário macroeconômico desafiador e as tensões políticas e fiscais foram algumas das grandes forças por trás do forte recuo do Ibovespa e dominaram as conversas do mercado ao longo do mês.

Nesta terça-feira (28), por exemplo, os planos do governo federal para a Petrobras (PETR4) estiveram no foco dos investidores.

A estatal anunciou mais cedo uma redução no preço dos combustíveis. O corte já era esperado, considerando que as tarifas cobradas pela companhia eram superiores às cotações internacionais do petróleo.

Mas a notícia não veio sozinha, e sim acompanhada de um rumor que derrubou as cotações da petroleira: o de que a reunião entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seus ministros e o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, não tenha servido apenas para discutir a reoneração dos combustíveis.

Circula nos bastidores a notícia de que o grupo debateu também um corte na distribuição de dividendos da empresa. O objetivo seria utilizar parte da verba destinada aos proventos para investir na própria companhia, e também para evitar que a alta nos preços do petróleo seja sempre refletida nos combustíveis nacionais.

Apesar de não confirmado, o tema do papel social da estatal voltou a ressurgir mais tarde, durante uma coletiva do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e derrubou as ações da Petrobras, além de pressionar o Ibovespa.

O índice fechou na mínima do dia, em queda de 0,74% e aos 104.931 pontos, enquanto o dólar subiu 0,34%, cotado em R$ 5,2250.

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa.

Confira outras notícias que mexem com o seu dinheiro

SAINDO DO PET SHOP
A BRF (BRFS3) desistiu de alimentar o seu bichinho — saiba por que a empresa vai se desfazer de sua divisão de comida para animais de estimação. O segmento será vendido por meio de um processo competitivo, quando a oferta mais vantajosa é levada em conta.

DECEPCIONOU
Balanço do quarto trimestre acende o sinal vermelho no GPA, e ações PCAR3 despencam 7%. A cisão do Éxito deve aliviar a alavancagem financeira, mas a melhora das operações precisa aparecer antes que as perspectivas do mercado para a empresa se deteriorem ainda mais.

O JOGO VAI VIRAR?
Putin coloca máquina de destruição para funcionar e está à beira de grande conquista na Ucrânia. Alguns dos combates mais ferozes ocorrem em Bakhmut, na região ucraniana de Donetsk; parte dela já está sob o controle da Rússia e de suas forças por procuração.

MONEY TIMES
Justiça permite à Americanas (AMER3) pagar dívida com pequenos credores. A varejista e empresas coligadas planejam quitar R$ 192,4 milhões no curto prazo com parte dos recursos obtidos com o financiamento DIP de R$ 1 bilhão feito por Lemann e os outros acionistas de referência.

DINHEIRO NA CONTA
Banco do Brasil (BBAS3) corrige valor dos proventos que vai pagar nesta semana. O BB atualizou o valor dos dividendos e JCP pela taxa básica de juros (Selic) até a data do pagamento, que acontece nesta sexta-feira (3).

Compartilhe

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Copom unânime desfaz margem para ruídos e dá fôlego à bolsa — pelo menos em um primeiro momento

20 de junho de 2024 - 7:53

Parece contraditório, mas Ibovespa busca recuperação depois de o Copom ter decidido por unanimidade pela interrupção do ciclo de corte de juros

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: A Nvidia é fruto de hábitos ultrapassados

19 de junho de 2024 - 20:01

Tudo é muito impressionante na história de Nvidia, mas o mais impressionante é o nome por trás da gigante dos chips

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Expectativa com decisão de juros do Copom dá o tom do dia na bolsa, mas feriado nos EUA drena liquidez do mercado

19 de junho de 2024 - 8:05

Analistas esperam manutenção da taxa Selic a 10,50% ao ano, mas decisão de juros será anunciada somente depois do fechamento da bolsa

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: A banalidade do bem, a zona de desinteresse e o elogio do vira-lata

18 de junho de 2024 - 20:15

Três coisas que precisam ser ditas sobre a política monetária de Lula antes do resultado da reunião do Copom.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa busca recuperação com corte dos gastos em pauta e acordo entre Petrobras (PETR4) e Receita

18 de junho de 2024 - 7:54

Ibovespa começa mais um pregão vindo do nível mais baixo de fechamento no ano; indicadores norte-americanos também estão no radar

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

O paradoxo do conservadorismo necessário: para que os juros caiam depois, é preciso mantê-los elevados agora

18 de junho de 2024 - 6:33

Manter os juros altos agora não apenas ajudaria a reancorar as expectativas de inflação, mas também permitiria uma política monetária mais flexível no futuro

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa semana de Copom perto das mínimas do ano e com bolsas internacionais sem direção clara

17 de junho de 2024 - 7:41

Investidores estão na expectativa quanto à divulgação de propostas do governo para revisar os gastos públicos na proposta de orçamento para 2025

Mande sua dúvida!

Meu imóvel foi invadido, e parece que os ocupantes obtiveram a usucapião; ainda consigo fazer a reintegração de posse?

15 de junho de 2024 - 8:00

É possível “reverter” ou “anular” um processo de usucapião? E invasor pode mesmo conseguir usucapir um imóvel?

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mais um dia na bolsa de valores: barulheira fiscal no Brasil, eleições municipais, divulgação do IBC-Br e outros destaques que agitam os mercados

14 de junho de 2024 - 9:07

Contribuição da B3 para a forte queda do Ibovespa em maio, venda da Cetrel pela Braskem (BRKM5) e eleições no Reino Unido também agitam as bolsas nesta sexta-feira (14)

SEXTOU COM O RUY

Em plena semana dos namorados, chegou a hora de dar um “pé na bunda” na bolsa brasileira?

14 de junho de 2024 - 7:01

As notícias não têm sido muito animadoras, mas o Ibovespa negocia hoje com descontos que foram vistos pela última vez apenas na crise financeira de 2008; saiba qual ação ainda vale a pena

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar