🔴 NOVA META: RENDA EXTRA DE ATÉ R$ 2.000,00 POR DIA – VEJA COMO

Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
FRACO DESEMPENHO

Goldman Sachs rebaixa Qualicorp de neutro para venda e corta preço-alvo pela metade; ações QUAL3 caem mais de 5%

Se, antes, o impasse envolvendo a Qualicorp se dava pela participação da Rede D’Or, agora, segundo o banco, o cenário macroeconômico é um dos fatores que pesam sobre os resultados da companhia

Liliane de Lima
17 de janeiro de 2023
16:20 - atualizado às 16:09
Fachada da Qualicorp
Imagem: Shuttertstock

As mudanças na gestão anunciadas no primeiro dia útil do ano não foram suficientes para conter o mau desempenho das ações da Qualicorp (QUAL3) — e  o Goldman Sachs está mais pessimista com os papéis.

O banco rebaixou a recomendação das ações da companhia, de neutro para venda, e cortou o preço-alvo da ação de R$ 12,00 para R$ 6,00 — o que representa uma alta de 1,3% em relação ao fechamento anterior. 

Como reação, os papéis da Qualicorp (QUAL3) recuavam 5,57%, a R$ 5,59 por volta das 16h (horário de Brasília). Acompanhe a cobertura completa de mercados.

Se, antes, o impasse envolvendo a Qualicorp se dava pela participação da Rede D’Or — que deve transferir 70% da sua fatia na empresa  para uma holding e ficará com apenas 6% do capital social da operadora  — agora, segundo o banco, o cenário macroeconômico é um dos fatores que pesam sobre os resultados da companhia. 

Na avaliação do banco, “o momento de ganhos de curto prazo [da companhia] está prestes a enfrentar ventos contrários". 

Soma-se a isso  a percepção de que os resultados trimestrais de 2022 — com exceção do quarto trimestre, que ainda não foram divulgados — foram fracos e, na visão dos analistas do Goldman Sachs, o desempenho deve se manter assim até a segunda metade de 2023. 

Vale lembrar que, no começo do ano, a Qualicorp mudou o quadro de conselheiros. O presidente do conselho de administração, Heráclito de Brito Gomes Júnior, além de Mauro Teixeira Sampaio e Martha Maria Soares Savedra, renunciaram aos seus cargos.

Em paralelo, foi anunciado que Elton Carlucci será o novo CEO da companhia. Na ocasião, as mudanças resultaram em um avanço de 20% nas ações QUAL3

O encanto com Qualicorp (QUAL3) se perdeu? 

Apesar de ser considerada uma companhia de fundamentos sólidos — com  margens elevadas, retorno do investimento dos acionistas e conversão de caixa livre —, o Goldman Sachs atribuiu o rebaixamento da recomendação e o corte de 50% no preço-alvo à quatro fatores: 

  • Cenário macroeconômico mais desfavorável e uma inflação persistente, que impacta as adições brutas aos planos; 
  • Provável concorrência ainda elevada com os planos das pequenas e médias empresas; 
  • Pressão sobre o capital de giro decorrente de condições comerciais desafiadoras, à medida que os custos médicos continuam em alta; 
  • Crescimento modesto do ticket médio em provável aceleração no downgrade de planos de saúde. 

Os analistas ainda destacam que a alta dos preços dos planos de saúde, combinada com a inadimplência acima do esperado, resultou no avanço da taxa de cancelamento (churn) em 2022, o que deve se repetir neste ano — ainda que em um ritmo menor. 

Logo, mais um ano de reajuste de preço de dois dígitos pode impulsionar a taxa de cancelamento novamente e limitar os ganhos da companhia.

  • 11 ações para buscar lucros neste ano: conheça a lista de empresas consideradas as melhores ‘apostas’ para 2023, segundo especialistas do mercado ouvidos pelo Seu Dinheiro. ACESSE AQUI

“A principal conclusão, a nosso ver, é que vemos uma capacidade limitada para o crescimento da receita, já que a base de saúde financeira da empresa continua apresentando adições líquidas negativas  — ou seja, desaceleração das adições brutas —, mais do que a potencial compensação pelo crescimento do ticket médio”, escrevem os analistas Gustavo Miele e Emerson Vieira, que assinam o relatório. 

Por fim, a Qualicorp (QUAL3) já não era a preferida do Goldman Sachs no setor de saúde.

"Quando iniciamos a cobertura do QUAL3 em junho de 2022 com uma classificação neutra, observamos nossas expectativas de que o ímpeto dos ganhos de curto prazo poderia ser comprimido. (...) No entanto, também fomos surpreendidos negativamente por uma desaceleração nas adições brutas, uma dinâmica de capital de giro mais fraca, pressão nas comissões ainda altas para corretores terceirizados", escreveram os analistas.  

Compartilhe

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Yduqs (YDUQ3) dispara e Ibovespa sustenta os 127 mil pontos na véspera da ata do Fed; dólar sobe a R$ 5,11

21 de maio de 2024 - 17:23

RESUMO DO DIA: Em um dia marcado pela volatilidade na bolsa local e o avanço mais contido em Nova York, faltou combustível para a tentativa do Ibovespa de recuperar as perdas da sessão anterior. O principal índice da bolsa brasileira fechou em baixa de 0,27%, aos 127.411 pontos. Já o dólar à vista ficou a […]

PINGANDO NA CONTA

Dona da bolsa, B3 (B3SA3) mira ETFs pagadores de dividendos em nova versão do índice IDIV

21 de maio de 2024 - 15:36

Nova forma de cálculo do IDIV B3 permite que índice esteja atrelado a ETFs que repassam pagamentos de proventos aos cotistas

DESTAQUE DA BOLSA

Segredo revelado: Yduqs (YDUQ3) apresenta projeções para os próximos cinco anos e ações sobem mais de 10% na B3

21 de maio de 2024 - 13:05

Há uma semana, a companhia educacional reportou os resultados do primeiro trimestre e nada mais

GIGANTE DOS FIIs

Maxi Renda (MXRF11) quer captar até R$ 1 bilhão na bolsa e convoca assembleia para votar nova emissão de cotas; veja como participar

21 de maio de 2024 - 11:48

Se aprovada, essa será a décima emissão da carteira do FII e deve ser destinada a investidores em geral

OUTONO NÃO CHEGOU?

Altas temperaturas pegam a Lojas Renner (LREN3) desprevenida e provocam revisão para baixo pela XP

21 de maio de 2024 - 10:37

Os analistas destacam que as ações da varejista estão descontadas em relação aos níveis históricos, mas ainda não é hora de comprar os papéis

DANÇA DAS CADEIRAS

Exclusivo: Verde Asset reformula área de ações com a saída de três profissionais; Stuhlberger vai decidir risco no dia a dia

21 de maio de 2024 - 7:20

A reestruturação do time de ações acontece em um período turbulento para a indústria de fundos; fundo Verde perde para o CDI nos últimos 12 meses

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Com pressão de Vale, Ibovespa começa a semana em queda; dólar sobe a R$ 5,10

20 de maio de 2024 - 17:20

RESUMO DO DIA: O principal índice da bolsa brasileira entrou na penúltima semana de maio de olho no retrovisor. Isso porque os desdobramentos da saída de Jean Paul Prates da presidência da Petrobras (PETR4) seguiram sendo o foco dos investidores locais. O Ibovespa terminou o dia com baixa de 0,31%, aos 127.750 pontos. Já o […]

INVESTIMENTOS

À procura de dividendos? Itaú Asset lança ETF que distribui renda para investidores 

20 de maio de 2024 - 15:14

Sob o código DIVD11, o fundo do Itaú começa a ser negociado em 11 de junho e com referência ao Índice de Dividendos da B3, o IDIV

QUEM CONTROLA O CONTROLADOR

Em vitória dos minoritários, Braskem (BRKM5) sobe forte na B3 após Novonor ser condenada a pagar indenização bilionária à companhia

20 de maio de 2024 - 11:23

Controladora da Braskem, Novonor foi condenada a indenizar a petroquímica em cerca de R$ 5,5 bilhões em processo aberto por acionistas minoritários

REVISÃO

Santander reduz projeção do Ibovespa para 145 mil pontos e muda carteira para enfrentar turbulência; veja as ações favoritas dos analistas

20 de maio de 2024 - 10:59

Mesmo com a redução da projeção em 15 mil pontos, o banco espera crescimento do Ibovespa em 13% neste ano e um retorno de 15% de lucro por ação

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar