🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-19T13:10:21-03:00
Beatriz Azevedo Pinto
RÚSSIA EM APUROS?

A economia da Rússia será capaz de resistir à guerra? ‘Transformação estrutural’ está acontecendo, alerta banco central do país; taxa básica de juros permanece em 20%

O banco central do país manteve a taxa básica de juros em 20%, mas alertou para inflação alta e contração econômica

19 de março de 2022
13:10
Vladimir Putin, presidente da Rússia
Vladimir Putin, presidente da Rússia - Imagem: Sergei KarpukhinTASS/Getty Images

Nesta sexta-feira (19), o banco central da Rússia (CBR) manteve a taxa básica de juros do país em 20%, mas alertou para a inflação mais alta e contração econômica. 

No final de fevereiro, logo após as forças russas invadirem a Ucrânia, o CBR mais que dobrou a taxa de juros do país de 9,5% para 20%. O aumento foi parte dos esforços para  sustentar a moeda do país, que despencou com o início da guerra, e mitigar o impacto das duras sanções internacionais. 

No comunicado, o banco central afirmou que o forte aumento em sua taxa básica de juros ajudou a sustentar a estabilidade financeira da Rússia. 

“A economia russa está entrando numa transformação estrutural em larga escala, que será acompanhada por um período temporário, mas inevitável, de aumento da inflação, principalmente relacionada a ajustes de preços relativos em uma ampla gama de bens e serviços”, destacou o CBR.

A autoridade monetária também afirmou que a inflação retornará à meta de 4% em 2024, mas não deu previsões para este ano. Além disso, o CBR alertou para a contração econômica iminente.

Rublo em queda brusca

O rublo caiu para mínimas recordes em relação ao dólar devido a uma enxurrada de novas sanções e penalidades impostas a Moscou pelos EUA e aliados europeus. A moeda passou a ser negociada em 104 rublos por dólar, após a decisão de sexta-feira.

Nesta semana, a Rússia conseguiu evitar um calote histórico da dívida, completando alguns de seus pagamentos de títulos soberanos em dólares, informou a Reuters. 

Os detentores de dois títulos em dólares russos disseram que os pagamentos dos cupons (juros) chegaram na última quinta-feira (17), com um dia de atraso, mas dentro do período de carência de 30 dias concedido sob os termos dos títulos.

No entanto, o pagamento dos títulos não significa que o risco de inadimplência está fora da jogada. O país pode deixar de pagar um título em rublo que deveria ser pago no início deste mês, mas investidores estrangeiros não receberam. 

Assim, a Rússia tem 30 dias para arcar com a dívida, caso contrário a empresa de classificação de risco Fitch afirmou que terá que declarar o país em default

A Rússia tem um adicional de US$ 615 milhões em pagamentos de títulos a serem feitos a credores estrangeiros este mês, e um título com vencimento de US$ 2 bilhões que terá que pagar integralmente em abril.

Veja também - Brasil é o paraíso dos rentistas: com Selic em alta, é hora de abandonar a bolsa e buscar riqueza na renda fixa?

Com a Selic de volta aos dois dígitos e os juros reais (acima da inflação) próximos dos 6% ao ano, enriquecer investindo em renda fixa voltou a ser possível. E não se trata de um eufemismo. Nessa classe de ativos, já é possível obter retornos capazes de dobrar o capital do investidor em apenas sete anos. Dê o play no podcast Touros e Ursos para descobrir se está na hora de abandonar a bolsa e buscar bons ganhos na renda fixa:

*Com informações da CNBC e Valor Econômico.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

enxugando gelo

Alivia agora para apertar depois: corte de impostos sobre combustíveis e energia reduz estimativas de inflação para 2022, mas pressão volta em 2023

Economistas revisam suas projeções para o IPCA e alertam que fiscal e volta do PIS/Cofins podem voltar a bater na inflação no ano que vem

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies