🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-05-23T20:27:06-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
EM BUSCA DE UNICÓRNIOS?

Ânima (ANIM3) cria fundo de R$ 150 milhões para investir em startups de educação e outros segmentos; saiba mais

Além das startups focadas no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a educação, a empresa também investirá em iniciativas que “permeiam” o segmento e “buscam soluções ágeis transformacionais”

23 de maio de 2022
20:27
Ânima Educação (ANIM3) startups
Imagem: Reprodução

A Ânima Educação (ANIM3) juntou-se à caçada aos unicórnios. Assim como a B3 (B3SA3), que anunciou recentemente o lançamento de um fundo voltado para o empreendedorismo e inovação, a holding do setor de educação reservou R$150 milhões para o investimento em startups.

O dinheiro será utilizado para a criação de seu primeiro Corporate Venture Capital (CVC), como é chamado um fundo criado por uma empresa para investir em outros negócios. E, com essa quantia disponível, a empresa não restringirá sua busca apenas às edtechs.

Além das startups focadas no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a educação, a Ânima também investirá em iniciativas que "permeiam" o segmento e "buscam soluções ágeis transformacionais".

Ânima (ANIM3) restringe participação

Mas há uma restrição: para participar, as empresas terão de se enquadrar nas categorias de startups early stage e series A. Ou seja, os negócios devem estar em fases iniciais ou que pretendem escalar o modelo de negócios, clientes e receita.

O fundo permitirá a continuidade do propósito de transformar o Brasil pela educação, de maneira ainda mais dinâmica, olhando não somente o core business, mas tudo que contribua ao ecossistema", destaca, em nota enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Ânima.

Investimento em startup se espalha

E não é só o setor de educação aposta em startups. Até segmentos menos convencionais como o de criptomoedas têm visto uma movimentação recente nesse sentido.

Na sexta-feira (20) a Méliuz (CASH3) anunciou uma parceria com a startup Liqi, fintech de ativos digitais em blockchain.

Conhecida por popularizar cupons de descontos e cashback por aplicativo, a companhia lançou em janeiro deste ano uma conta digital para a negociação de bitcoins (BTC) e dinheiro de volta em moedas digitais.

A chegada da Liqi na Méliuz acontece em meio a entrada de criptomoedas, como moeda de negociação, em outras financeiras, como Nubank (NUBR33), BTG Pactual (BPAC3) e XP (XPBR31).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies