🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
follow on

Ânima fará oferta restrita de ações que pode chegar a R$ 1,1 bilhão

Recursos levantados serão destinados a financiar parte da aquisição dos ativos do grupo americano de educação Laureate no Brasil

Ânima Educação (ANIM3) startups
Imagem: Reprodução

A Ânima Educação (ANIM3) anunciou na madrugada desta terça-feira (24) que vai realizar uma oferta primária de ações (follow on) capaz de levantar até R$ 1,135 bilhão, para financiar parte da aquisição dos ativos da americana Laureate no Brasil.

O valor considera a cotação de fechamento de ontem dos papéis, R$ 31,15, e a colocação da totalidade das ações. A empresa planeja vender inicialmente 27 milhões de ações ordinárias. Caso os ativos sejam integralmente comprados, a Ânima receberá R$ 841,05 milhões. A oferta poderá ser acrescida em até 35%, ou seja, em até 9,45 milhões de unidades, chegando nos R$ 1,135 bilhão.

O preço em que os ativos serão vendidos será anunciado em 3 de dezembro e as novas ações começarão a ser negociadas na B3 em 7 de dezembro.

Segundo fato relevante divulgado pela Ânima, será uma oferta de esforços restritos, isto é, não estará aberta aos investidores em geral.

A operação será coordenada pelos bancos Bradesco BBI, Santander, UBS BB, Itaú BBA e J.P. Morgan.

Laureate

A Ânima Educação levou a melhor na disputa com a Ser Educacional (SEER3) pelos ativos da Laureate no País, um portfólio de faculdades composto por nomes como Anhembi Morumbi e FMU. Ela tem mais de 50 unidades de ensino pelo Brasil e mais de 500 centros de ensino à distância.

A proposta da dona das universidades São Judas e UniBH totaliza R$ 4,4 bilhões, sendo R$ 3,8 bilhões em dinheiro e o restante em dívidas que assumirá. O montante é R$ 500 milhões superior ao que a Ser ofereceu, sendo que parte da proposta previa o repasse de ações.

A Ser, do empresário Janguiê Diniz, quase levou a disputa aos tribunais, alegando que a Laureate feriu os termos do acordo acertado entre as partes.

No fim, porém, ela fechou um acordo para receber, da Ânima, a multa no valor de R$ 180 milhões em dinheiro, relativa ao fim do seu acordo com a Laureate, em vez de receber o direito à propriedade futura das sociedades mantenedoras de duas das instituições de ensino do grupo estrangeiro neste momento.

Compartilhe

EM BUSCA DE UNICÓRNIOS?

Ânima (ANIM3) cria fundo de R$ 150 milhões para investir em startups de educação e outros segmentos; saiba mais

23 de maio de 2022 - 20:27

Além das startups focadas no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a educação, a empresa também investirá em iniciativas que “permeiam” o segmento e “buscam soluções ágeis transformacionais”

Capítulos finais da novela

Ser Educacional exerce opção de compra por ativos da Laureate previsto em acordo com a Ânima

28 de dezembro de 2020 - 12:05

Ainda que tenha recebido a multa de R$ 180 milhões, a Ser também manteve o direito de compra preservado.

CONSOLIDAÇÃO DE MERCADO

Laureate reitera escolha pela oferta da Ânima por seus ativos no Brasil

27 de outubro de 2020 - 13:16

Oferta da Ânima avalia portfólios da Laureate no País em R$ 4,4 bilhões, mas Ser Educacional já informou que vai à Justiça

Ação está barata?

Após oferta de ações, Ânima anuncia novo programa de recompra

8 de março de 2020 - 8:01

Dinheiro para a recompra não virá da oferta, mas de R$ 235 milhões que a empresa possui nas contas de reserva de capital e de lucros

DEFESA CONTRA O PT?

Na reta final da eleição, quem acelerou foram as ações do setor de educação

4 de outubro de 2018 - 15:33

Desde que o Ibope apontou Haddad no 2º turno até quarta (3), Kroton acumula alta de 20,45% e Estácio subiu 18,79%, contra 8,4% do Ibovespa.

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies