🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-10T12:52:19-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
ELEIÇÕES 2022

Quem apoia Simone Tebet? Veja quem são os empresários e economistas que endossam a candidatura da senadora à Presidência

Subscrevem o documento 281 pessoas; os principais envolvidos no movimento são empresários influentes e economistas reconhecidamente liberais

10 de junho de 2022
12:52
Simone Tebet PSDB
Simone Tebet tenta fazer sua candidatura decolar. -

O estabelecimento de uma candidatura de terceira via para as eleições de 2022 está complicado. A senadora Simone Tebet (MDB) tem aparecido em quarto lugar nas pesquisas de intenção de voto.

Mesmo depois da unificação da terceira via em torno de sua candidatura, Simone Tebet aparece bem atrás de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de Jair Bolsonaro (PL) e até mesmo de Ciro Gomes (PDT), o terceiro colocado.

Isso não tem impedido influentes empresários e economistas liberais de declararem abertamente apoio à emedebista.

Mais um manifesto em apoio a Simone Tebet

Mais um manifesto de apoio à candidatura de Simone Tebet (MDB) à Presidência da República foi divulgado ontem.

No texto, Simone é descrita como uma mulher com capacidade ‘indispensável para pacificar o País'.

"Temos que nos unir para fortalecer seu nome como alternativa real à atual polarização", disse a doutora em Economia pela USP Ana Carla Abrão, uma das signatárias do manifesto.

"É com entusiasmo que aqui declaramos apoio ao nome da senadora Simone Tebet para liderar essa caminhada", afirma o texto.

Segundo o manifesto, Simone Tebet é o nome que possui "sensibilidade para perceber as grandes dores da população". Os signatários dizem "aplaudir" a decisão do PSDB de apoiar oficialmente o nome da senadora ao Planalto.

No documento, eles afirmam querer para a Presidência um nome "comprometido com a democracia" e empenhado em um projeto nacional de prosperidade.

Quem assina o manifesto

Subscrevem o documento 281 pessoas. Os principais envolvidos no movimento são empresários influentes e economistas reconhecidamente liberais.

A carta é assinada por nomes como os economistas Arminio Fraga, Afonso Celso Pastore, Ana Carla Abrão, Helio Zylberstajn, Elena Landau, Eliana Cardoso, Edmar Bacha, Claudio Frischtak, Horacio Lafer Piva, Mailson da Nobrega, Roberto Macedo e Samuel Pessoa.

Também assinam o engenheiro David Zylbersztajn, o diretor da Natura Pedro Passos, os empresários Fabio Barbosa e Pedro Parente, o jurista Miguel Reale Junior, o ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung e o ex-deputado federal Eduardo Jorge. Outras 263 pessoas assinaram o texto.

Outro manifesto em apoio a Simone Tebet, também assinado por empresários e economistas, havia sido divulgado no fim do mês passado na plataforma change.org, quatro dias antes de João Doria desistir de sua pré-candidatura.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

enxugando gelo

Alivia agora para apertar depois: corte de impostos sobre combustíveis e energia reduz estimativas de inflação para 2022, mas pressão volta em 2023

Economistas revisam suas projeções para o IPCA e alertam que fiscal e volta do PIS/Cofins podem voltar a bater na inflação no ano que vem

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies