O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-12T17:12:28-03:00
Carolina Gama
ESCALADA DA GUERRA

Espumando de raiva: Putin vai retaliar se Finlândia entrar para a Otan; saiba o que a Rússia falou dessa vez

O presidente finlandês, Sauli Niinisto, e a primeira-ministra Sanna Marin disseram que o país deveria se inscrever para ingressar na Otan sem demora, despertando a ira do líder russo

12 de maio de 2022
17:12
Vladimir Putin, presidente da Rússia
Vladimir Putin, presidente da Rússia - Imagem: Sergei KarpukhinTASS/Getty Images

A terceira lei de Newton diz que toda ação corresponde a uma reação de igual intensidade, mas que atua no sentido oposto. E é isso que promete o presidente da Rússia, Vladimir Putin, caso a Finlândia ingresse na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan)

Mais cedo, o presidente da Finlândia, Sauli Niinisto, e a primeira-ministra Sanna Marin disseram que o país “deveria se inscrever para ingressar na Otan sem demora”

Esse é o sinal mais forte até agora de que a Finlândia fará um pedido formal para ingressar na aliança. A adesão seria histórica para o país nórdico, que tem uma política de neutralidade militar há décadas.

A retaliação da Rússia

A Rússia criticou os planos da Finlândia de se inscrever em breve para ingressar na Otan, alegando que seria “forçada” a retaliar se o país neutro se juntar à aliança militar.

Em comunicado nesta quinta-feira (12), o Ministério das Relações Exteriores russo disse que a  adesão da Finlândia à Otan é uma mudança radical na política externa do país.

“A Rússia será forçada a tomar medidas de retaliação, tanto de natureza militar-técnica quanto de outra natureza, a fim de impedir que surjam ameaças à sua segurança nacional”, diz a nota. 

Segundo o governo liderado por Vladimir Putin, o objetivo da Otan é convencer países como a Finlândia de que não há outra alternativa à adesão à aliança para continuar se expandindo em direção às fronteiras da Rússia, criando outro flanco para uma ameaça militar.

A relação espinhosa com a Otan

A Otan foi fundada em 1949 pelos EUA, Canadá e várias nações da Europa Ocidental para fornecer segurança coletiva contra o antepassado da Rússia moderna, a União Soviética.

Desde sua fundação, a aliança teve uma relação espinhosa com a União Soviética durante a Guerra Fria e, após seu colapso em 1991, com a Federação Russa.

A Finlândia não aderiu à Otan desde a sua fundação. O país nórdico chegou até a assinar um tratado de paz com a União Soviética, em 1947, e um tratado de amizade, em 1992. 

Nos últimos anos, no entanto, a Finlândia e a Suécia — outro país neutro — aproximaram-se da Otan, participando de algumas operações e missões lideradas pela aliança.

Segundo a Rússia, a adesão da Finlândia à Otan violaria acordos anteriores que “estabelecem a obrigação das partes de não entrar em alianças ou participar de coalizões dirigidas contra uma delas”. 

*Com informações da CNBC

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

AUTOMÓVEIS

Elon Musk em apuros? Tesla perde apelo entre consumidores de carros de luxo

Tesla cai do 3º para o 5º lugar na preferência dos compradores de carros de luxo nos EUA no primeiro trimestre, mas ainda domina entre modelos elétricos

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Melhora de Nova York faz Ibovespa futuro sustentar alta da abertura; dólar vai a R$ 5,10

RESUMO DO DIA: A desaceleração da economia chinesa pesou no sentimento das bolsas nesta segunda-feira (16). Os dados mais fracos dão os primeiros sinais de recessão, o que deve afetar o desempenho das atividades nos demais países. Por aqui, a Petrobras (PETR4) é o foco do dia, com debates envolvendo o preço dos combustíveis e […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Wiz (WIZB3) e lucro de 5% no bolso com Bradesco (BBDC4)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Wiz (WIZS3), com entrada em R$ 8,44; veja a análise

O melhor do Seu Dinheiro

O Nubank estará Nu mais uma vez? Confira a história do dia e outras sete notícias que mexem com os seus investimentos

O Nubank virou rei na competição com os bancões, mas a nudez dos balanços amargou o gosto dos investidores pela fintech; veja o que esperar do resultado do primeiro trimestre

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Desaceleração da China gera mal estar e bolsas amanhecem pressionadas; Ibovespa acompanha tensão na Petrobras (PETR4)

No panorama doméstico, os balanços de Magazine Luiza, Nubank e outros movimentam o dia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies