2022-01-20T11:57:43-03:00
Camille Lima
NOVO PATAMAR

“Famosinha das blockchains”: Solana (SOL) supera a marca de US$ 1 bilhão em volume total de vendas de NFTs

Popularidade da plataforma da Solana subiu no segundo semestre de 2021 devido a taxas menores de transação em relação ao Ethereum

20 de janeiro de 2022
11:57
Solana Jakub Porzycki – NurPhoto – Getty Images
Imagem: Jakub Porzycki/NurPhoto/Getty Images

A blockchain Solana (SOL) atingiu um novo patamar neste mês. Suas vendas de NFTs (tokens não fungíveis) ultrapassaram a marca de US$ 1 bilhão em volume total desde o começo de sua história.

Os dados foram computados pelo site rastreador de vendas de tokens CryptoSlam!.

Os tokens não fungíveis baseados na Solana viram sua popularidade subir durante o segundo semestre do ano passado.

Isso porque as taxas de transação de SOL são mais baratas que as taxas de gás (gas fee) do Ethereum, considerado o blockchain mais popular para NFTs, que passaram a subir para níveis estrondosos.

Os NFTs da Solana

A primeira vez que um NFT da Solana ultrapassou o valor de US$ 1 milhão aconteceu em meados de setembro de 2021. O token pertencia à Degenerate Ape Academy, coleção de peças de 10 mil primatas em 3D, geradas a partir de um algoritmo.

Cerca de um mês após a venda milionária, a Solana vendeu seu NFT mais caro até agora, negociado a US$ 2,1 milhões.

Mas esse ritmo e o bom humor não foram constantes. Desde então, a plataforma de blockchain passa por dificuldades para oferecer projetos de NFTs de alta relevância para o mercado, como o Bored Ape Yacht Club (BAYC) e o CryptoPunks.

Negociações na plataforma

Segundo dados do The Block, o maior volume de negociação semanal da blockchain foi visto na última semana de agosto, com um total de US$ 160,4 milhões.

Esse número ainda é extremamente pequeno em relação ao volume movimentado em mercados com base em Ethereum, que chega a somar bilhões de dólares. No mesmo período, o montante totalizou US$ 1,36 bilhão.

Apesar de menores, as negociações no espaço de NFTs na Solana seguem firmes no começo de 2022. 

Ecossistema da SOL e o metaverso

O ecossistema da SOL segue ganhando impulso com a ajuda da Metaplex, empresa que permite que os usuários criem seus próprios mercados de NFT baseados em Solana.

A Metaplex recentemente arrecadou US$ 46 milhões em uma rodada de financiamento liderada por Multicoin Capital e Jump Crypto para a venda de acordo simples para tokens futuros (chamados de SAFT).

“Acreditamos que o metaverso será aberto, resistente à censura e acessível globalmente”, disse Sergey Vasylchuk, diretor da Metaplex. “Neste metaverso, o Metaplex servirá como um protocolo NFT para capacitar a próxima onda de comércio descentralizado, experiências sociais e de jogos”.

*Com informações de The Block

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies