🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-02-21T12:28:01-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
PREVISÕES

Bitcoin (BTC) só em 2024? Cofundador de corretora de criptomoeda ‘expulsa’ da China afirma que rali dos ativos digitais só deve voltar em dois anos

Em entrevista, o cofundador da Huobi afirmou que o padrão de quedas da maior criptomoeda do mundo pode se repetir até 2024

21 de fevereiro de 2022
12:27 - atualizado às 12:28
Huobi, a sexta maior corretora de criptomoedas do mundo (exchange) faz suas previsões para o preço do bitcoin (BTC)
Huobi, a sexta maior corretora de criptomoedas do mundo (exchange) faz suas previsões para o preço do bitcoin (BTC). Imagem: Shutterstock

O tão temido inverno das criptomoedas já faz parte do dia a dia dos investidores, agora com respaldo até mesmo do cofundador do ethereum (ETH), Vitalik Buterin. E agora mais uma autoridade engrossa o coro de quem acredita que o bitcoin (BTC) passará por anos difíceis: Du Jun, cofundador da Huobi

A sexta maior corretora de criptomoedas (exchanges) do mundo ganhou evidência após a China restringir as negociações de ativos digitais no país. A medida veio na esteira de uma série de proibições do gigante asiático contra a mineração de bitcoin

Bitcoin sem direção

Em entrevista à CNBC, Jun afirmou que a série histórica de preço da maior criptomoeda do mundo indica que o próximo ciclo de altas não deve acontecer antes de 2024 ou início de 2025.

Isso porque o preço do BTC está atrelado diretamente ao período de halvings, quando a recompensa pela mineração cai pela metade e ocorre a cada quatro anos.

Fonte: CryptoRank

O último halving aconteceu em 2020 e, no mesmo ano, a maior criptomoeda do mundo disparou mais de 300%, de acordo com o CryptoRank. Em 2016, portanto quatro anos antes, a alta foi de mais de 100%. 

Contudo, pouco mais de dois anos depois, a queda anualizada do BTC foi da ordem de 73%. Portanto, é esperado que 2022 seja um período de “longo inverno”. 

“Se esse ciclo continuar, estamos no estágio inicial de um mercado em baixa”

disse Du Ju, em tradução da CNBC de seus comentários em mandarim

Uma luz no fim do túnel das criptomoedas

Em contrapartida, alguns analistas acreditam que o cenário não deve se repetir. Isso porque, em 2021, houve uma mudança intensa no mercado de criptomoedas como um todo. 

A entrada de investidores institucionais e diversificação dentro dos projetos em criptomoedas favoreceram o bitcoin e demais ativos digitais. Praticamente todos os artigos criptográficos tiveram crescimento exponencial no ano passado. 

Dessa forma, deve haver uma correlação ainda mais forte entre as criptomoedas e o mercado tradicional. Essa aproximação já acontece com a preferência dos investidores pelo mesmo horário de funcionamento das bolsas americanas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

enxugando gelo

Alivia agora para apertar depois: corte de impostos sobre combustíveis e energia reduz estimativas de inflação para 2022, mas pressão volta em 2023

Economistas revisam suas projeções para o IPCA e alertam que fiscal e volta do PIS/Cofins podem voltar a bater na inflação no ano que vem

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies