Cotações por TradingView
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
ESQUENTA DOS MERCADOS

Pré-mercado: bolsas reagem a ata do Fed, inflação e ameaça britânica em dia de feriado na B3

Hoje também é Dia das Crianças, e tudo o que os investidores desejam de presente é um alívio nas tensões nas bolsas no exterior

Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
12 de outubro de 2022
8:14 - atualizado às 9:00
Operador de bolsa olha para cotações
Operador de bolsa olha para cotações - Imagem: Shutterstock

Com o feriado de Nossa Senhora Aparecida no Brasil, o mercado financeiro local dá uma pausa nesta quarta-feira. Hoje também é Dia das Crianças, e tudo o que os investidores desejam de presente é um alívio das tensões nos negócios nas bolsas no exterior, que seguem a pleno vapor.

Aqui na B3, o Ibovespa fechou a terça-feira em queda de 0,96%, aos 114.827 pontos, e o dólar subiu 1,57%, a R$ 5,2722, mais uma vez seguindo o mau humor externo.

Mas pelo menos agora no pré-mercado em Nova York as bolsas ensaiam uma reação, com os futuros dos três principais índices acionários em alta:

  • S&P 500: +0,57%
  • Nasdaq: +0,73%
  • Dow Jones: +0,40%

Já na Europa a cautela predomina em meio ao clima de "contagem regressiva" no Reino Unido. Desta forma, o índice Stoxx 600 — principal termômetro das bolsas na região — opera próximo à estabilidade.

Bolsas aguardam inflação e ata do Fed

O rumo das bolsas lá fora ainda depende dos dados econômicos que serão divulgados ao longo do dia. Pela manhã sai o índice de preços ao produtor (PPI) de setembro nos Estados Unidos.

Os números da inflação no atacado devem indicar se o Federal Reserve (Fed) está ou não perto de vencer a batalha contra o dragão. A expectativa do mercado é de um avanço de 0,2% do PPI, de acordo com a agência Dow Jones. Ou seja, um resultado abaixo dessa projeção seria um verdadeiro presente para os investidores.

O mercado também deve aguardar com a ansiedade de uma criança a divulgação da ata da última reunião do Fed, na tarde de hoje.

Isso porque o documento deve trazer uma leitura mais detalhada de como o banco central norte-americano pretende lidar com as pressões inflacionárias e o risco de recessão na maior economia do planeta.

Reino Unido: ultimato e alívio

Do outro lado do Atlântico, as atenções dos investidores se voltam para o Reino Unido. Os níveis de tensão no mercado voltaram a aumentar perto do fechamento das bolsas ontem, quando veio o recado do Banco da Inglaterra (BoE).

Andrew Bailey, presidente do BoE, deixou claro que o programa de apoio emergencial para o mercado de títulos local tem data para acabar: sexta-feira. Isso significa que os fundos com posições nesses mercados têm três dias para se reequilibrar.

Com a porta de saída se fechando, ocorreu o óbvio: as taxas dos títulos do governo do Reino Unido dispararam. Mas os investidores acabaram ganhando mais um presente depois que surgiram notícias de que o BC britânico poderá fornecer mais apoio aos fundos, caso seja necessário, o que atenuou o movimento.

Confira a agenda completa de indicadores desta quarta-feira:

Zona do euroProdução industrialAgosto6h
EUABalanço da PepsiCo3T22Antes da abertura
EUARelatório mensal da OpepOutubro8h
EUAInflação ao produtor (PPI)Setembro9h30
Zona do euroDiscurso de Christine Lagarde (presidente do BCE)--10h30
EUAAta da reunião do FOMC--15h

Compartilhe

FII EXPERIENCE

“Não temos mais um mar de oportunidades em fundos imobiliários, é preciso ser mais seletivo”: especialistas e gestores de FIIs discutem as perspectivas para a indústria

21 de setembro de 2023 - 18:47

Com a inversão do cenário macroeconômico, a grande “liquidação” das cotas dos fundos terminou, mas especialistas indicam que ainda é possível encontrar oportunidades no mercado

NO TRIBUNAL DA INADIMPLÊNCIA

Gestora do DEVA11, fundo imobiliário vítima de calotes da Gramado Parks, diz que acionará Justiça contra emissora de CRIs inadimplentes

21 de setembro de 2023 - 16:08

A Devant Asset pediu mais informações sobre os títulos inadimplentes à Fortesec, mas diz que suas tentativas extrajudiciais de contato não foram bem sucedidas

DESTAQUES DA BOLSA

Magazine Luiza (MGLU3) puxa perdas do Ibovespa e já acumula queda de mais de 20% em 30 dias; Sabesp (SBSP3) sobe

21 de setembro de 2023 - 14:52

As bolsas no Brasil e no exterior reagem com cautela às decisões sobre juros aqui e nos Estados Unidos

QUEM VAI LEVAR?

Três pretendentes: Na busca de compradores, Natura (NTCO3) encontra mais interessados na The Body Shop; ações sobem

21 de setembro de 2023 - 11:27

Além da Elliot Advisors, outras duas empresas britânicas entraram nas negociações; os valores das ofertas não foram divulgados

SATISFAÇÃO GARANTIDA OU...

GetNinjas (NINJ3) vai devolver dinheiro para os acionistas após fiasco das ações na B3

21 de setembro de 2023 - 8:59

Conselho de GetNinjas aprovou uma proposta de redução do capital de R$ 223,5 milhões, equivalente a R$ 4,40 por ação, exatamente a cotação de fechamento dos papéis NINJ3 ontem

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa leva tombo de 2% com temor de juros altos por mais tempo; dólar avança a R$ 4,93

21 de setembro de 2023 - 7:05

RESUMO DO DIA: Com a cautela internacional e a desaceleração das commodities, o Ibovespa terminou o pregão em queda. Lá fora, os investidores repercutiram a perspectiva de que os juros em níveis altos nos EUA e na Europa devem permanecer por um longo período. A decisão do banco central norte-americano, o Federal Reserve (Fed), de […]

NOVO TICKER

A sucessora da VIIA3: como foi o primeiro dia de negociações de Casas Bahia (BHIA3) na bolsa

20 de setembro de 2023 - 16:47

O objetivo das mudanças é, segundo a companhia, “reforçar os valores e o compromisso com seus clientes, resgatando o histórico de bons resultados das categorias core da companhia”

TRIPULAÇÃO, DECOLAGEM AUTORIZADA

O “céu aberto” que faz a Azul (AZUL4) disparar hoje na B3 — e ajuda a levantar o voo de outras companhias 

20 de setembro de 2023 - 13:33

Revisões de recomendação da ações com a melhora do cenário macroeconômico contribuem para a alta hoje; Gol (GOLL4) e CVC (CVCB3) acompanham

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa fecha em alta à espera do Copom e destoa do tom negativo de NY após Fed; dólar vai a R$ 4,88

20 de setembro de 2023 - 7:18

RESUMO DO DIA: Na “Super Quarta”, o Ibovespa fechou o pregão em alta acompanhando o desempenho das companhias de commodities metálicas. Os ganhos forma limitados, porém, pela cautela sobre a trajetória dos juros nos EUA. Os investidores repercutiram a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de manter os juros […]

RECOMENDAÇÃO MANTIDA

O roxinho mais brilhante? Bank of America eleva preço-alvo para a ação do Nubank — mas riscos inibem melhora da recomendação

19 de setembro de 2023 - 14:45

A melhora das estimativas é atribuída ao lucro acima do esperado pelo BofA no primeiro semestre deste ano

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies