🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Caio Nascimento
Caio Nascimento
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP) e com passagens pelo Estadão e Jornal da USP.
Pílulas do Mercado

‘Máquina de fazer dinheiro’, Petrobras (PETR4) pode subir 40% na Bolsa e tem potencial de pagar até 25% em dividendos por ano; vale a pena investir?

Petrobras (PETR4) pagou 20% de dividendos aos acionistas em 2021 – e tem potencial para mais em 2022; confira o preço-alvo e os números que motivam o ânimo do mercado

Caio Nascimento
Caio Nascimento
2 de dezembro de 2021
13:05 - atualizado às 13:51
Petrobras
Petrobras - Imagem: Shutterstock

A venda da Refinaria Landulpho Alves (RLAM), localizada na Bahia, por R$ 1,8 bilhão para o fundo árabe de investimentos Mubadala Capital, confirmada na noite da última terça-feira (30), marca o início do fim do monopólio da Petrobras (PETR4) no setor de refino.

Em relatório assinado pelo analista Frank McGann, o Bank of America (BofA) sinaliza que a venda da refinaria reforça a boa situação financeira da petroleira, o que pode fortalecer seu caixa e dar ainda mais robustez à nova política de dividendos.

“A Petrobras tem fortes tendências operacionais, juntamente com um forte rendimento de fluxo de caixa livre e alto rendimento de dividendos”, afirma McGann.

E não é para menos. A Petrobras divulgou, no final de novembro, sua nova política de dividendos, agora com pagamento a cada três meses e com uma expectativa de dividend yield em torno de 5% por trimestre ao investidor.

“Isso coloca nossa previsão de dividendos entre 60% e 80% da geração de fluxo de caixa livre, implicando um dividend yield anual de 20% a 25%. Isso não inclui recursos potenciais de desinvestimentos que apresentam mais potencial para distribuição”, explicam os analistas do banco de investimentos UBS. Só nos últimos 12 meses, a Petrobras pagou 20,78% de dividend yield.

Em análise do UBS, os números equivalem a um retorno de 100% apenas em dividendos com PETR4 nos próximos cinco anos, o que compensa possíveis riscos de interferência do governo que, segundo análises de mercado, já estão embutidos no preço da ação.

Logo abaixo explicamos as expectativas de alta de 40% para Petrobras, mas antes você pode assistir também a um vídeo que preparamos para você sobre outras empresas de commodities, que podem estar em um bom ponto de entrada:

Voltando ao assunto... PETR4 pode subir 40% na bolsa

O BofA recomenda a compra de PETR4 com preço-alvo de R$ 43,50, o que equivale a um potencial de alta de 40% em relação às cotações atuais. Atualmente, o papel está sendo negociado na casa dos R$ 27.

De acordo com levantamento realizado pelo TradeMap, PETR4 tem 9 recomendações de compra, 2 para manter em carteira e nenhuma de venda até esta manhã de quinta-feira (2). Segundo a plataforma, os upsides calculados pelo mercado variam de R$ 34 a R$ 44 para o papel.

O otimismo parte também dos bons números operacionais e financeiros do seu balanço do 3º trimestre: embora o país esteja numa situação conturbada, da porta para dentro a Petrobras está nos trinques.

A receita líquida foi de R$ 121,6 bilhões entre julho e setembro deste ano, alta de 72% em relação ao mesmo período do ano passado; a média das projeções de casas de análise consultadas pelo Seu Dinheiro apontava para uma receita menor, de R$ 116,8 bilhões.

O destaque, no entanto, fica com o lucro líquido de R$ 31,1 bilhões, quase 90% maior que o esperado pelo mercado — no terceiro trimestre de 2020, a Petrobras teve prejuízo de R$ 1,5 bilhão. O Ebitda de R$ 60,7 bilhões (+82% em um ano) ficou em linha com as estimativas.

É verdade que esse lucro reportado pela Petrobras teve alguns empurrõezinhos: houve uma reversão de provisões da ordem de R$ 16,4 bilhões, ligadas à revisão da curva de preços do petróleo em alguns campos — com a commodity mais cara, os ativos da estatal se valorizam. Ganhos tributários também turbinaram o resultado.

Mas, mesmo que esses efeitos não-recorrentes sejam excluídos do balanço, o lucro líquido da Petrobras ainda ficaria em R$ 17,4 bilhões, acima das expectativas dos analistas, de R$ 16,4 bilhões. Um sinal de que, de fato, a estatal trabalhou bem no trimestre.

VEJA TAMBÉM: PETROLEIRA PRIVADA 3R Petroleum (RRRP3) VALE A PENA, ações estão baratas e empresa está comprando campos da PETROBRAS

Novas vendas podem ser vistas com olhar positivo pelo investidor de PETR4

Frank McGann afirma que a Petrobras já sinalizou que a venda de outras duas refinarias podem "potencialmente ocorrer em 2022, o que pode ser ainda mais positivo para a política. Outras vendas, porém, ainda não estão claras "até que ocorram as eleições de 2022 ou até mais tarde".

Isso é um fator a mais para a saúde financeira da companhia e, consequentemente, para seu caixa e sua receita, influenciando de forma positiva na geração de bons dividendos. É importante destacar, porém, que os temores do mercado em relação à nova variante do coronavírus, a Ômicron, pode derrubar o mercado e, consequentemente, as ações da petroleira.

Vale lembrar também que as eleições de 2022 podem pressionar os papéis da Petrobras, bem como mudanças no alto escalão da companhia e intervenções do governo.

VEJA TAMBÉM: COVID-19: variante ÔMICRON pode derrubar AÇÕES, BITCOIN, IBOVESPA e outros investimentos em 2022?

Alívio no preço da gasolina

Em entrevista ao Seu Dinheiro, o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), Pedro Rodrigues, disse que o avanço das vendas das refinarias tende a aumentar a concorrência no setor. Isso, na visão dele, vai reduzir a pressão sobre o preço dos combustíveis, visto que é bem provável que uma disputa por valores mais atrativos comece a aparecer entre a iniciativa privada.

O presidente da Petrobras, general Joaquim SIlva e Luna, segue a mesma linha. “Acreditamos que, com novas empresas atuando no refino, o mercado será mais competitivo e teremos mais investimentos, o que tende a fortalecer a economia e gerar benefícios para a sociedade”, afirma.

LEIA TAMBÉM: entenda as condições e o que está por trás da nova política de dividendos da Petrobras

Compartilhe

Disputa acirrada

Bolsonaro tem boas chances de vencer no primeiro turno com lentidão da terceira via

26 de abril de 2022 - 17:16

Com a saída de Sérgio Mouro da disputa presidencial, Bolsonaro ganha pontos nas intenções de votos

Pegou e não pagou?

Luciano Hang deve ao BNDES? “Véio da Havan” é o 10.º homem mais rico do Brasil; entenda de onde veio esse dinheiro

26 de abril de 2022 - 15:39

Envolvido em várias polêmicas, Luciano Hang, co-fundador da rede de varejo Havan

Pílulas do Mercado

É o fim do Magazine Luiza (MGLU3)? Com quedas de até 75% na Bolsa, entenda o que está acontecendo com a Magalu, Via (VIIA3) e Americanas (AMER3)

13 de dezembro de 2021 - 11:59

Nada de bolha, falência, correção… para entender por que as ações das varejistas estão derretendo, o buraco é mais embaixo; entenda e confira também o que esperar do futuro

Pílulas do Mercado

Muito além do bitcoin e do ethereum: essas 2 ações do futuro podem ‘explodir’ com o metaverso

7 de dezembro de 2021 - 13:27

De jogos a questões climáticas e de monitoramento logístico, metaverso vai muito além do mercado de criptomoedas; ‘investimento do futuro’ já está movimentando bilhões ao redor do mundo – e você pode captar esses ganhos com 2 oportunidades

Pílulas do Mercado

Bitcoin e Ethereum levando ‘pernada’: criptos Illuvium (ILV), The Sandbox (SAND) e Decentraland (MANA) acumulam altas de até 7.000% no ano – ainda vale a pena investir?

1 de dezembro de 2021 - 10:54

BTC e ETH subiram, respectivamente, 100% e 540% em entre janeiro e novembro de 2021, mas isso não é nada perto das criptomoedas do metaverso: jogos, itens colecionáveis e afins – conheça a oportunidade

Criptomoedas promissoras

Polkadot: criptomoeda que une o mundo cripto num lugar só tem inovações que a tornam uma das mais promissoras para explodir do médio ao longo prazo

1 de dezembro de 2021 - 4:00

Interresse da comunidade cripto por essa criptomoeda, cujo sistema já chegou a travar mais de US$ 1 trilhão, a coloca num patamar elevado dentro do mercado – conheça

Pílulas do Mercado

Após alta de 2.100%, Helium (HNT) é a ‘oportunidade do século’ para lucrar com criptomoedas; criptoativo encabeça uma revolução na internet e tem espaço para subir mais

1 de dezembro de 2021 - 3:00

Resolvendo problemas históricos da telecomunicação global, a tecnologia dessa criptomoeda está se espalhando pelo planeta – e o plano é ‘dominar o mundo’

Pílulas do Mercado

Quanto custa instalar energia solar em casa? Economia pode ser de até 90% na conta de luz

30 de novembro de 2021 - 11:59

Com painéis solares, é possível adquirir R$ 360 mil de energia elétrica por cerca de um décimo deste valor

Pílulas do Mercado

Criptomoeda Solana (SOL) tem potencial para subir mais, encabeça uma ‘revolução digital’ e coloca ethereum em ‘alerta’

30 de novembro de 2021 - 10:54

Após alta de 12.000% em 2021, Solana é a cripto alternativa ao ethereum com maior destaque; veja como ela funciona

Pílulas do Mercado

Bitcoin levou ‘rasteira’: com até 200.000% no ano, criptos DeFi estão mudando o sistema financeiro – e podem te ajudar a enriquecer em 2022

29 de novembro de 2021 - 15:25

Quem deixou de investir nas tecnologias que revolucionaram o planeta até hoje, ficou ‘chupando o dedo’ enquanto os espertos enriqueciam; agora, existe uma lista de criptoativos DeFi que está transformando as transações financeiras e que pode transformar R$ 500 em R$ 100 mil, R$ 5 mil em 1 milhão – conheça

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar